Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
48Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PRINCÍPIOS DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

PRINCÍPIOS DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 20,099|Likes:
Published by HABIBBI

More info:

Published by: HABIBBI on Sep 08, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/27/2013

pdf

text

original

 
N
ÚCLEO
P
REPARATÓRIO
E
XAME DA
O
RDEM
 
Thais Poliana de Andrade
1 
PRINCÍPIOS DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHOCONCEITO
 
 
Caráter normativo
 
Funções:
 
Informativa
 
Interpretativa
 
Integrativa
PRINCÍPIOS GERAIS DE DIREITO PROCESSUAL
 
 
Igualdade – formal x material
 
Contraditório e Ampla Defesa
 
Imparcialidade do Juiz e Motivação das Decisões
 
Razoável Duração do Processo
PRINCÍPIOS DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO
 
 
Proteção
 
Simplicidade das Formas
 
Oralidade
 
Conciliação
PROCESSO DO TRABALHO X PROCESSO CIVIL
 
 
Origem e Autonomia
 
Aplicação Subsidiária – lacunas normativas
 
Reformas do CPC:
 
Lacunas ontológicas
 
Lacunas axiológicas
 
Enunciado 66 da 1ª Jornada de Direito Material e Processual do Trabalho – 23.11.2007:
 
“APLICAÇÃO SUBSIDIÁRIA DE NORMAS DO PROCESSO COMUM AO PROCESSOTRABALHISTA. OMISSÕES ONTOLÓGICA E AXIOLÓGICA. ADMISSIBILIDADE. Diantedo atual estágio de desenvolvimento do processo comum e da necessidade de se conferir aplicabilidade à garantia constitucional da duração razoável do processo, (...)
 
N
ÚCLEO
P
REPARATÓRIO
E
XAME DA
O
RDEM
 
Thais Poliana de Andrade
2 
 
(...) os artigos 769 e 889 da CLT comportam interpretação conforme a ConstituiçãoFederal, permitindo a aplicação de normas processuais mais adequadas à efetivação dodireito. Aplicação dos princípios da instrumentalidade, efetividade e não-retrocessosocial.”
EFICÁCIA DA LEI PROCESSUAL
 
 
No tempo:
 
Irretroatividade
 
Aplicação Imediata
 
Teoria do Isolamento dos Atos Processuais
 
No Espaço:
 
Territorialidade
 
Execução de Sentença Estrangeira – Homologação STJ – EC 45/2004
COMPETÊNCIA MATERIAL DA JUSTIÇA DO TRABALHO
 
 
Art. 114 da CF – EC 45/2004
 
Relação de Emprego
 
Relação de Trabalho
 
Danos Morais e Materiais
 
Acidente de Trabalho:
 
1ª corrente – processo é indivisível
 
2ª corrente – fases processuais autônomas
 
3ª corrente – sentença transitada em julgado
 
Posição do Supremo Tribunal Federal:
 
1º momento – recusa
 
2º momento – aceitação
 
3º momento – política judiciária – CC 7204/MG – Min. Carlos Britto
 
N
ÚCLEO
P
REPARATÓRIO
E
XAME DA
O
RDEM
 
Thais Poliana de Andrade
3 
 
“AÇÃO DE INDENIZAÇÃO – DANO MORAL RELAÇÃO DE EMPREGO COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO – EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 45/2004 – O artigo 114,VI, da Constituição Federal de 1988, com a redação que lhe deu a Emenda Constitucionalnº 45/2004, veio a afastar toda e qualquer controvérsia quanto à competência da Justiça doTrabalho para conhecer e decidir sobre pedido de indenização por dano moral decorrentede relação de emprego, inclusive quando originário de acidente de trabalho. Precedente doSupremo Tribunal Federal. Recurso de revista provido. (TST – RR 784/2003-003-18-00.8 –4ª T. – Rel. Juiz Conv. Márcio Ribeiro do Valle – DJU 13.04.2007).”
 
Sucessores da Vítima:
 
Dano Próprio ou Dano Trabalhista?
 
Danos em Ricochete
 
Incompetência:
 
“ACIDENTE DE TRABALHO – MORTE DO EMPREGADO – INDENIZAÇÃO POR DANOS – TITULARIDADE DO DIREITO – INCOMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DOTRABALHO – Os danos morais e/ou materiais decorrentes dum acidente de trabalhoseguido de morte são colhidos apenas e tão-somente pelos herdeiros do empregado falecido, titulares imediatos e únicos de eventual direito à indenização, já que a personalidade jurídica do de cujus se exaure no momento do infortúnio ( art. 6º/CCB),sendo-lhe inviável qualquer aquisição póstuma. (...)
 
(...) Desta premissa emerge a incompetência desta Justiça do Trabalho para julgar o feito,à luz do art. 114, da CF/88: Não se tem como objeto aqui a tentativa de solução de conflitode EMPREGADO, mas sim de terceiros, sucessores daquele, é bem verdade, mas legítimosdetentores do direito em questão, repita-se. (TRT 3ª R. – RO 00031.2003.084.03.00.9 – 2ª T. – Rel. Juiz Fernando Antônio de M. Lopes – DJMG 15.10.2003).”
 
 
Competência:
 
Enunciado 36 da 1ª Jornada de Direito Material e Processual do Trabalho:
 
“ACIDENTE DE TRABALHO. COMPETÊNCIA. AÇÃO AJUIZADA POR HERDEIRO, DEPENDENTE OU SUCESSOR. Compete à Justiça do Trabalho apreciar e julgar ação deindenização por acidente de trabalho, mesmo quando ajuizada pelo herdeiro, dependenteou sucessor, inclusive em relação aos danos em ricochete.”

Activity (48)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Moara Batista liked this
Andrea Falcao liked this
Abel Escórcio liked this
salaureano liked this
Andrea Falcao liked this
Daniel Pereira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->