Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
6Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
manual_de_recomendações_precauções_padrão_e_isolamento

manual_de_recomendações_precauções_padrão_e_isolamento

Ratings: (0)|Views: 689 |Likes:
Published by Harrison Nardoni

More info:

Published by: Harrison Nardoni on Jul 08, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/28/2013

pdf

text

original

 
Precauções padrão
Higienização das mãos............................................................................................... 09Luvas.............................................................................................................................11Avental..........................................................................................................................11Proteção de face............................................................................................................12Manuseio de materiais pérfuro-cortantes..........................................................................12Manuseio de artigos e roupas contaminadas..................................................................12Descontaminação de superfícies ambientais...................................................................12Transporte e acomodação do paciente.....................................................................................12
Precauções adicionais
Implantação..................................................................................................................15Identificação do quarto..................................................................................................15Identificação do paciente...............................................................................................15Identificação no prontuário............................................................................................15Identificação na prescrição médica.................................................................................15Notificação dos serviços de apoio...................................................................................15Roupa suja.....................................................................................................................15Equipamentos...............................................................................................................16Materiais e instrumentais sujos......................................................................................16Limpeza do quarto.........................................................................................................16Fluxograma para precauções adicionais......................................................................17Admissão de pacientes na UTI por transferência de outras instituições....................................18Precaução de contato....................................................................................................19Precauções respiratórias com aerossóis..........................................................................20Precauções respiratórias com gotículas..........................................................................21Precauções de contato e respiratória com aerossóis................................................................22Precauções para imunossuprimidos................................................................................23Precauções na unidade de transplante de medula óssea............................................24Sinalização - UTI’s / PA (
Post-it 
)....................................................................................................26Precauções padrão e adicionais – Quadro resumido........................................................27Material infectante e tipo de precauções (tabela).............................................28Anexo 1 - Doença de Creutzfeldt-Jakob ou infecção por príons................................................33Precauções Padrão ............................................................................................................................33Notificação........................................................................................................................................33Na unidade de internação........................................................................................................33No centro cirúrgico.............................................................................................................33Na central de materiais e esterilização..........................................................................................................34
MANUAL DE RECOMENDAÇÕESCCIH - COMISSÃO DE CONTROLE DE INFEÇÃO HOSPITALAR
PARTE 1PRECAUÇÕES PADRÃO E ISOLAMENTO
 
9
São medidas de proteção que devem ser adotadas por
todos os profissionais
de saúde, nocuidado a
qualquer paciente
ou no
manuseio de artigos contaminados
, quando houverrisco de contato com:• sangue• líquidos corporais, secreções e excreções (exceto suor)• mucosasTêm por objetivo evitar a transmissão de infecções (conhecidas ou não) do paciente para oprofissional de saúde.
01. HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS
Condutas gerais:
• A higienização das mãos é fundamental na prevenção das infecções hospitalares.• Pode ser feita com água e sabão ou álcool-gel.• Usar somente o sabão disponível nos dispensadores.• O álcool gel pode ser utilizado como substituto da lavagem das mãos, se as mãos não es-tiverem visivelmente sujas. Os auxiliares trainee devem carregá-lo no bolso para facilitar ahigienização em trânsito.• Todos os apartamentos possuem dispensador de álcool gel.• A pia do banheiro do quarto do paciente pode ser utilizada para a lavagem das mãos.• Usar sabão com clorexidina nas unidades críticas e semi críticas (UTI, UTI Pediátrica, UCC, UCG,SEMI, 5ºB, 6ºB, 7ºC e 8ºC) e isolamentos.• Não usar unhas artificiais ou extensores de unhas se mantiver contato direto com paciente.• Manter as unhas naturais com comprimento menor que 0,6 cm.• Usar luvas quando houver possibilidade de contato com mucosas, pele com lesões, sangueou outros fluidos corpóreos.• Remover as luvas após cuidar do paciente. Não usar o mesmo par de luvas para cuidar demais de um paciente e não lavar as mãos enluvadas.• Trocar as luvas se for mudar de um local do corpo contaminado para outro limpo no mesmopaciente.
Indicação para higienização das mãos
A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançoua campanha “Salve Vidas - Higienize suas mãos”,reforçando a necessidade de higienização das mãosem serviços de saúde, pelos profissionais.A Campanha define 5 momentos para aHigienização das mãos.1- Antes de contato com o paciente.2- Antes da realização de procedimento asséptico.3- Após risco de exposição a fluidos corporais.4- Após contato com o paciente.5- Após contato com áreas próximas a pacientes.
PRECAUÇÕES PADRÃO
 
10
CCIH - MANUAL DE RECOMENDAÇÕES
• Lavar as mãos com água e sabão:
- Ao iniciar e terminar o turno de trabalho.- Antes de comer ou após usar o banheiro.- Quando estiverem visivelmente sujas.- Após contato com matéria orgânica.- Antes e após contato com paciente colonizado ou infectado por Clostridium difficile.
• Usar álcool-gel ou lavar as mãos com água e sabão:
- Antes e após contato com o paciente.- Entre procedimentos no mesmo paciente.- Antes e após retirar as luvas.- Antes e após inserir sonda vesical de demora, cateteres vasculares periféricos ou outrosdispositivos invasivos que não requeiram degermação cirúrgica das mãos.- Após manipular objetos que estejam em contato direto com o paciente (incluindo equipa-mento médico e superfícies próximas ao paciente).
• Degermação cirúrgica das mãos:
 • No pré-operatório, antes de qualquer procedimento cirúrgico (indicado para toda equipecirúrgica).• Antes da realização de procedimentos invasivos (exemplo: inserção de cateter intravascularcentral, drenagens de cavidades, instalação de diálise, suturas,endoscopias).
Técnicas de higienização das mãosLavagem de mãos com água e sabão:
 • Remover anéis e pulseiras.• Abrir a torneira e molhar as mãos.• Acionar o dispensador de sabão 1 ou 2 vezes até conseguir quantidade suficiente de sabão(aproximadamente 2 ml).• Friccionar toda a superfície das mãos por período de 15 segundos: palma e dorso das mãos,espaços interdigitais, ponta dos dedos, polegares e se necessário, punhos e antebraços.• Enxaguar bem as mãos retirando totalmente os resíduos de sabão. Secar bem as mãoscom papel toalha.• Utilizar o papel toalha para fechar a torneira, caso o acionamento não seja automático.
Higenização das mãos com álcool-gel:
• Remover anéis e pulseiras.• Acionar o dispensador de álcool 1 ou 2 vezes até conseguir quantidade suficiente do produto(aproximadamente 2 ml).• Friccionar toda a superfície das mãos até evaporação do produto: palma e dorso das mãos,espaços interdigitais, ponta dos dedos, polegares e se necessário, punhos e antebraços.

Activity (6)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Manoel Diniz added this note
muitobom esse site gostei .
Brunaraujo2002 liked this
Valéria Andrade liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->