Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
18Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Fazer Exposição Oral e Auto-Avaliar

Fazer Exposição Oral e Auto-Avaliar

Ratings:

4.43

(7)
|Views: 3,393 |Likes:
Published by Helena

More info:

Published by: Helena on Sep 14, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2014

pdf

text

original

 
FFaaaaaaaazzzzzzzzeeeeeeeerrrrrrrruuuuuuuummmmmmmmaaaaaaaaEEXXXXXXXXPPPPPPPPOOOOOOOOSSSSSSSS I  I I  I  I I ÇÇÇÇÇÇÇÇÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOORRRRRRRRAAAAAAAALL 
A exposição oral é um dos exercícios de expressão mais praticados nas aulas de língua. Nãoobstante, também é frequente no quotidiano com o propósito de partilhar informação.Seja para expor ideias, factos, situações acerca de determinado tema ou para organizar ainformação conseguida num trabalho de investigação, alunos e professores dirigem-se aosrestantes elementos da turma, num tom tendencialmente mais académico e objectivo, com opropósito de transmitir dados. Predomina, assim, a função informativa ou referencial e oemissor baseia a sua exposição na observação e apresentação de aspectos da realidade, fac-tuais, do conhecimento testado, facultando ao destinatário uma informação útil.Sempre que se organize uma exposição oral, é importante:dar tempo aos porta-vozes ou oradores para prepararem a intervenção (com tópicos,guiões, ensaios, etc.) e adequarem a comunicação ao tempo disponibilizado e ao audi-tório (plano estratégico);introduzir, sumariamente, o assunto a expor (apresentando o tema e um plano globalda exposição);organizar os dados lógica e adequadamente para o público-alvo (destacar palavras ouideias-chave);recorrer a exemplificações clarificadoras, utilizando articuladores/conectores do tipo"por exemplo", "assim como";evitar a leitura integral dos registos, procedendo apenas à consulta pontual dosdados;sintetizar os aspectos enunciados;concluir o discurso, evitando formas de convencimento explícito;motivar o público para a actividade de audição (tomar notas, fazer um esquema, ava-liar a exposição), sendo importante, ainda, que o trabalho seja concreto e observável;fazer uma distribuição adequada do espaço, dominando-o visual e oralmente (a timi-dez e a insegurança dos emissores levam-nos a falar sentados, de preferência junto àprópria secretária, pelo que a exposição perde alguma da envolvência e do interessepretendidos);disponibilizar-se para responder a perguntas do auditório.

Activity (18)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Raul Fernandes added this note
Exposição oral -exercício de expressão mais praticado nas aulas de línguas
justiliana liked this
Teresa Campos liked this
Joana Lousado liked this
Tome Juliano liked this
Anísia Correia liked this
helena liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->