Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
58Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Demonstração dos Fluxos de Caixa - Uma contribuição para a escolha do método de elaboração

Demonstração dos Fluxos de Caixa - Uma contribuição para a escolha do método de elaboração

Ratings:

4.78

(9)
|Views: 7,773 |Likes:
Published by antonio.gmoura
A escolha do método de elaboração da Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC) consiste na definição de como o fluxo de caixa das atividades operacionais será evidenciado. Há duas formas de fazê-lo e esse estudo se propôs a auxiliar nesta tarefa, fornecendo referencial teórico (principalmente normativo) e prático, através de pesquisa bibliográfica e documental. As normas internacionais (SFAS 95 e IAS 7) são enfáticas em sugerir que as empresas utilizem o método direto, por ser este de melhor compreensão pelo usuário e de mais utilidade na estimativa de fluxos de caixa futuros. Entretanto, os autores consultados observam que pesquisas, algumas delas de âmbito internacional, têm demonstrado que o método indireto tem sido o mais utilizado pela empresas, possivelmente, por sua semelhança com a Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR), dizem eles. Com o intuito de repassar a realidade brasileira, foi realizado um levantamento que teve por base as notas explicativas publicadas pelas companhias de capital aberto registradas na BOVESPA, referente ao terceiro trimestre de 2007. Essas empresas são estimuladas a publicarem a DFC como parte integrante das notas explicativas e, das 454 pesquisadas, 152 (33,5%) o fazem, sendo que, quanto ao método, a escolha do indireto foi unânime. A pesquisa corrobora aquilo que é a tendência internacional. Conclui-se, a princípio, que as entidades têm manifestado que o método indireto é o que melhor comunica o fluxo de caixa das atividades operacionais, apesar de a teoria sugerir o contrário.
A escolha do método de elaboração da Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC) consiste na definição de como o fluxo de caixa das atividades operacionais será evidenciado. Há duas formas de fazê-lo e esse estudo se propôs a auxiliar nesta tarefa, fornecendo referencial teórico (principalmente normativo) e prático, através de pesquisa bibliográfica e documental. As normas internacionais (SFAS 95 e IAS 7) são enfáticas em sugerir que as empresas utilizem o método direto, por ser este de melhor compreensão pelo usuário e de mais utilidade na estimativa de fluxos de caixa futuros. Entretanto, os autores consultados observam que pesquisas, algumas delas de âmbito internacional, têm demonstrado que o método indireto tem sido o mais utilizado pela empresas, possivelmente, por sua semelhança com a Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR), dizem eles. Com o intuito de repassar a realidade brasileira, foi realizado um levantamento que teve por base as notas explicativas publicadas pelas companhias de capital aberto registradas na BOVESPA, referente ao terceiro trimestre de 2007. Essas empresas são estimuladas a publicarem a DFC como parte integrante das notas explicativas e, das 454 pesquisadas, 152 (33,5%) o fazem, sendo que, quanto ao método, a escolha do indireto foi unânime. A pesquisa corrobora aquilo que é a tendência internacional. Conclui-se, a princípio, que as entidades têm manifestado que o método indireto é o que melhor comunica o fluxo de caixa das atividades operacionais, apesar de a teoria sugerir o contrário.

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: antonio.gmoura on Sep 08, 2008
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/19/2014

pdf

text

original

 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONASFACULDADE DE ESTUDOS SOCIAISDEPARTAMENTO DE CONTABILIDADEDEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA: UMACONTRIBUIÇÃO PARA A ESCOLHA DO MÉTODO DEELABORAÇÃO
ANTÔNIO GUEDES MOURAMANAUS - AM2008
 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONASFACULDADE DE ESTUDOS SOCIAISDEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE
ANTÔNIO GUEDES MOURA
DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA: UMACONTRIBUIÇÃO PARA A ESCOLHA DO MÉTODO DEELABORAÇÃO
Monografia apresentada àCoordenação do Programa deMonografias do Curso de CiênciasContábeis como requisito àconclusão do curso.
 
Orientador: Prof. M.Sc. Manoel Martins do Carmo FilhoMANAUS2008
 
 
ANTÔNIO GUEDES MOURA
DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA: UMACONTRIBUIÇÃO PARA A ESCOLHA DO MÉTODO DEELABORAÇÃO
Monografia apresentada àCoordenação do Programa deMonografias do Curso de CiênciasContábeis como requisito àconclusão do curso.
 
Aprovada em 14 de fevereiro de 2008.BANCA EXAMINADORA-------------------------------------------------------------------------Prof M.Sc. Manoel Martins do Carmo Filho, PresidenteUniversidade Federal do Amazonas--------------------------------------------------------Prof José Humberto MichillesUniversidade Federal do Amazonas--------------------------------------------------------Prof. M.Sc. Miguel Carlos Viana NegreirosUniversidade Federal do Amazonas

Activity (58)

You've already reviewed this. Edit your review.
antonio.gmoura liked this
Sueli Silva added this note
òtimo...
1 thousand reads
1 hundred reads
Edna Melo liked this
franciscoap liked this
Eder Benitez added this note
valeu, obrido!
lplara liked this
Eliane Yamamura liked this
Camila Liell liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->