Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
24Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Praticas Contabeis Aplicadas Terceiro Setor Rinaldi Maio 2011

Praticas Contabeis Aplicadas Terceiro Setor Rinaldi Maio 2011

Ratings: (0)|Views: 2,613 |Likes:
Published by heloisamotoki

More info:

Categories:Business/Law, Finance
Published by: heloisamotoki on May 30, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/17/2013

pdf

text

original

 
Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo
Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487Email: desenvolvimento@crcsp.org.br | web: www.crcsp.org.brRua Rosa e Silva, 60 | Higienópolis01230 909 | São Paulo SPPresidente: Domingos Orestes ChiomentoGestão 2010-2011
 
Seminário
 
Práticas ContábeisAplicadas ao TerceiroSetor
Elaborado por:
 
Fernando César Rinaldi
O conteúdo desta apostila é de inteiraresponsabilidade do autor (a).
 
A reprodução total ou parcial,bem como a reprodução deapostilas a partir desta obraintelectual, de qualquer forma oupor qualquer meio eletrônico oumecânico, inclusive através deprocessos xerográficos, defotocópias e de gravação,somente poderá ocorrer com apermissão expressa do seu Autor(Lei n. 9610)TODOS OS DIREITOSRESERVADOS:É PROIBIDA A REPRODUÇÃOTOTAL OU PARCIAL DESTAAPOSTILA, DE QUALQUERFORMA OU POR QUALQUERMEIO.CÓDIGO PENAL BRASILEIROARTIGO 184.
Maio 2011
Acesso gratuito pelo portal do CRC SP www.crcsp.org.br
 
 
Programa:
1)Aspectosconceituais, estruturais e de classificação do Terceiro Setor;2)Aspectosformais de constituição e funcionamento de organizações doTerceiroSetor;3)Aspectos tributários;4)NBC TG –Estrutura conceitual para a Elaboração e Apresentação dasDemonstraçõesContábeis
(substitui a NBCT 3);
5)NBC T 10 –Aspectos conbeis específicos
(revisada pela Resolução CFC n°1.171/09)
;6)NBCT 10.4 Fundões;7) NBCT 10.19 Entidades sem fins lucrativos;8) NBC TG 07 Subvenção e assistência governamentais
(substitui a NBC T 19.4);
9) Aspectos contábeis aplicados ao Terceiro Setor: escrituração, plano de contae controles;10)Lei 12.101/2009 e Decreto 7.237/2010
(certificação das entidades beneficentes deassistência social)
;11) Projetos Sociais: controle eprestação de contas;12) Gratuidades;13) Demonstrações Contábeis: balanço patrimonial, demonstração de resultados,demonstração do fluxo de caixa, demonstração das mutações do patrimônioe notas explicativas.
 
Evolução contábil
Historicamente, a Contabilidade evoluiu em função das
necessidades
dos usuários, nas seguintes fases:
Renascimento:
atividades comerciais;
Revolução industrial:
atividades comerciais e industriais;
Queda da bolsa de NY:
normatização e padronização das práticascontábeis;
Momento atual:
atividades comerciais, indústrias, expansão dosserviços, evolução do mercado financeiro, surgimento do terceiro setor,negócios globais (Contabilidade Internacional IFRS).
 Atualmente, os negócios envolvem avaliação:a)
Desempenho, retorno, riscos, rentabilidade;
b)
Gestão do negócio;
c)
Transparência das operações;
d)
Responsabilidade social e ambiental;
e)
Sustentabilidade do negócio.
CRC SP – Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional2
 
Responsabilidade social
Responsabilidade social associa-se com o conceito de
sustentabilidade
,que procura conciliar:
 Aspectos econômicos
: riqueza patrimonial (capital financeiro emanufaturado);
 Aspectos sociais
: recursos humanos (capital humano, trabalho,inteligência, cultura e organização);
 Aspectos ambientais
: recursos naturais (capital natural, recursosnaturais, sistemas vivos e ecossistema).Com o objetivode criar condições de continuidade dos negóciosnopresente e no futuro.Para garantir a evolução da riqueza patrimonial, a entidade depende dosrecursos humanos e naturais.O
Terceiro Setor
éformado pelas Organizações não Governamentais,denominadas Instituições de Interesse Social, sendo classificadas como:
Semfins lucrativos
: recebem contribuições ou doações para realizarsuas atividades, mas não fazem filantropia.
Semfins lucrativos e filantrópicas(*)
: independente de receberemcontribuições ou doações para realizarem suas atividades, concedem notodo ou em parte,
gratuidades
na realização dos serviços.Essas Instituições realizam serviços e atividades para a
população
, quena maioria dos casos, são de responsabilidade do
Estado
.(*) Devem possuir a
certificação das entidades beneficentes deassistência social,
conforme Lei 12.101/09 e Decreto 7.237/10.
CRC SP – Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional3

Activity (24)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Wladimir Correa liked this
Mariana Rocha liked this
gueburah liked this
Maiara Pinheiro liked this
joao luis silva liked this
Flore Joaquim liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->