Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
28Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O Estado de Natureza e Sociedade Civil Em Hobbes

O Estado de Natureza e Sociedade Civil Em Hobbes

Ratings: (0)|Views: 7,101|Likes:
Published by Lucas Soares
Estado de Natureza e Sociedade Civil tomando como base as concepções de Locke, Hobbes e Rousseau. Esse texto traça algumas conexões e desconexões desses importantes filósofos com o tema e entre si.
Estado de Natureza e Sociedade Civil tomando como base as concepções de Locke, Hobbes e Rousseau. Esse texto traça algumas conexões e desconexões desses importantes filósofos com o tema e entre si.

More info:

Published by: Lucas Soares on Jun 15, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/30/2013

pdf

text

original

 
O Estado de Natureza e Sociedade Civil em Hobbes, Locke eRousseau
1
 
Lucas Soares de Oliveira
Antes de começar a análise sobre os pontos de vista desses importantes filósofos sobre oEstado de Natureza e a Sociedade Civil, acho importante mostrar o contexto históricoem que viviam, principalmente para dar uma dimensão do porque dos pensamentosdesses autores.Thomas Hobbes nasceu em 1588, e pode vivenciar momentos de tensão, que talvez porisso seu pensamento seja tão pessimista. Hobbes vivenciou e foi influenciado pelareforma anglicana, na qual ocorre uma cisão da Inglaterra com a Igreja Católica, e a
Espanha envia sua “Invencível Armada” (
Grande y Felicíssima Armada) para intervirnos assuntos Ingleses. Todo esse movimento gera um sentimento de pânico nosingleses. O século XVII, também é de suma importância para os ingleses, por marcar oexpansionismo colonialista ultramarino inglês, com a fundação de
,aprimeira colônia inglesa nas Américas, em 1607. È nesse século também que ocorre aRevolução Gloriosa, e são lançadas as bases do capitalismo na Inglaterra. QuandoHobbes tinha 30 anos e já havia visitado a Europa continental pela primeira vez, umarevolta na Boêmia daria início à
,e este fato, irá reforçar paraHobbes a sua própria visão pessimista acerca da natureza humana destrutiva. Logo apóso início da guerra no continente europeu, disputas políticas entre o Parlamento e oReiinglêsdão início a uma
 na Inglaterra que perdurará por 10 anos. Todos
esses fatos relatados acima tentam dar uma “justificação” do porque do pensamento de
Hobbes, que pode ser definido em uma frase clássica sua:
“O Homem é o lobo do
 Homem
” ( 
 Homo homini lúpus).
Já John Locke nasceu em 1632, na cidade de Wrington, Somerset, região sudoeste daInglaterra. Era filho de um pequeno proprietário de terras que serviu como capitão dacavalaria do Exército Parlamentar. Mesmo tendo origem humilde, seus pais tiveram apreocupação de lhe dar uma rica formação educacional que o levou ao ingresso naacademia científica da Sociedade Real de Londres. Um dos pontos fundamentais de seu
1
Trabalho de Política produzido no primeiro semestre de 2010.
 
pensamento político se transformou sensivelmente quando o intelectual passou aquestionar a legitimidade do direito divino dos reis. Locke também vivenciou aRevolução Gloriosa, que ocorre de 1640 a 1688, que tem a tomada de poder de KingWilliam, que defende uma religião protestante e liberal. Ele aporta defendendo a
soberania do parlamento
. Surge a ideia de monarquia constitucional, onde existe umrei, mas ele não é o soberano, sendo o poder do rei submetido ao povo. Para Locke opoder supremo é o Legislativo, sendo o Legislativo o encarregado de governar por meiode leis estabelecidas e; essas leis devem se destinar ao bem do povo; não podendo selançar impostos sem o consentimento do povo e; sendo proibido transferir o poder delegislar.Jean-Jacques Rousseau nasceu em1712,em Genebra. Ao contrario dos dois filósofosacima, Rousseau defendia que o homem era bom por natureza, ao defender que todos oshomens nascem livres, e a liberdade faz parte da natureza do homem. Rousseau acaboupor inspirar muitos (se não todos) os movimentos que visavam à busca pela a liberdade.Para Rousseau a passagem do Estado de Natureza para o Estado Civil, Substitui, naconduta do individuo, o instinto pela justiça, dando moralidade as ações. O dever tomalugar do impulso físico, o direito toma lugar do apetite, passa a existir a
razão
ao invésde suas inclinações. O Estado de Natureza, tal como concebido por Rousseau, está
descrito principalmente em seu livro
. O genebrino descreve o Homem no Estado de Naturezacomo aquele que só deseja o que lhe rodeia, a explicação que ele da para isso é que elenão pensa, é desprovido da imaginação necessária para desenvolver um desejo que elenão percebe. Os desejos do Homem em um Estado de Natureza são desejos de seucorpo. Ele sugere que o homem natural não é sequer capaz de se distinguir de outro serhumano. Rousseau toma posição contra a teoria do Estado de Natureza hobbesiano. Para
ele o homem não é um “lobo” como alegava Hobbe
s, o homem só não desejava se juntar a outros e formar uma relação duradoura. A respeito do Contrato Social, ele tinhaa seguinte opinião (que pode ser qualificada com Anti-aristotélica): o homem não é um
 zoon politikon
, um animal que sociável, político, por natureza. Para Rousseau, nós queconstruímos a sociedade, não podemos nascer sociáveis, porque nós é que construímosesse conceito de sociável, e só depois desta construção, podemos nos tornar sociáveis.Rousseau diverge com Hobbes também no fato de que, para Rousseau, não existem
 
paixões naturais, o que cria tais paixões é a propriedade. A divisão entre o meu e o teu,isto é, a propriedade privada, dá origem ao estado de sociedade, que corresponde, agora,ao Estado de Natureza hobbesiano da guerra de todos contra todos.A concepção de Estado de Natureza de Hobbes é típica noção, por ele mesmo imposta,de
“Homem lobo do Homem”
. O que existe nesse Estado de Natureza é uma
guerra detodos contra todos.
Nele, reina o medo e, principalmente, o grande medo:
o da morteviolenta
. Ele descarta todas as leis, e coloca como a única lei existente nesse caos a leido mais forte, que pode tudo quanto tenha força para conquistar e conservar. Para aconcepção hobbesiana a igualdade natural é a igualdade de matar, e os homens só seassociam visando o lucro ou a gloria (anti-aristóteles). Uma ideia marcante de Hobbes éque: não é possível estabelecer contratos com quem não quer receber direitos. Para esteinglês o monarca deveria exercer o poder absoluto.O Estado de Natureza de Hobbes e o Estado de Sociedade de Rousseau evidenciam umaluta entre fracos e fortes, vigorando o poder da força. Para fazer cessar esse estado devida onde o caos reina, os homens tomam a direção da Sociedade Civil, isto é, doEstado Civil, criando o poder político e as leis. Está passagem se dar por meio doContrato Social.John Locke foge um dessas definições, para ele o Estado de Natureza é aonde seencontra a plena liberdade. As pessoas agem conforme os seus próprios interesses semdependerem da vontade de qualquer outro homem. Para Locke os homens viviamperfeitamente sobre as diretrizes das Leis da Natureza: essa Lei da Natureza é a razãoque ensina todos os homens a serem iguais e que nenhum dos indivíduos deveprejudicar outra pessoa. Já o Estado de Guerra, que pode acontecer tanto no Estado deNatureza quanto na Sociedade Civil, existe a desordem, a guerra generalizada, o homemcom sua natureza egoísta passa agir de forma maléfica aos outros, os indivíduos usamda força para ferir outro sem uma legitimidade. A principal razão pela qual o homemabre mão do estado de liberdade total é o fato de ter um interesse comum a todos. O
direito e a garantia da propriedade. “Não fosse a corrupção de homens degenerados não
seria preciso sair do Estado de Natureza
”.
 Existem vários contrastes das opiniões de Hobbes e Locke. Diferente de Hobbes, Lockeafirma uma lei no Estado de Natureza, a Lei da Natureza. Para Hobbes, o que ocorre na

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->