Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Onde está o amor...cedeu lugar para a Deusa Themis

Onde está o amor...cedeu lugar para a Deusa Themis

Ratings:

4.5

(1)
|Views: 793|Likes:
Published by kako pikako
O verdadeiro conflito entre ser cristão verdadeiro e ceder aos caprichos de uma legislação furada e sob a imagem de uma deusa grega
O verdadeiro conflito entre ser cristão verdadeiro e ceder aos caprichos de uma legislação furada e sob a imagem de uma deusa grega

More info:

Published by: kako pikako on Sep 15, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2014

pdf

text

original

 
Suportando-vos uns aos outros ouProcessando-vos uns aos outros ?
"Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de mododigno da vocação a que fostes chamados, com toda a humildade emansidão, com longanimidade,
suportando-vos uns aosoutros
 
em amor
, esforçando-vos diligentemente por preservara unidade do Espírito no vínculo da paz" -Efés. 04:01,02 e 03 Este artigo destina-se a mostrar aos cristãos sinceros, overdadeiro espírito daqueles "cristãos" de fachada que se valem da justiça secular para alcançar justiça própria, quando sentindo-seofendidos por qualquer motivo, lançam processos judiciais contraseus irmãos. A Palavra de Deus , em Isaías 64:6, diz o seguinte :" Mas todosnós somos como o imundo, e todas as nossas justiças, como trapoda imundícia". Todo cristão, ainda que nominal, é sabedor de que aúnica justiça verdadeira vem do Senhor. Isto porque Ele não vêcomo vê o homem, pois o "Senhor é O que esquadrinha as mentese os corações". A justiça humana, pode-se dizer com efeito que écega. Isto é perfeitamenterepresentado pela imagem dadeusa Themis, o grande símboloda justiça do mundo romano. Osromamos acreditavam que paracada caso era dado um veredito dadeusa Themis, que fazia parte desua divindade pagã . Os olhosvendados, significava que a deusanão via cara nem coração,seguindo extritamente o resultadoobtido pela balança. O resultadona balança era obtidoexclusivamente através do pesodas evidências.O lado que pesasemais, este seria o vencedor. Isto jáé uma prova de que a justiçapoderia ser falha, pois se a deusanão podia ver, não poderia sabertambém quando houvesse fraudena balança.
 
A espada em sua mão direita, significava que a sentença teria queser aplicada após o veredito, o que tornava o sistema ainda maisfalho caso o veredito não fosse justo.Na verdade, os cristão que depositam sua total confiança na justiça secular para fazer garantir seus "direitos" , estãoindiretamente dizendo o seguinte:" Hó deusa themis, fazei-me justiça! " Esquecem-se que apenas aquele que criou o homempode fazer a verdadeira justiça . Esquecem-se que o Senhor nosdiz em sua Palavra: "maldito o homem que confia no homem e fazda carne o seu braço"-Jer. 17:05 , e que " Muitos buscam o favordaquele que governa, mas para o homem a justiça vem doSENHOR"-Prov. 29:26. Deixam de confiar no Senhor para confiarnum sistema humano, falho por natureza. Colocam a deusaThemis diante do Senhor, transgredindo expressamente omandamento de Deus, e depois ainda querem inventar teoriascabrescas, dizendo que a bíblia os autoriza a fazer isso porque quePaulo apelou para César.Analisemos a seguir, se realmente a bíblia apoia tal tese:Paulo Perante o Tribunal de Félix e de FestoEm Atos 24:01 temos o seguinte relato: "Cinco dias depois o sumosacerdote Ananias desceu com alguns anciões e um certo Tertulo,orador, os quais fizeram perante o governador, queixa contraPaulo."Os judeus, enraivecidos contra Paulo, procuravam ocasião paraprendê-lo e depois matá-lo. Estando porém sob o julgo romano,esendo Paulo romano, teriam que fazê-lo sob a lei romana. Vemosportanto que foram os próprios judeus que procuraram a justiçasecular contra Paulo, e pela gravidade das acusações, Paulo eraréu de morte.Paulo entendeu muito bem que estava prestes a ser julgado porpessoas corruptas e injustas. Sabia que os judeus o queriammatar, e mesmo o governador Félix era corrupto e injusto, poistinha sido ordenado sua remoção para roma por causa de crimesbárbaros cometidos contra os judeus. Este mesmo também estavainsinuando a Paulo que por uma soma em dinheiro poderia livrá-lo.Paulo ficou preso por dois anos, e estando então perante o tribunalde Festo, o mesmo, querendo agradar aos judeus, lhe perguntouse queria subir para ser julgado em jerusalém. Paulo sabia que seassim se suscedesse, sua morte seria certeira, então ele apeloupara que fosse julgado por césar.
 
Mas porque será que Paulo fez isto ? Será que ele confiava mais no julgamento de César do que no de Festo ? Certamente que não,pois Paulo não depositava confiança em nenhum tribunal humano.Ele fez isto por duas razões:1.Deus havia dito a Paulo, dois anos antes, o seguinte: " Tembom ânimo, porque como destes testemunho de mim emJerusalém, assim importa que o dês também em Roma"-Atos23:112.Paulo, sabendo que sua jornada deveria parar em roma,queria glorificar a Deus preservando sua vida até quechegasse lá. Foi unicamente por isso que Paulo valeu-se deum direito que ele possuía por nascimento, para glorificar aDeus e não a si próprio.Quando cristãos de fachada usam como argumento o apelo dePaulo a César, para justificar sua má conduta de recorrer atribunais humanos por causa de alguma ofensa sofrida por outroirmão, eles estão distorcendo completamente o sentido da Palavrade Deus.Na verdade, estes mesmos "cristãos" estão agindo de formaidêntica aos judeus que queriam matar a Paulo. Da mesma formacomo fizeram com Paulo, levando-o perante tribunais, fizeram comCristo, devido ao seu acumulado ódio e justiça própria. A srªWhite, comentando sobre isto em " Atos dos Apóstolos" à pg. 430diz o seguinte: " Assim foi que uma vez mais, por causa do ódionascido do fanatismo e da justiça própria, um servo de Deus volta-se para os pagãos em busva de proteção. Foi este mesmo ódio queforçou o profeta Elias a buscar socorro da viúva de Serepta, elevou os arautos do evangelho a volver dos judeus, para proclamara mensagem do evangelho aos gentios. E este ódio o povo deDeus que vive neste século terá ainda que enfrentar. Entre muitosdos professos seguidores de Cristo, existe o mesmo orgulho,formalismo e egoísmo, o mesmo espírito de opressão que ocupoutão grande lugar no coração dos judeus. No futuro, homens quedeclaram ser representantes de Cristo tomarão atitude idêntica àdos sacerdotes e príncipes no seu trato com Cristo e os apóstolos."Paulo Censura o litígio entre os irmãosOs cristãos de Corinto, estavam constantemente se envolvendo embrigas e confusões uns com os outros. Por causa do inchaço e justiça própria, estavam levando seus irmãos aos tribunaisseculares para decidir suas disputas. Paulo então os exorta a nãoprocederem desta forma, dizendo:" Ousa algum de vós, tendo uma

Activity (2)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->