Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
74Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Respostas Química Livro 2

Respostas Química Livro 2

Ratings: (0)|Views: 23,008 |Likes:
Published by Dia No Colegio
By Sr. da Sala
By Sr. da Sala

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Dia No Colegio on May 19, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/05/2013

pdf

text

original

 
1
2
química
química na abordagemdo cotidiano
titocanto
Moderna
plus
Respostas
 
Respostas dos exeRcícios
Un a
cíul 1 
As misturas
exs sss
1
Alternativa A.
2
Alternativa E.
3
Alternativa E.
4
Não. Apenas as misturas homogêneas (que apre-sentam uma só fase) são chamadas de soluções.As misturas heterogêneas (mais de uma fase)não recebem essa designação.
5
Não. Há soluções gasosas (qualquer misturade dois ou mais gases) e soluções sólidas (porexemplo: ouro 18 quilates, usado em joalheria).
6
o ácido sulfúrico/a água
7
Alternativa C.
cíul 2 
Expressando a concentraçãodas soluções aquosas
exs sss
1
800 cm
3
.
2
a)
O solvente é a água e o soluto é o hidróxidode sódio, NaOH.
b)
30 g.
c)
250 mL.
3
Alternativa B.
4
Alternativa C.
5
Alternativa B.
6
Alternativa B.
7
60 mg /L.
8
Uma solução aquosa de H
2
SO
4
, qualquer queseja sua concentração, apresenta densidademenor que a do ácido puro e maior que a daágua pura. Como a marca de aferição feita nodensímetro está acima do nível do líquido,isso significa que a solução está mais densado que deveria. Para reduzir sua densidade,deve-se acrescentar um pouco do componenteque apresenta densidade menor, que é a água,até que a solução atinja a densidade desejada,quando a marca do densímetro coincidirá como nível do líquido.
9
Ambas as bolinhas são menos densas que o líquidodo desenho
A
e mais densas que o do desenho
. A bolinha verde é mais densa e a vermelha émenos densa que o líquido do desenho
. Assim,podemos elaborar o seguinte esquema:
Bolinha vermelhaBolinha verdeDensidadecrescenteLíquido
 
Líquido
 
Líquido
 
A
Decorre que o líquido do desenho
A
é água, odo desenho
é álcool e o do desenho
é umamistura de ambos.
11
a)
238,10 g/L.
b)
1.190,5 g /L ou 1,19 g /cm
3
.
12
217,4 g /dm
3
.
cíul 3 
Concentração em quantidadede matéria
exs sss
1
soluto/decímetro cúbico (ou litro)/solução
3
a)
O soluto é HNO
3
(ácido nítrico) e o solvente éa água.
b)
0,1 mol.
c)
6,3 g.
d)
0,05 mol.
e)
3,15 g.
f)
6,3 g/L.
4
Inicialmente, devem-se pesar 34,2 g de sa-carose, quantidade equivalente a 0,10 mol.A seguir, essa massa deve ser transferida paraum balão volumétrico de 1 L. Nele adiciona-seum pouco de água destilada e agita-se paradissolver completamente o sólido. Finalmente,acrescenta-se água destilada até a marca deaferição de 1 L.
 
2
2
química
química na abordagemdo cotidiano
titocanto
Moderna
plus
5
a)
“um molar”.
b)
Significa que cada litro de solução contém ummol de soluto.
c)
1 mol/dm
3
ou 1 mol/L.
6
a)
150 g/L.
b)
5 mL.
c)
1,25 mol/L.
8
a)
5 · 10
2
4
mol.
b)
4,9 · 10
2
2
g.
9
a)
20 mol.
b)
1,96 kg.
10
Alternativa D.
11
Alternativa C.
15
Alternativa B.
16
Alternativa C.
17
Alternativa E.
18
a)
[Ca
2
1
]
5
0,05 mol/L
[C
,
2
]
5
0,10 mol/L
b)
[K
1
]
5
0,08 mol/L
 
[SO
42
2
]
5
0,04 mol/L
c)
[Na
1
]
5
3,6 mol/L
 
[PO
43
2
]
5
1,2 mol/L
d)
[K
1
]
5
0,12 mol/L
 
[I
2
]
5
0,12 mol/L
e)
[K
1
]
5
2 mol/L
 
[NO
3
2
]
5
2 mol/L
f)
[Ce
3
1
]
5
0,08 mol/L
 
[SO
42
2
]
5
0,12 mol/L
19
a)
0,3 mol de Ca
2
1
 
0,6 mol de C
,
2
b)
0,4 mol de K
1
 
0,4 mol de NO
3
2
c)
0,24 mol de Na
1
 
0,08 mol de PO
43
2
d)
0,008 mol de Ce
3
1
 
0,012 mol de SO
42
2
20
2,85 mg.
22
[K
1
]
5
0,01 mol/L e [I
2
]
5
0,01 mol/L.
23
0,003 mol/L.
24
[Fe
3
1
]
5
0,2 mol/dm
3
e [SO
42
2
]
5
0,3 mol/dm
3
.
cíul 4 
Outras expressõesde concentração
exs sss
1
massa de soluto/massa de solução
2
Na solução que se deseja preparar, deve haver 100 gde sacarose e 900 g de água, totalizando 1.000 g(1 kg), dos quais 10% é a massa de soluto e 90% éa massa de solvente. Assim, devem-se, separada-mente, pesar 100 g de sacarose e 900 g de água.No caso da água, como medir volume é mais fácildo que medir massa, pode-se medir o volume de900 mL, pois a densidade da água pura (1,0 g /mL)informa que cada mililitro tem massa de 1,0 g.Adiciona-se a água à sacarose e agita-se para queo soluto se dissolva.
4
105 g/L.
5
a)
H
2
SO
4
(
,
)
#
2 H
1
(aq)
1
SO
42
2
(aq)
b)
Zn (s)
1
2 HC
,
(aq)
#
ZnC
,
2
(aq)
1
H
2
(g)
c)
Vamos calcular inicialmente a massa de ácidonítrico — oxiácido monoprótico citado no tex-to — presente em 1 L de solução, a partir dosvalores de densidade (1,4 g/mL) e porcentagemem massa (63%):Grandezas:
PorcentagemMassa
100%1.400 g63%
x
V
 
x
 
5
882 g
 
Como a massa molar do HNO
3
é 63 g /mol,precisamos de 6,3 g desse ácido para pre-parar 1 L de solução com concentração de0,1 mol/L.
 
Portanto, o volume da solução original deHNO
3
necessário para a preparação é:Grandezas:
MassaVolume
882 g1 L6,3 g
y
V
 
 y
 
0,0071 L
5
7,1 mL
7
Alternativa E.
8
Alternativa B.
9
2 ∙ 10
2
4
ppm.
11
Alternativa C.
12
Alternativa B.
13
Alternativa B.
14
2 mol/L.
H2O
 
3
2
química
química na abordagemdo cotidiano
titocanto
Moderna
plus
15
Alternativa E.
16
Alternativa B.
17
x
NaC
,
 
5
0,04x
H2O
 
5
0,96
18
Alternativa C.
cíul 5 
Diluição e mistura de soluçõessem reação
exs sss
1
a)
diluição
b)
Depois da diluição, a concentração do solutoé menor do que antes, graças à adição de sol-vente.
2
a)
As moléculas de soluto, pois seu númeropermaneceu constante com a adição de sol-vente.
b)
A solução inicial é mais “concentrada” que afinal. A final é mais “diluída” que a inicial.
c)
Na preparação de um refresco, para tornar umcafé mais forte em mais fraco etc.
3
a)
A massa de soluto é igual, pois não se adicio-nou soluto.
b)
A quantidade em mols de soluto é igual, poisnão se adicionou soluto.
c)
O volume de solução é maior no final. Maisprecisamente, o volume final é o dobro doinicial, pois o volume inicial é 100 mL e a eleforam adicionados 100 mL de água.
d)
A concentração final, em g/L, é a metade dainicial, pois a massa de soluto permaneceuconstante e o volume dobrou.
e)
A concentração final, em mol/L, é a metade dainicial, pois a quantidade em mols de solutopermaneceu constante e o volume dobrou.
5
a)
É reduzida a um terço do valor inicial.
b)
É reduzida a um terço do valor inicial.
6
É reduzido a um terço do valor inicial.
7
Devem ser acrescentados dois copos de água.
8
4 g /L.
9
Para que a concentração em mol/L fique reduzi-da a um quarto do valor inicial, o volume deveser quadruplicado por adição do solvente água.O técnico pode colocar os 500 mL em um balãovolumétrico de 2 L e adicionar água destilada atéa marca que existe no gargalo do balão.
10
Alternativa D.
12
Alternativa C.
13
Alternativa B.
14
a)
0,1 mol/L.
b)
O procedimento empregado na embalagem IIfoi mais eficiente.
15
Alternativa E.
16
01 (V); 02 (V); 04 (V); 08 (V); 16 (V); 32 (F)
V
Soma dos itens corretos
5
31
19
Exclusivamente
, ao misturar soluções 0,5 mol/Le 1,0 mol/L, a concentração da solução ob-tida terá valor entre 0,5 mol/L e 1,0 mol/L.Se forem misturados volumes iguais de ambas,por exemplo, a solução resultante terá concen-tração 0,75 mol/L. Se forem usados volumesdiferentes, quanto maior o volume de solução0,5 mol/L, mais a concentração da solução ob-tida tenderá ao valor 0,5 mol/L. E quanto maioro volume de solução 1,0 mol/L, mais a con-centração da solução obtida tenderá ao valor1,0 mol/L. Porém, a concentração resultante nãopoderá ser inferior a 0,5 mol/L nem superior a1,0 mol/L. Assim sendo:
a)
é possível obter uma solução 0,6 mol/L.
b)
é possível obter uma solução 0,9 mol/L.
c) não
é possível obter uma solução 1,2 mol/L.
20
Alternativa C.
21
1,0 mol/L.
22
V
A
 
5
0,6 L e V
B
 
5
0,4 L.
23
1,5 mol/L.
24
Alternativa D.
26
Alternativa C.
cíul 6 
Estequiometria envolvendosoluções aquosas
exs sss
2
a)
HC
,
(aq)
1
NaOH (aq)
((
NaC
,
(aq)
1
H
2
O (
,
)
b)
Cálculo da concentração em quantidade dematéria do NaOH (aq):
M
 
5
n
1
 /V
5
(m
1
 /M
1
)/V
VV
 
M
 
5
(120 g /40 g
?
mol
2
1
)/1,0 L
VV
 
M
 
5
 
3,0 mol
?
 
L
2
1

Activity (74)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
neyzanata5255 liked this
loma02 liked this
Yury Costa added this note
.
Tamires Teixeira liked this
Lucas Bernardo liked this
Carol Ellen liked this
Leticia Andrade liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->