Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Vantagens e Desvantagens da utilização do Sistema de Custeio por atividade - ABC

Vantagens e Desvantagens da utilização do Sistema de Custeio por atividade - ABC

Ratings: (0)|Views: 129 |Likes:
Published by Carvalho Adriano

More info:

Categories:Types, Business/Law
Published by: Carvalho Adriano on Jul 12, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/12/2011

pdf

text

original

 
VANTAGENS E DESVANTAGENS DA UTILIZAÇÃO DOSISTEMA DE CUSTEIO ABC
Nilton de Aquino Andrade
1
Daniel Gerhard Batista
2
Cleber Batista de Sousa
3
RESUMO
Nos dias atuais têm surgido vários trabalhos que versam sobre custos, tais como, artigos,livros, monografias, dissertações e teses, o que vem corroborar com os estudos e avançosdeste ramo da Contabilidade. Sendo assim, este artigo vem dar uma contribuição naspesquisas nesta área. Para atingir o objetivo proposto de apresentar as vantagens edesvantagens do sistema de custeio ABC (
 Activity Based Costing 
), o artigo mostraconsiderações gerais sobre os sistemas de custeio por absorção e variável, por ser oschamados sistemas tradicionais, para compará-los ao sistema ABC e, ainda, descreve sobreos principais conceitos e faz uma revisão bibliográfica sobre este último. Como contribuiçãoapresenta-se um exemplo da aplicação dos sistemas de custeio ABC em uma indústria demóveis a fim de evidenciar as vantagens e desvantagens do sistema aqui discutido.
Palavras-chave
: Contabilidade, Custos, Custos na área pública, Sistemas de Custeio, ABC.
 
1
Fundação Visconde de Cairu - Salvador - BA. E-mail: <nilton@gruposim.com.br>.
2
Fundação Visconde de Cairu - Salvador - BA. E-mail: <daniel@gruposim.com.br>.
3
Fundação Visconde de Cairu - Salvador - BA. E-mail: <cleberbatista@crcmg.org.br>.
 
2
1INTRODUÇÃO
A Contabilidade tem como um de seus objetivos o oferecimento de informaçõesaos gestores que possam auxiliar na tomada de decisões e que são imprescindíveis parauma boa gestão.Segundo Iudícibus e Marion (2000, p.19), “A Contabilidade é o grande instrumentoque auxilia a administração a tomar decisões”.Nesse contexto a contabilidade coloca a disposição do gestor a informação sobrecustos de seus bens, mercadorias e/ou serviços, seja a empresa da atividade industrial,comercial ou da prestação de serviços.Para tanto, custos devem ser entendidos como um ramo da contabilidade quecuida de apurar os valores para a produção de bens, mercadorias e serviços para fins deapuração do resultado e mensuração dos estoques de produtos acabados e/ou de produtose serviços em acabamento, além de fornecer informações gerenciais.Conforme Martins (2003, p.21), “A preocupação primeira dos Contadores,Auditores e Fiscais foi a de fazer da Contabilidade de Custos uma forma de resolver seusproblemas de mensuração monetária dos estoques e do resultado”. O citado autor continuasua explanação afirmando que
devido ao crescimento das empresas, com o conseqüente aumento dadistância entre administrador e ativos e pessoas administradas, passou aContabilidade de Custos a ser encarada como uma eficiente forma deauxílio no desempenho dessa nova missão, a gerencial.
Vários trabalhos acadêmicos têm surgido em decorrência de novas pesquisas noramo da contabilidade de custos. No entanto, entende-se que há dois fatores importantesque parecem justificar o crescimento das pesquisas nesta área.Em primeiro lugar, no campo científico, porque a bibliografia existente, apesar devasta, ainda não foi capaz de explorar todos os conhecimentos possíveis deste ramocontábil, aliás, o que acontece igualmente com os outros ramos da contabilidade.Em segundo lugar, há uma necessidade apresentada pelas empresas,atualmente, as quais estão inseridas em um mundo globalizado, de forte concorrência e denecessidade elementar de redução de custos para conseqüente maximização do resultado.Nesse sentido, as empresas têm buscado na Contabilidade de Custos o caminho paramelhorar seu desempenho econômico e financeiro.
 
3
Um dos resultados que podem ser alavancados pelas pesquisas em custos é oaperfeiçoamento dos sistemas de custeio
4
, os quais, um após outro, procura atender diferentes situações empresariais e ao mesmo tempo minimizar as falhas que podemocorrer na apuração de custos nas empresas e influenciar seus resultados.Não obstante, o presente artigo vem tratar das vantagens e desvantagens dosistema de custeio ABC, fazendo-se necessário abordar, ainda que de forma introdutória, ossistemas de custeio por absorção e variável, os quais segundo Megliorini (2001, p. 3) “sãochamados por alguns autores de Métodos Tradicionais de Custeio”.
2CONSIDERAÇÕES SOBRE ALGUNS MÉTODOS DE CUSTEIO
2.1CONSIDERÕES GERAISMétodos de custeio são formas de apuração dos valores de custos dos bens,mercadorias ou serviços das entidades públicas e privadas. Segundo Eller (2000, p. 79), “osmétodos de custeio tem como função determinar o modo de como será atribuído custo aosprodutos”.Vários são os métodos existentes, mas não pode se afirmar que um seja melhor ou que substitua o outro, pois são aplicáveis conforme as características das entidades,como ramo de atividade, porte, grau de detalhamento desejado dos valores de custos,objetivos gerenciais etc.Ao escolher um sistema de custeio os analistas de custos devem posicionar-seem buscar um conjunto de preceitos, coordenados entre si, que atenda a empresa, sejafuncional e que respeite o princípio da relação custo- benefício, ou seja, de nada adiantaimplantar um sistema de custeio muito detalhado em que as informações geradas não justificam os valores gastos para produzi-las.Por outro lado, o sistema, não pode ser tão sucinto que não gere as informaçõesnecessárias para a tomada de decisão.2.2TODOS DE CUSTEIO TRADICIONAISOs três principais métodos de custeio abordados pela bibliografia de custos noBrasil referem-se ao custeio por absorção, ao custeio variável e ao custeio ABC.
 
4
Sistemas de custeio são os métodos de apuração de custos, tais como: sistema de custeio por absorção,sistema de custeio variável, sistema de custeio ABC etc.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->