Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
VitorinoDeSousa_AHistoriaDeLucifer_Glossario

VitorinoDeSousa_AHistoriaDeLucifer_Glossario

Ratings: (0)|Views: 15|Likes:
Published by Rosaldo Alves

More info:

Published by: Rosaldo Alves on Jun 06, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/06/2011

pdf

text

original

 
 
 A Mensagem do Arcanjo Lúcifer
Um poderoso desafio a todos os Trabalhadores da Luz
O subtítulo deste trabalho diz tudo. Mas você pode comprovar pelos excertosque se seguem, retirados das canalizações daquela entidade, contidas do livro
EU SOU O ARCANJO LÚCIFER 
, publicado pela Ed. Anjo Dourado.Este livro está disponível nas livrarias e nas bancas de livros facultadas emtodos os locais onde trabalhamos
1
.Sinceramente: se quer evoluir no trabalho espiritual, não pode passar ao ladodestas informações. No entanto, e como sempre, fica ao seu critério. A nossafunção é divulgar, para que você não possa dizer que desconhecia.O material que se segue foi retirado do novo
GLOSSÁRIO ESPIRITUAL DE VITORINO DE SOUSA
que, estará disponível na Net muito em breve.Portanto, estas 9 entradas exclusivas do Arcanjo Lúcifer, também servem deamostra do que poderá encontrar nas outras 300 deste GLOSSÁRIO.O velatropa.com e o anjo-dourado.com – colaboradores neste projecto –anunciarão profusamente a data de lançamento
2
. Vitorino de Sousa 
1
Se vive no estrangeiro e pretende conhecer estes textos, passe por http://www.velatropa.com/vitorino/lucifer.htm esiga as instruções.
2
Se quiser passar a receber notícias destas duas fontes de divulgação espiritual, só tem de aceder aos respectivosendereços e inscrever-se. (Pomba Verde e Anjo Dourado, respectivamente).
 
 BODE EXPIATÓRIO
 ARCANJO LÚCIFER: Como sabem, o Ser Humano, enquanto foi incapaz de enfrentar a suaprópria escuridão, sempre precisou de um bode expiatório. Por isso me confundiram com odiabo... ou fizeram com que eu fosse confundido com o diabo! ARCANJO LÚCIFER: Ao longo da História precisaram de encontrar alguém – podem chamar-lheum bode expiatório – sobre quem podiam descarregar a sombra que vocês mesmos não seatreviam a enfrentar. Não tinham grau de consciência suficiente para darem Respostas de Luze, ao darem respostas inábeis, justificavam-se dizendo que era por influência do «diabo»! Umaestratégia excelente! Não muito inteligente, mas funcional. Tão funcional que continua a darfrutos. ARCANJO LÚCIFER: Como não sabias o que fazer com a tua própria maldade, criaste um bodeexpiatório. E, agora, dizes que estás assim porque «espíritos» te atormentam. Nunca fizestenada de mal, embora, à tua volta, tudo concorra para te convencer disso. E tu, na tuaingenuidade, acreditaste. Então, agora, não te suportas por causa de tanta «maldade»! Massou eu que te digo que o mal não existe! Se eu te dissesse quem está a falar talvez tearrepiasses. Não me faças de bode expiatório do «mal» que não queres ver em ti.
DIABO
 ARCANJO LÚCIFER: Podem evocar o meu nome e a minha energia, que eu não vos aparecereivestido de vermelho… com um tridente… com um rabinho pontiagudo… barbicha! ARCANJO LÚCIFER: Ao longo da História precisaram de encontrar alguém – podem chamar-lheum bode expiatório – sobre quem podiam descarregar a sombra que vocês mesmos não seatreviam a enfrentar. Não tinham grau de consciência suficiente para darem Respostas de Luze, ao darem respostas inábeis, justificavam-se dizendo que era por influência do «diabo». Umaestratégia excelente! Não muito inteligente, mas funcional. Tão funcional que continua a darfrutos. ARCANJO LÚCIFER: Eu sou um Arcanjo e, por isso, devo respeitar o livre arbítrio humano, comoqualquer outro. Aqueles que, ao longo da vossa História, optaram por servir o «diabo» tinhamtodo o direito de o fazer, e nada neste Universo poderia impedir que assim fosse. No entanto,estavam enganados e, agora, trabalham para resgatar esse carma. Agora, decretam quequerem a paz. E a paz terão! Se dependesse de mim, tê-la-iam de imediato.
 
  ARCANJO LÚCIFER: Imagine o que considera ser a figura do mal. (…) Trata-se apenas de umholograma, que, embora nada tendo de real, tem bastante poder. Não fomos nós que quisemosque o tivesse, foram os Humanos que decidiram dar-lho. Alguns continuam a utilizar esseholograma e, portanto, a dar-lhe serventia. (…) Se a imagem for assustadora, lembre-se de queé apenas um símbolo, incapaz seja o que for, se deixar de lhe encomendar trabalhos. Abandone-o, e ele esmorecerá. Ele depende da sua atenção pois é, sem dúvida, uma criaçãosua. O que lhe proponho é que, da mesma forma que criou essa figura, se decida, nestemomento, a desmontá-la. É apenas uma sugestão. Concentre-se e faça como entender. ARCANJO LÚCIFER: A ascensão não é uma viagem turística; é dedicação ao autoconhecimento.Para recuperares o autoconhecimento galáctico tens de recuperar o autoconhecimentoterrestre, tens de saber como as coisas funcionam aqui, e como funcionas tu dentro da formacomo as coisas funcionam aqui. Quando tiveres conhecido e jogado o jogo totalmente, poderástranscendê-lo. Mas como queres tu viver o jogo ao máximo, se estás bloqueado e tens mede, ese, quando te apontam a Cadeira Dourada, achas que é a cadeira do diabo? ARCANJO LÚCIFER: (No passado) verificaram – por vezes tragicamente - que muito do quetinham feito «mal» foi classificado de «diabólico». Essa é a primeira confusão, pois o «diabo» éuma designação criada pela ignorância. Mas a ignorância não pode gerar respostas luminosas. Assim, as respostas que «não satisfaziam a Deus» tinham de ser necessariamente «diabólicas».Mas, como poderiam os Humanos dar respostas «favoráveis a Deus» se sempre vos deram umadefinição errada de Deus? Como poderiam dar respostas a um Deus que não sabiam como elerealmente é? ARCANJO LÚCIFER: Vocês foram postos perante propostas muito aliciantes por parte das forçasmenos luminosas… mas também tem de ser dito que nunca foram obrigados a aderir a elas! Seaderiram foi porque consideraram o aliciamento, foi por ambição, foi por cobiça, foi por desejode poder. Foi por todas essas coisas que, sob o título de «ego», se deixaram desvirtuar!
LÚCIFER, ARCANJO
 ARCANJO LÚCIFER: Eu sou o Arcanjo Lúcifer e venho dizer-vos que o mal não existe! ARCANJO LÚCIFER: Eu não sou o diabo, não sou Satanás, não sou Satã; sou o Arcanjo Lúcifer!Se eu fosse quem vocês julgam, não poderia dizer «Eu sou». Ou, se o dissesse, decerto mesentiria muito mal. Ora, não há nada que me dê maior orgulho do que poder afirmar «Eu sou».O nome «Lúcifer» é a função; «Eu sou» é a partícula do Pai. Eu fui criado para ser como sou, enão como vocês julgam que sou. É essa correcção que têm de fazer. Em mim, nunca essaconfusão ocorreu, portanto, não precisa de qualquer correcção. Assim, quem é servido sãovocês. Esta é a minha forma de vos servir, de vos ajudar, de vos amar. Cada um tem a sua. ARCANJO LÚCIFER: Eu sou Arcanjo Lúcifer, aquele que está bem mais perto no nosso irmãoSananda do que vocês pensam! ARCANJO LÚCIFER: Eu não sou quem tu pensas. O que tu pensas que eu sou é uma criaçãotua. Na tua santa ignorância, arrancaste-me as asas! Mas é só uma imagem, o que criaste demim. Achas que um Arcanjo pode ficar sem asas? Está na altura de conheceres a verdade, meuirmão. ARCANJO LÚCIFER: Sabem quem eu sou? Sou aquele que vocês acham que vos impede deabrir o coração! Sou aquele que vocês acham que vos segreda ao ouvido que passam a vida apraticar o mal!

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->