Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
RECEITUÁRIO PARA DEMÊNCIA COLETIVA

RECEITUÁRIO PARA DEMÊNCIA COLETIVA

Ratings: (0)|Views: 196 |Likes:
Published by Dartagnan Zanela

More info:

Published by: Dartagnan Zanela on Jul 13, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/04/2012

pdf

text

original

 
 
FALSUM COMMITTIT, QUI VERUM TACET
http://dartagnanzanela.tk
_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
e-mail: dartagnanzanela@gmail.com
Escrevinhações n. 897
RECEITUÁRIO PARA DEMÊNCIA COLETIVA
Redigido em 25 de junho de 2011, dia de São Guilherme deVercelli, São Máximo de Turim e de São Próspero deAquitênia.Por Dartagnan da Silva ZanelaExiste um troço que tomou conta da educaçãobrasileira que se o compadre ver com os dois olhos irá nosdeixar corado de vergonha. Olha, é um trem fuçado tão feioque chega assustar o fato de que muitos educadores fiem seudescompasso pedagogesco por essa vereda. O tal troço é oque o filósofo Luiz Felipe Pondé chama de
marketing comportamental 
, uma passagem só de ida para naufragar aalma naquilo que o filósofo Olavo de Carvalho identificoucomo
imbecil coletivo 
.Mas tratemos apenas do primeiro. O que seria o taldo
marketing comportamental 
? Seria o uso de um símboloesvaziado de significado, representado em certas atitudes, no
 
 
FALSUM COMMITTIT, QUI VERUM TACET
http://dartagnanzanela.tk
_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
e-mail: dartagnanzanela@gmail.com
uso de determinados termos que, no entender do postulantedestas, o tornariam uma pessoa mais justa, uma espéciecaricata de dignidade postiça. Resumindo: reconhece-se osportadores desta enfermidade pelo seu zelo desregrado dosusos politicamente-corretos da linguagem e pela direçãorubra que dá as suas intenções, sutilmente dissimuladas comas mesmas palavras vazias.Quem já não viu aqueles tipos pitorescos que emseus libelos, ou em suas preleções, primam o tempo todo pelouso politicamente-corretíssimo, do gênero masculino efeminino. E, é claro, que eles(as) gostam mesmo é de explicarpor que eles(as) fazem isso para mostrar o quanto que eles(as)são homens/mulheres bons/boas. Isso, meus caros, é
marketing comportamental 
. O uso de palavras esvaziadas designificado humano para serem utilizadas por pessoas dehumanidade desfigurada e, por mais que eles insistam, issonão é educar.
 
 
FALSUM COMMITTIT, QUI VERUM TACET
http://dartagnanzanela.tk
_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
e-mail: dartagnanzanela@gmail.com
Neste contexto as palavras não mais sãoinstrumentos que auxiliam na compreensão da realidade. Tornam-se apenas um meio de manipulação. Se não, parepra pensar só um pouquinho na atenção cavalar que se dá atemas que supostamente são de interesse publico. Em regra,o que encontramos é justamente uma sínica inculcação deum vocabulário, juntamente com um mostruário de atitudes,que deverão ser assimilados ao mesmo tempo em que seaprende a rotular as pessoas disso ou daquilo simplesmenteporque elas não se enquadram nesse ou naquele estereótipo.No frigir dos ovos, sob a desculpa de acabar comcertos estereótipos e emancipar a humanidade, os indivíduosque postulam essas práticas estão, definitivamente,escravizando as almas que lhes são confiadas a ficaremagrilhoadas em seu tacanho universo umbilical, justificadospelos dengos ideológicos que passam a embasar (ou embaçar)o seu desdém pelo conhecimento, tão grande quanto o seuamor pelas suas opiniões.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->