Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
P. 1
REPRODUÇÃO em Medicina Veterinária

REPRODUÇÃO em Medicina Veterinária

Ratings: (0)|Views: 8,478 |Likes:
Published by jamilesada
Reprodução em medicina veterinária
Reprodução em medicina veterinária

More info:

Published by: jamilesada on May 29, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/30/2014

pdf

text

original

 
1 - ENDOCRINOLOGIA DA REPRODUÇÃOHormônios:
Substâncias químicas sintetizadas e secretadas por glândulas endócrinas emuma parte do organismo, que são levadas pela corrente sanguínea ou linfática para outraparte do corpo onde modificam as atividades de órgãos alvo específicos. O útero e ohipotálamo produzem hormônios que não pertencem a essa definição clássica.
Fatores de crescimento
: Na última década têm se realizado estudos sobre as funçõesdestes fatores, são substâncias que controlam o crescimento e desenvolvimento de váriosórgãos, tecidos e cultura de células.
Glândulas EndócrinasHipotálamo
Ocupa pequena porção do cérebro, na região do terceiro ventrículo, estendendo do quiasmaóptico para o corpo mamilar.Existe conexão neural entre o hipotálamo e o lobo posterior da hipófise, através do tratohipotalâmico-hipofisário e conexão vascular entre o hipotálamo e o lobo anterior da hipófise.O sangue arterial entra na hipófise pela artéria hipofisária superior e inferior. A artériahipofisária superior forma capilares na eminência média e pars nervosa. Desses capilares osangue flui até o sistema porta hipotalâmico-hipofisário, o qual inicia e termina nos capilaressem passar pelo coração.Parte do retorno venoso da hipósife anterior é pelo caminho retrógrado e expõe ohipotálamo a altas concentrações dos hormônios da hipófise anterior, o que faz com queocorra feedback negativo.
Glândula Pituitária ou Hipófise:
A hipófise está localizada na sela túrgica, uma depressão óssea na base do cérebro. AGlândula é dividida em 3 partes: Lobo anterior, Lobo intermediário, Lobo posterior.A pituitária anterior tem diferentes tipos celulares, secretando 6 hormônios.1 – Hormônio do Crescimento ou Somatotrófico.2 – Hormônio Adenocorticotrófico (ACTH)3 – Prolactina4 – Hormônio estimulador da Tireóide (TSH)5 – Hormônio Folículo Estimulante (FSH)6 – Hormônio Luteinizante (LH)
Gônadas:Funções:
Produção de células germinativasSecreção de hormônio GonadalCélulas de Leydig – Células intersticiais, localizadas entre os túbulos seminíferos – Secretatestosteronalulas da Teça interna do Foculo de Graaf o fonte primária de circulão deestrógenos. Após a ruptura do Folículo e ovulação, as células da teca e da granulosa sãoreguladas, formam o Corpo Lúteo que produz progesterona.
Glândula Pineal ou Epífise:
Tem origem neuroepitelial, do teto do terceiro ventrículo.A glândula pineal dos anfíbios é um fotoreceptor que manda informações paras o cérebro.A Glândula Pineal dos mamíferos é um órgão endócrino. A atividade hormonal da pineal écontrolada pela iluminação do ambiente e pelo ciclo sazonal, através de um trajeto indiretoenvolvendo nervos simpáticos.A Glândula converte a informação neural dos olhos sobre o tempo de luminosidade em umsinal endócrino de produção de melatonina que é secretada para a corrente sanguínea efluído cérebro espinhal.
1
 
Hormônios:Classificação:
Os hormônios podem ser classificados tanto de acordo com sua estrutura bioquímica, tantocomo seu modo de ação.Classificação bioquímica: Glicoproteicos, Polipeptídeos, esteróides, ácidos graxos, aminas.Protéicos: Ocitocina, FSH, LH.Esteróides: Derivados do colesterol – testosterona.Ácido graxo: Derivado do ácido araquidônico – prostaglandinas.Aminas: Melatonina , derivados da tirosina e triptofano.
Modelos de Comunicação Intracelular 
 
Comunicação neural:
Neurotransmissores são liberados na junção sináptica da célula nervosa e atua através dafenda sináptica.
Comunicação Endócrina:
Hormônios são transportados através da circulação sanguínea, típica da maioria doshormônios.
Comunicação Parácrina:
Os produtos das células se difundem através do fluído extracelular para afetar as célulasvizinhas. Ex. Prostaglandinas.
Comunicação Autócrina:
As células secretam mensageiros químicos que atuam em receptores na mesma célula emque foi secretado.
Regulação da Secreção HormonalFeedback endócrinoGônadas
O controle feedback ocorre no Hipotálamo e na Hipófise.Dependendo da sua concentração no sangue, hormônios esteróides podem exercer umfeedback positivo ou negativo.
Feedback negativo
Aumento de secrão de estrógeno no ovário vai implicar emdiminuição do nível de FSH na hipófise.
Feedback positivo
– Aumento da quantidade de estrógeno na fase pré-ovulatória implicaem um pico de liberação de LH o que promove a ruptura do folículo ovariano.
Hormônios hipotalâmicos
Tanto a hipófise como hormônios esteróides regulam a síntese, estocagem e liberação dehormônios hipotalâmicos através de dois mecanismos de feedback, uma curva longa e outracurta.Reflexo neuroendócrino: O sistema nervo pode controlar a liberação de hormônios atravésde caminhos neurológicos. Ex: ocitocina na descida do leite e liberação de LH após acópula.Controle imuoendócrino: O sistema imune interage com o sistema endócrino para regular um ao outro. rios órgãos endócrinos estão envolvidos em alguns aspectos desseprocesso regulatório: Hipotálamo, hipófise, gônadas, adrenal, pineal, tireóide e timo. Muitosdestes órgãos afetam a função imune.
Receptores Hormonais
Cada hormônio tem um efeito seletivo em um ou mais órgãos alvo, esse efeito pode ser ativo por dois mecanismos:
2
 
Ligação específica é o mecanismo usual.Mecanismo de ação dos hormônios esteroidais:Por exemplo, todas as células alvo do tecido que respondem aos hormônios ésteróidescontem uma proteína receptora na célula, a qual se liga especificamente ao hormônioativando-o. Quando na célula alvo, o hormônio esteróide é encontrado no citoplasma, ligadoa uma proteína relativamente grande. A ligação resulta na transformação ou ativação docomplexo proteína-esteróide, promovendo a translocação no núcleo da célula. No sítionuclear o complexo esteróide se liga ao receptor específico e causa a seqüência derespostas fisiológicas específicas para a célula.Mecanismo de ação dos hormônios protéicos:As células alvo da hipófise anterior possuem receptores de membrana para reconhecer eseletivamente ligar os hormônios protéicos, incluindo gonadotrofinas.O fenômeno de ligação dispara a síntese e secreção de hormônio hipofisário via sistemaAMPcíclico-proteína quinase da célula. O nível de estrógeno circulante influencia nosreceptores para gonadotrofinas.
Principais Hormônios da Reprodução
Os hormônios principais estão envolvidos em muitos aspectos do processo reprodutivo:espermatogênese, ovulação, fertilização, interesse sexual, implantação, manutenção dagestação, parto, lactação, e instinto materno.Os principais hormônios reprodutivos são derivados do hipotálamo, lobos posterior e anterior da hipófise, gônadas (testículos e ovários), útero e placenta.
Liberação Hipotalâmica / Hormônios inibitórios
Os hormônios do hipotálamo que regulam a reprodução são os homônios liberadores degonadotrofina (GnRH e LHRH), ACTH, e fator inibidor de prolactina (PIF). O hipotálamo étambém fonte de ocitocina e vasopressina, os quais são armazenados na neurohipófise,lobo posterior da hipófise.
Resumo da origem e função de Neurohormônios Reguladores da Reprodução.Hormônios Origem CaminhosNeurológicosFunções
Hormônio Inibidor daProlactina (PIH)Hipotálamo Neurônios contemdopamina no núcleoarqueadoInibir a liberação deProlactinaHormônio Liberador da prolactina (PRH)Hipotálamo Estimula a liberaçãode ProlactinaHormônio Liberador de Gonadotrofina(GnRH)Núcleo arqueadoIminência médiaFeedback negativodas gônadasEstimula a liberaçãotônica do FSH e doLHGnRH
 
Área hipotamicaanterior/ Núcleo pré-óptico/ núcleo supra-quiasmáticoCélulashipotalâmicassensíveis àestrógeno,receptores na pele egenitália paraespécies que tem oreflexo da ovulação
.
Estimula o pico pré-ovulatório de FSH eLHOcitocina Núcleoparaventricular Núcleo supra-ópticoSensações táteis daglândula maria,útero e cérviceIndução de contraçãouterina, descida doleite e facilita otransporte degametasMelatonina Pineal Retina Via fibrasretinohipotalâmicaAtividade inibidoragonadotrófica emreprodutores de diaslongos Ex: hamster 
3

Activity (60)

You've already reviewed this. Edit your review.
Karol Schuarb liked this
Anna Katia added this note
documents
1 thousand reads
1 hundred reads
Celio Mangueze liked this
Josiana Cavalli liked this
Almir Pinto liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->