Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
16Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
ecologia

ecologia

Ratings: (0)|Views: 827 |Likes:
Published by Marcelly Lykawka

More info:

Published by: Marcelly Lykawka on Jul 17, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/27/2013

pdf

text

original

 
INTRODUÇÃO À ECOLOGIAEcologia
1
(do grego
oikos
, casa, e
logos
, estudo) é a ciência através da qualestudamos como os organismos interagem dentro do e no mundo natural. Nestas últimasdécadas, o termo “ecologia” popularizou-se, associando-se à preservação do ambiente natural,que já mostra sinais de degradação em decorrência da superexploração humana.Apesar de os estudos sobre as relações entre seres vivos e ambiente seremantigos, a Ecologia só passou a ser considerada um ramo da ciência a partir de 1930. Desdeentão, desenvolveu-se rapidamente, sobretudo nas últimas cadas, em resposta aoagravamento dos danos ambientais. Os problemas decorrentes do vertiginoso crescimento da população humana, da progressiva escassez de recursos naturais e do aumento da poluiçãoambiental fizeram da Ecologia um dos mais importantes ramos científicos da atualidade.Hoje, os estudos ecológicos não se restringem apenas à área da Biologia, masenvolvem diversos outros ramos do conhecimento, como a Física, a Química, a Economia, aSociologia, o Direito etc. Isso requer dizer que a Ecologia se tornou um campoeminentemente multidisciplinar, em que os conhecimentos de diversas áreas têm de ser integrados para que se possa entender a complexidade das relações entre nossa espécie, osdemais seres vivos e o planeta.
 POR QUE A COMPREENSÃO ECOLÓGICA É ATUALMENTE RELEVANTE?
Para aprendermos as melhores políticas de manejar as bacias hidrográficas, as terrascultivadas, os alagados e outras áreas geralmente chamadas de sistemas de suporteambiental – dos quais a humanidade depende para a alimentação, suprimento de água, proteção contra catástrofes naturais e saúde pública.
COMO OS ECÓLOGOS PROPORCIONAM ESTA COMPREENSÃO?
1
 
1870 - Ernst Haeckel definiu ecologia de forma mais abrangente:
 Por ecologia queremos dizer o corpo de conhecimento referente à economia da natureza ainvestigação das relações totais dos animais tanto com seu ambiente orgânico quanto com seuambiente inorgânico; incluindo acima de tudo, suas relações amigáveis e não amigáveis com aquelesanimais e plantas com os quais vêm direta ou indiretamente a entrar em contato - numa palavraecologia é o estudo de todas as inter-relações complexas denominadas por Darwin como ascondições da luta pela existência
.
1
 
Através de estudos de controle ambiental por predadores, da influência da fertilidadedo solo no crescimento das plantas, das respostas evolutivas dos micróbios aos contaminantesambientais etc.O manejo de recursos bióticos numa forma que sustente uma razoável qualidade devida humana depende do uso inteligente dos princípios ecológicos para prevenir ou resolver  problemas ambientais e para suprir o nosso pensamento e práticas econômicas, políticas esociais.Embora a extensão e complexidade dos sistemas ecológicos variem de um únicomicróbio à cobertura da biosfera da superfície terrestre, todos os sistemas ecológicosobedecem a princípios semelhantes.
 DEFINIÇÕES MODERNAS DE ECOLOGIA
Apesar de seu desenvolvimento rápido, a ecologia ainda pode ser considerada uma
 soft science
, assim como a economia, na qual ainda não existe uma fundamentação teóricarígida. Não é de estranhar, portanto, que a ecologia seja definida de diferentes formas segundodiferentes autores. Abaixo são apresentadas algumas dessas definições:1.História natural científica (Elton, 1927).2.Estudo científico da distribuição e da abundância de organismo (Andrewartha, 1961).3.Biologia de grupos de organismos. Estudo da estrutura e da fuão da natureza(Odum, 1963). É uma definição muito importante, uma vez que ressalta a relevânciados processos ecofisiológicos na determinação da estrutura dos ecossistemas.4.Estudo cienfico das interações que determinam a distribuão e abundância dosorganismos (Krebs, 1972). Trata-se de uma visão que busca ressaltar a importânciadas interações bióticas (competição, predação) na estruturação das comunidades.5.Estudo do meio ambiente enfocando as inter-relações entre o organismo e seu meiocircundante (Ricklefs, 1980). Observe que esta definição invoca noções físico- biológicas.A ecologia procura responder a três tipos de perguntas muito simples:a)Onde estão os organismos? b)Em quantos indiduos ocorrem?2
 
c)Por que eles lá estão (ou não estão)?Há, ainda, na ecologia moderna, limitações teóricas e metodológicas imensas pararesponder satisfatoriamente a essas perguntas (principalmente a terceira).A ecologia baseia-se em interações multi, poli e, principalmente, transdisciplinares.Tais interações podem ser de três tipos básicos:1.Interações com outras ciências biológicas cuja doutrina é essencial para odesenvolvimento teórico da ecologia moderna. Nesse âmbito incluem-se amicrobiologia e a zoologia, por exemplo.2.Ciências que fornecem ferramentas de trabalho ou novas abordagens metodológicas. Nessa categoria incluem-se a informática, a estatística e a demografia.3.Ciências aplicadas nas quais o conhecimento ecológico pode vir a ser aplicado: amedicina, o direito ou as engenharias.
 ENFOQUES ATUAIS DA ECOLOGIA
Podemos dividir seus enfoques na ecologia moderna em duas categorias:1.Enfoque descritivo (história natural): este enfoque consiste em levantamentos da faunae da flora. Dado o seu caráter essencialmente descritivo, há riscos de que a pesquisa sefeche em si mesma, tornando-se redundante, sem atingir resultados objetivos.2.Enfoque experimental: baseia-se em testes de hipóteses por meio de uma abordagemexperimental que pode tanto conter experimentos de laboratório quanto conduzidos nocampo. Embora rígido sob o ponto de vista científico, tal enfoque pode, muitas vezes,levar a um excessivo distanciamento da realidade.A questão central em ecologia é a determinação das causas da distribuição e daabundância de organismos. Isso pode ser avaliado tanto em nível da comunidade quanto emnível das populações. Assim, a ecologia pode também ser dividida segundo o objeto centralde estudo:1.Auto-ecologia: ecologia de populações.2.Sinecologia: ecologia de comunidades.3

Activity (16)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Ingrid Dias added this note
voce e muito linda fiquei gamado em ti minha futura mulher
Olívia Gelioli liked this
Elizabeth Gelson Gelson added this note
gostei do artigo.....
Aline Bornachi liked this
Nayane Azevedo liked this
Anna Moura liked this
Edinho Gomes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->