Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O Plano Astral

O Plano Astral

Ratings: (0)|Views: 19|Likes:
Published by jbrunorosas
Descrição do Plano Astral(mundo dos desejos,plano espiritual),panorama geral,habitantes,características por : Cw LeadBeater(Teosofia)
Descrição do Plano Astral(mundo dos desejos,plano espiritual),panorama geral,habitantes,características por : Cw LeadBeater(Teosofia)

More info:

Published by: jbrunorosas on May 31, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/02/2013

pdf

text

original

 
 
1
 
O Plano Astral
C. W. Leadbeater
Título original:
The Astral Plane: Its Scenery, Inhabitants And Phenomena
 Publicação Original em 1895.
 
 
2
 
PREFÁCIO
Poucas palavras bastam para oferecer este livrinho ao mundo. Visaatender à demanda pública de uma exposição simplificada dosensinamentos teosóficos. Têm-se queixado alguns que nossa literatura é, aomesmo tempo, excessivamente abstrusa, técnica e dispendiosa para o leitorcomum. Com esta obra esperamos lograr suprir tão evidente necessidade. ATeosofia não se destina apenas a eruditos, mas a todos. Talvez entre os quenestas páginas obtenham vislumbres de seus ensinamentos, haja uns poucosque serão por eles guiados a penetrar mais profundamente em sua filosofia,sua ciência e sua religião, abordando os seus mais abstrusos problemas como zela do estudante e o ardor do neófito. Todavia, esta obra não foi escritaapenas para o estudante sequioso, que nenhuma dificuldade inicial podedeter, mas também para os homens e mulheres envoltos nos afazerescotidianos do mundo. A todos eles procura explicar algumas das grandesverdades que tornam a vida mais agradável e a morte menos temível.Escrita por um dos servos dos Mestres, que se dizem os "irmãos MaisVelhos" de nossa raça, seu único escopo é servir a humanidade.ANNIE BESANT
 
 
3
 
INTRODUÇÃO
Na extensa literatura sobre Teosofia, este pequeno livro se destacapor certas características especialmente marcadas. É uma tentativa paradescrever a Mundo Invisível da mesma maneira que um botânicodescreveria algum novo território neste globo, não explorado por qualquerbotânico anterior.A maioria dos livros que tratam de Misticismo e Ocultismo secaracteriza pela falta de uma apresentação científica, tal qual se faz em tododepartamento científico. Mais nos dão a significação das coisas do quedescrições das coisas em si. Neste pequeno livro o autor aborda o MundoInvisível do ponto de vista da ciência.Como tenho certa ligação com este livro, por ter sido o amanuenseque o copiou para a impressão, posso descrever como veio a ser escrito. Naépoca em que foi escrito, em 1894, C. W. Leadbeater era o secretário daLoja de Londres da Sociedade Teosófica, e o seu presidente era o Sr. A. P.Sinnett. A Loja não fazia propaganda pública nem realizava reuniõesabertas; porém três ou quatro vezes por ano se efetuava uma reunião naresidência do Sr. Sinnett, e cartões de convite eram enviados aos membrosda Loja e aos poucos das "classes superiores" que o Sr. Sinnett julgavaprovavelmente interessados em Teosofia. O Sr. Sinnett desejava que o Sr,Leadbeater (como era então o seu tratamento) fizesse uma palestra na Loja.Nosso autor escolheu como tema "O Plano Astral". Cabe citar aqui adescrição que ele próprio fez do seu treinamento em clarividência, que ohabilitou a fazer uma investigação científica dos fenômenos do PlanoAstral. Em seu livro Como Mc Veio a Teosofia, descreve assim o seutreinamento:
 Desenvolvimento Inesperado
 Deve-se compreender que naquela época eu não possuía nenhumafaculdade clarividente, nem jamais me havia julgado ser um sensitiva.Lembro-me que era minha convicção que a homem devia nascer comalguns poderes psíquicos e um corpo sensitivo antes de poder tomarqualquer iniciativa nessa espécie de desenvolvimento. De sorte que nuncaeu havia conjeturado que me fosse possível qualquer progresso desse tiponesta encarnação, porém nutria a esperança de que se eu trabalhasse tão

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->