Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
347Activity

Table Of Contents

0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Anatomia Dos Musculos

Anatomia Dos Musculos

Ratings: (0)|Views: 60,240 |Likes:
Published by MagnunLanfranco

More info:

Published by: MagnunLanfranco on Jul 20, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/18/2013

pdf

text

original

 
MÚSCULOS
Os músculos superficiais do dorso (trapézio e grande dorsal) conectam os membrossuperiores ao tronco e estão relacionados com os movimentos desses membros. A tabela aseguir mostra suas funções principais.
O Músculo Trapézio
Origem: Terço medial da linha nucal. Túber occipital e processos espinhosos de C7 a T12.Inserção: Terço lateral da clavícula, acrômio e espinha da escápula.Função: Eleva, retrai e roda a escápula. As fibras superiores elevam, as médias retraem e asinferiores deprimem a escápula. Roda a escápula.
Músculo Grande Dorsal
Origem: Processo espinhosos de T6 a T12, crista ilíaca e 3 a 4 costelas inferiores.Inserção: Assoalho do sulco intertubercular do úmero.Função: Estende, aduz e roda medialmente o úmero; levanta o corpo durante a escalada.
Músculo Levantador da Escápula
Origem: Tubérculos post. dos processos transversos das vértebras C1 a C4Inserção: Parte superior da borda medial da escápulaFunção: Eleva a escápula e inclina sua cavidade glenóide para baixo através da rotaçãoda escápula
Músculos Rombóides Maior e Menor
Origem: Menor: ligamento da nuca e processos espinhosos de C7 e T1 - é superior ao maior;Maior: processos espinhosos de T2 a T5Inserção: Borda medial da escápula a partir do nível da espinha até o ângulo inferior.Função: Retrai a escápula e roda para abaixar a cavidade glenóide; fixa a escápula àparede torácica.Os
músculos extrínsecos
são compostos pelos músculos superficiais e intermediáriosdo dorso. Os
músculos intermediários
 
do dorso
(serrátil posterior e levantadores das costelas)são os músculos respiratórios superficiais.Existem dois
músculos serráteis posteriores
. Um superior que elevas as quatro costelassuperiores e um inferior que abaixa as costelas inferiores evitando que sejam puxadas pelodiafragma.Os músculos
levantadores das costelas
têm forma de leque e são em número dedoze. Elevam as costelas.Os
músculos intrínsecos
são os músculos profundos do dorso. São divididos em trêscamadas: superficial, intermédia e profunda.
Músculo Esplênio do Pescoço e da Cabeça
Origem: Metade inferior do ligamento da nuca e processos espinhosos de T1 a T6Inserção: Esplênio da cabeça: face lateral do processo mastóide.Esplênio do pescoço: tubérculos posteriores dos proc. transversos de C1 a C4.Função
:
Isoladamente: fletem e rodam a cabeça para o mesmo lado. Em conjunto:estendem a cabeça e o pescoço.
 
Músculo Iliocostal (Porção lateral do m. eretor da espinha)
Divisões: parte lombar; parte torácica; parte cervicalOrigem: Origem comum - parte posterior da crista ilíaca.Inserção: Ângulos das costelasFunção: Unilateral: Flete lateralmente a cabeça ou a coluna. Bilateral: estendem a cabeçae parte ou toda a coluna.
Músculo Longuíssimo (Porção intermédia do m. eretor da espinha)
Divisões: torácico; do pescoço; da cabeçaOrigem: Origem comumInserção: Processos transversos das vértebras torácicas e cervicais além do processomastóideFunção: Unilateral: Flete lateralmente a cabeça ou a coluna. Bilateral: estendem a cabeçae parte ou toda a coluna.
Músculo Espinhal (Porção medial do m. eretor da espinha)
Divisões: do tórax; do pescoço; da cabeçaOrigem: Origem comumInserção: Processos espinhosos da região lombar superior e torácica inferior Função: Unilateral: Flete lateralmente a cabeça ou a coluna. Bilateral: estendem a cabeçae parte ou toda a coluna.
Músculo Semi-Espinhal
 Divisões: do tórax; do pescoço; da cabeçaOrigem: Processos trans-versos de T1 a T6Inserção: Metade medial da área entre as linhas nucais superior e inferior do osso occipitalFunção: Bilateralmente: estendem as regiões cervical e torácica da coluna. Unilateralmenterodam essas regiões para o lado oposto
Músculo Multífido
 Origem: Arcos vertebraisInserção: Processos transversosFunção: Bilateralmente: estendem o tronco e estabilizam a coluna Unilateralmente: flete otronco lateralmente rodando-o para o lado oposto.Anatomia de SuperfícieOs processos espinhosos das vértebras móveis são facilmente palpáveis. Atrás de C1há uma concavidade discreta. Os processos espinhosos de C3 a C5 não são facilmentepalpáveis por serem curtos e profundos. C6 é facilmente palpavel. C7 é denominadavértebra proeminente. Com o pescoço fletido é facilmente observável. Os processosespinhosos torácicos são palpados com facilidade no sulco mediano entre as saliênciasformadas pelos mm. eretores da espinha.O sulco mediano é mais profundo na região toracolombar desaparecendo onde osacro forma uma massa triangular rígida.Os ângulos superiores desse trígono sacral estão localizados acima das espinhasilíacas postero-superiores.O ângulo inferior está sobre o proc. espinhoso de S3. Abaixo da crista sacral medianaestá o sulco interglúteo. Aí apalpa-se facilmente o hiato sacral.De T4 a T12 os processos espinhosos situam-se sobre o corpo da vértebra inferior. Suabase é adjacente à costela referente à próxima vértebra e sua extremidade situa-se emnível da segunda vértebra abaixo.
 
 
Região Lateral do Pescoço
 
Esternocleidomastóideo
:
Inserção Superior: Processo mastóide e linha nucal superior Inserção Inferior: Face anterior do manúbrio do esterno, junto a borda superior e anterior do1/3 medial da clavículaInervação: Nervo Acessório (11º par craniano) e 2º e 3º nervos cervicais (plexo cervical)Ação:
Fixo Superior 
- Ação inspiratória
Fixo Inferior 
 
Contração Unilateral
: Inclinação lateral e rotação com a face virada para o ladooposto
Contração Bilateral
: Flexão da cabeça
Escaleno Anterior
:
Inserção Superior: Tubérculos anteriores dos processos transversos da C3 a C6Inserção Inferior: Face superior da 1ª costela (tubérculo escaleno anterior)Inervação: Ramos anteriores de 3º a 6º nervos cervicais
Escaleno Médio
:
Inserção Superior: Tubérculos anteriores dos processos transversos da C1 a C7Inserção Inferior: Face superior da 1ª costela (podendo ser na 2ª costela)Inervação: Ramos anteriores de 3º a 4º nervos cervicais e o nervo do rombóide

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->