Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Secchin - poemas gravados

Secchin - poemas gravados

Ratings: (0)|Views: 32 |Likes:
Published by Rafael Mendes

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: Rafael Mendes on Jun 10, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/12/2013

pdf

text

original

 
Secchin: Uma vidaem Letras
Poemas de Antonio Carlos Secchininterpretados por seus alunos.
 
Biografia
O
poema vai nascendonum passo que desafia:numa hora eu já o levo,outra vez ele me guia.
O
poema vai nascendo,mas seu corpo é prematuro,letra lenta que incendeiacom a carícia de um murro.
O
poema vai nascendosem mão ou mãe que o sustente,e perverso me contradizinsuportavelmente.Jorro que engole e segurao pedaço duro do grito,o poema vai nascendo,pombo de pluma e granito.
 
Linguagens
N
otei que o vôo negro da hipálagenão tinha o mel dos lábios da metáfora,e mais notara, se não fora a enálage,e mais voara, se não fosse a anáfora.Chorei mil mares profundos de hipérbole,duas velas cortaram a metonímia.E o pé da catacrese já marchavano compasso bem toante dessa rima.Verteu prantos a anímica floresta,mas nós entramos dentro do pleonasmo,¶stamos em pleno oceano da aférese...Vai-se um expletivo, outro e outro mais...
O
s poetas, nós somos muito silépticos;os poemas, elípticos demais.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->