Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL - A PROVA DOS NÚMEROS

EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL - A PROVA DOS NÚMEROS

Ratings: (0)|Views: 623 |Likes:
Data regarding evolution of higher education during Lula's presidential term 2002-2010 are analysed in comparison to former governments.
Data regarding evolution of higher education during Lula's presidential term 2002-2010 are analysed in comparison to former governments.

More info:

Categories:Types, Research, History
Published by: Naomar Almeida-Filho on Jun 27, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/27/2011

pdf

text

original

 
EDUCAÇÃOSUPERIOREMLULAvsFHC:APROVADOSNÚMEROS
Umjornalistaescreveuemseublog,auto-apresentadocomoumdosmaisacessadosdoBrasil:
Proveicomnúmeros
queoqueele[oGovernoLula]fezmesmofoiaumentarocabidedeempregosnasuniversidadesfederais,aumentaraevasãoeonúmerodevagasociosas.”Fiqueimuitointeressadonotema,pordoismotivos:Primeiro,porquefuiReitordeumauniversidadefederaldurantequatromesesnogovernoFHCequasetodootempodoGovernoLula,oquemepermiteararasituaçãode,nacondiçãodegestorpúblico,podercompararosdistintoscenáriosdepolíticadeeducaçãosuperior.Segundo,porqueminhaáreadepesquisaéaEpidemiologia.Nessacondão,trabalhocommodelagemnuméricaetécnicasquantitativasdeanálise,numcampoondeexercitamosumaquaseobsessivabuscaderigor,validadeecredibilidade.Istoporqueumaeventualcontrafaçãooufraudeestasticapodecustarvidas,produzirriscosouaumentarsofrimentos.Assim,procurei,noblogdojornalista,aprovadosmeros.Encontrei,numapostagemde24/08/2010–arrogantementeintitulada“Afabulosafarsade‘Lula,omaiorcriadordeuniversidadesdomundo’.Ou:desmontocommerosessamentira”
–trêsblocosdequeses:aumentodevagasematrículas;evasãonaeducaçãosuperior;empreguismonaredefederaldeensino.Analisareicadaumadelas,demonstrandoqueessas“provasdenúmeros”sãorefutadasemqualquerexamesériodevalidadetécnicaoumetodológica.
Noprimeirobloco,referenteaaumentodevagasematrículas,acheiasseguintesafirmações:“Ataxamédiadecrescimentodematrículasnasuniversidadesfederaisentre1995e2002(governoFHC)foide6%aoano,contra3,2%entre2003e2008-seisanosdemandatodeLula.[...]SónosegundomandatodeFHC,entre1998e2003,houve158.461novasmatrículasnasuniversidadesfederais,contra76.000emseisanosdegovernoLula(2003a2008).”Aquiojornalistacometeerrosprimários(oude-fé)deanálisededados.Qualquerinicianteemanáliseestatística,demográficaoueducacionalsabequenãofazsentidocompararumperíododeoitoanoscomoutrodeseisanos,ouestecomoutrodequatroanos;maisaindaseusarmosdiasaritticasoumerosbrutos;epioraindaseconsiderarmos(comoelebemsabe)queoprincipalprogramadeexpansãodasuniversidadesfederais,oREUNI,começaareceberalunosjustamentedepoisde2008.Alémdisso,usadadoserrados.EisosdadoscorretosdematrículasnasIFES:
2001200220032004200520062007200820092010
502.960531.634567.850574.584579.587589.821653.022720.317917.2421.010.491
(fonte:INEPeANDIFES)
oprecisamosquestionarosindicadoresdogovernoFHC;consideremosacredibilidadedestescomoderesponsabilidadedojornalista.Mas,comosdadosdapequenatabelaacima,podemosdemonstrarque,considerandotodooperíododogovernoLula,ovolumetotaldematrículasnasfederaisaumentou90,1%.Portanto,
 
ataxamédiadecrescimentodematrículasnasuniversidadesfederais,entre2003e2010,nãofoide3,2%esimde11%aoano.Também,noqueconcerneàsegundaafirmão,emseisanosdegovernoLula(2003a2008),defatoocorreram188.683novasmatrículasnasuniversidadesfederais,enão,comoafirmaojornalista,apenas76.000(aliás,númerosredondossãoemgeralsuspeitos:sugeremausênciadefonte).Umacomparaçãotecnicamentemaiscorretaseráentreosdoissegundosmandatos:entre1998e2003,segundomandatoFHC,houve158.461novasmatrículas;entre2007e2010,segundomandatoLula,foramexatas478.857novasmatrículasregistradasnasuniversidadesfederais.Ouseja,contrastandoperíodosequivalentes,ooperárioLulaabriu200%maisvagasnovasemuniversidadesfederaisqueointelectualFHC.Nosegundoblocodequestõeslevantadaspelojornalista,oassuntoeraevasãonaeducaçãosuperior.Eleescreveu:“OqueaumentoubrutalmentenogovernoLulafoiaevasão:asvagasociosaspassaramde0,73%em2003para4,35%em2008.Asmatrículastrancadas,desligamentoseafastamentossaltaramde44.023em2003para57.802em2008.[...]AUniversidadeFederaldoABCperdeu42%dosalunosentre2006e2009.”Ojornalistaconfundeevasãocomociosidade.Aliás,nãoseideondeeletirouosdadosqueindicariamumaumento“brutal”deevasãonasuniversidadesfederaisnogovernoLula.Nãotenhoconhecimentodenenhumabasededadosquerecolheecomputainformãosobre“vagasociosas”que,aprosito,temdefiniçõesvariadasedivergentesdentrodaautonomiadasdiferentesinstituições.Sobretrancamentos,desligamentoseafastamentos,novamenteojornalistacometeerrospririos(oude-fé)naanálisededados.Qualquerinicianteemanáliseestatística,demográficaoueducacionalsabequeumaumentobrutode44.023para57.802afastamentosnadasignificasemcomparaçãodasproporçõesrelativas.Ocorrerammaisafastamentossimplesmenteporqueosistemarecebeumaismatrículas,de567milpara720milnoperíodoconsiderado.Usemosospercentuaisrespectivos:entre2003e2008,ataxadeafastamentospassade7,7%para8,0%,umavariaçãoinsignificante.Ondeestáo“salto”?OestudomaisabrangentesobreotemaevasãonaeducaçãosuperiornoBrasilfoirealizadopeloInstitutoLoboparaoDesenvolvimentodaEducação,daCiênciaedaTecnologia.Deacordocomessapesquisa(SilvaFilhoetal2007),aevasãoanualmédiadoBrasil,entre2000e2005,foide22%.Essataxafoimaisdeduasvezesmenornasinstituiçõespúblicas,emtornodos12%,quenasinstituiçõesprivadas,quase26%.Noqueserefereàsáreas,amaiorevasãodiaanualocorreunaformãoemServiços,com29%;seguidaporCiênciasNaturais,MatemáticaeComputação,28%,eCiênciasSociais,NegócioseDireito,25%.AmenorevasãofoiemCiênciasdaVida,com17%.Oscursoscommaiorestaxasanuaisdeevasãoforam:Matemática,44%,MarketingePublicidade,36%,EducaçãoFísica,34%.OscursoscommenorestaxasforamMedicina,com5%eOdontologia,9%.Notemqueessassãotaxasmédiasanuais.Outracoisasãoasestimativasdeevasãonotempodocurso,ouseja,complementomatemáticodataxadesucesso.EstudodaUSP(2004)avaliouqueapenas32%deseusalunosconcluíramocursonotempoprevisto.Osrestantesretardaram,mudaramoudesistiramdocurso,nessecasoconfigurandoumataxabrutade
 
evasãoque,noBrasil,entre2000e2006,situou-seem49%.Esseindicadorémaisdifícildecalcularecomparar,dadaadiversidadenaduraçãomínimadoscursos(noBrasil,dedoisaseisanos),enaprópriaarquiteturacurricular,muitodistintaentreosdiferentesmodelosdeuniversidade.Nãoobstante,paraefeitolimitadodecomparaçãointernacional,algunsdadosdaUnesco,noperíodode2002a2006,mostramoBrasilnumasituaçãointermediária:CoiadoSul22%,Cuba25%,Alemanha30%,México31%,EUA34%,França41%,Brasil49%,Colômbia51%,Suécia52%,Venezuela52%,Itália58%.Comessesdados,analisemosasituaçãodaUFABC,precursoradoREUNIe,talvezporisso,postanopelourinho.Ojornalistae,emcertomomento,aimprensapaulista,consideraramalarmanteumaevasãode42%emquatroanos.Purodesconhecimentodoassunto.Seajustarmosessamedidanumparâmetrotemporalpreciso,encontraremosumataxaanualde11%,abaixo,portanto,damédianacionalparainstituiçõespúblicasemetadedataxareferenteaosetorprivadodeensinosuperior.Noterceiroblocodequeses,ojornalistadenunciaaredefederaldeensinosuperiorcomo“cabidedeempregos”:“TammcresceuespetacularmentenogovernoLulaamáquina‘companheira’.Eram62milosprofessoresdasfederaisem2008-35%amaisdoqueem2002.Onúmerodealunoscresceuapenas21%noperíodo.[...]NogovernoFHC,arelaçãoalunopordocentepassoude8,2para11,9em2003.NogovernoLula,caiupara10,4(2008).Éumarelaçãoescandalosa!Nasmelhoresuniversidadesamericanas,arelaçãoéde,nonimo,16alunosporprofessor.Lulatransformouasuniversidadesfederaisnumamáquinadeempreguismo.”Ojornalistainsisteempararotempoem2008,desconhecendooefeitodoREUNI.Nesseaspecto,oconjuntodasuniversidadefederaiscomeçouafazerinvestimentosapartirde2008(eissoincluiunaturalmentecontrataçãodedocentesefuncionários)paradarcontadocrescimentodoalunadonoanoseguinte.Jáem2008,foramrealizadosconcursospúblicosparamaisde6.000professorese4.000funcionários,parareceberos196.725alunosnovosqueentraramnas56universidadesfederaisem2009.Comamatrículadosdoissemestresdesteanode2010,osistemafederalultrapassou13alunospordocente,mantendoarazão18alunos/docentecomometapactuadadoREUNIpara2012.Defato,enquantoocorpodocentedaredeuniversiriafederalaumentou35%de2002a2008ecresceráem50%até2012,nesseperíodo,oalunadotriplicará.Apenascomoexemploconcreto,possoapresentarocasodaUFBA:nesteano,matriculando34.516alunosdegraduação,nossainstituiçãoalcaou16,4alunos/docente.Passamosde55cursosdegraduaçãoem2002,para113cursosem2010,comaumentodevagasdequase120%.Em2002,oferecíamos40vagasem01cursonoturno;em2010,são2.610vagasem22cursosnoturnos.Emrelaçãoàpós-graduação,ospatamaresefetivamentealcançadossãoaindamaisexpressivos,comaumentode150%emvagasematrículas,sendomaisde300%nodoutorado.Fizemostudoissocomapenas416novosdocentescontratadosemtrêsanos.A
provadosnúmeros
comdadoscompletos,tantonosentidotemporal(quandoincluimatrículasaté2010)quantonosentidopotico(apesardeojornalistainsistiremesconderosucessodoREUNI),destróiseusargumentosenganosos.

Activity (2)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->