Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Relatório da Diagnose de Ferrugem do Cafeeiro e Cercosporiose e Mancha Branca do Milho

Relatório da Diagnose de Ferrugem do Cafeeiro e Cercosporiose e Mancha Branca do Milho

Ratings: (0)|Views: 157 |Likes:
Published by Bruno Krevoruczka
Diagnose apresentada à disciplina de Fitopatologia Geral do curso de Agronomia da Universidade Federal do Paraná.
Diagnose apresentada à disciplina de Fitopatologia Geral do curso de Agronomia da Universidade Federal do Paraná.

More info:

Published by: Bruno Krevoruczka on Jun 20, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/09/2011

pdf

text

original

 
Relatório da DiagnoseNomes: Bruno LuisKrevoruczka, Thiago Reiter, Jhonnatan de Mattos Porto.
Sintomatologia
é a parte da Fitopatologia que estuda os sintomas e sinais, visando àdiagnose de doenças de plantas.
Sintoma
é qualquer manifestação das reações da planta a umagente nocivo, enquanto
sinais
são estruturas do patógeno quando exteriorizadas no tecido doente.A sequência completa dos sintomas que ocorrem durante o desenvolvimento de uma doençaconstitui o
quadro sintomatológico
.Na maioria dos casos, estuda-se a sintomatologia de uma maneira objetiva considerando-seapenas os sintomas perceptíveis pela visão, tato, olfato e paladar, visto que a finalidade dasintomatologia se restringe à rápida diagnose da doença.A resposta de um vegetal ao ataque de um patógeno é variável e muitas vezes semelhante areações provocadas por outros agentes não infecciosos. Este fato faz com que a diagnose de umadoença infecciosa seja uma tarefa árdua, requerendo um conhecimento bastante sólido dasinterferências que uma planta ou população de plantas pode estar sujeita em um determinadoambiente.Para diagnose de doenças de plantas, precisa-se saber bem a diferença entre sintomas esinais para saber o que se está observando. 1. Preparo de lâminas a partir de tecido vegetal lesionado2. Observação de estruturas (sinais do patógeno)3. Comparação dos sintomas com a literatura
Café -
Coffeaarabica
L.
I
nicialmente foi feita a observação do sintoma apresentado pelas folhas de café. Na partesuperior, presença de necroses do centro para fora com uma mancha amarelada em torno dessanecrose, como a mostra a foto a seguir. Na parte inferior apresenta pontuações amarelo-alaranjadas, que visualmente apresentamuma massa de mesma cor que apontam a presença de esporos fúngicos. 
 
Figura - II Leo na parte superior da folhaFigura - I Leo na parte superior da folhaFigura - III Lesão na parte inferior da folha
 
 
A observação das lesões, inclusive na lupa, não proporcionou uma diagnose segura, porémserviu para levantar hipóteses de possíveis doenças.Seriam elas:- Ferrugem do Cafeeiro (
Himileiavastatrix 
Berket Br.);- Cercosporiose ou Mancha-de-olho-pardo (
Cercosporacoffeicola
BerketCooke);- Mancha-anular (Agente causal: vírus): descartada por ser vírus.A feitura de lâminas com fita adesiva, retirando os esporos da parte inferior da folha teveos seguintes resultados:A comparação dos esporos com a literatura, representada a seguir, proporcionou algumasconclusões.
 
Figura - IVEspóros em Lâmina de fita adesivaFigura - VEspóros de
Hemileiavastatrix 
em literatura
 
Figura - VIEspóros de
ercosporasp.
em literatura citada
 
 
Os esporos de
Cercosporasp.
São finos e alongados enquanto que os de
Hemileiasp.
Sãoarredondados em forma de meia lua e equinulados. Por conta dessas observações, queevidenciaram a presença de esporos de
Hemileiasp.,
a diagnose final foi de que a doença que infectaesse cafeeiro é a
F
errugem do Cafeeiro (
emileiaVastatrix 
).
 
Milho 
 Z 
eamays
I
nicialmente foi feita a observação das lesões causadaspela doença. Tanto na partesuperior da planta, quanto na parte inferior foram observadas manchas esbranquiçadas, comformato circular à oval.
I
nclusive com algumas lesões sobrepondo outras, como mostram as figurasà seguir:Com isso levantamos as seguintes hipóteses:- Complexo da Mancha Branca (Phaeosphaeriamaydis / Phyllostictasp. /Pantoeaananas(bactéria))- Helmintosporiose (
 xserohilumturcicum
)A feitura de lâminas com fita adesiva, retirando material da parte inferior da folha teve osseguintes resultados:A comparação com a literatura representada posteriormente revelou que o materialapresentava estruturas de reprodução de
Cercosporazeae-maydis
que não tinha sido levantada comopossível doença que afetava a planta de milho. Não foi observada na lâmina nenhuma estrutura deoutras doenças, porém foi considerado que o complexo da Mancha Branca também pode estarpresente na planta. Com o estudo da literatura, pode-se confundir a Mancha Branca com a
 
Figura - VII Lesão da doença em folha de milhoFigura - VIIIEspóros de
ercospora
sp. em Lâmina de fita adesiva
 

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->