Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Justiça de Deus

Justiça de Deus

Ratings: (0)|Views: 31|Likes:
Published by Amarildo Costa

More info:

Published by: Amarildo Costa on Jul 25, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/29/2012

pdf

text

original

 
Justiça de Deus - 1
 J U S T I Ç A D E D E U SMATEUS: 5:1-12INTRODUÇÃO
 Jesus fala de ser o homem saciado da fome e sede, que têm de justiça(v.6).Fala de serem fartos da justiça que sentem fome e sede.Muitos não compreendem justiça na Bíblia, e é por esse motivo que hátoda religiosidade no mundo.Nossas obras de justiça são como trapos de imundície, ante a Justiça deDeus.
Uma Justiça Que Os Homens Tanto Desejaram
 Jesus disse que quem tivesse sede e fome dessa justiça (a justiça deDeus), seria farto.O Evangelho de Jesus é o poder de Deus, e salvação para todoaquele que crê (Rm 1:16,17).O v. 17 diz que a Justiça de Deus se descobre no Evangelho. Há algoque se descobre e se revela no Evangelho: “o justo viverá por Fé”.O Evangelho tem o poder de descobrir a Justiça de Deus. Como? De Féem Fé. O Evangelho tem o poder de nos revelar essa Justiça atestadapela Lei e pelos profetas.
O MOTIVO DE TODA A RELIGIOSIDADE QUE HÁ NO MUNDORomanos 10:3
Da falta de conhecimento do que é justiça, é que nasce toda areligiosidade que há no mundo
Os homens estabelecem a sua própria justiça
Devido oshomens não conhecerem a Justiça de Deus, eles tentamestabelecer a sua própria justiça, não se sujeitando a Justiça quevem de Deus.
 Todos os“ismos” são tentativas de se alcançar a justiça por si mesmo, pornão conhecerem a Justiça de Deus.
 Tentamisso por meio da reencarnação, sofrimento, carma, boas obras,penitências, purgatório...
 Tudo peloesforço próprio.
Não sesubmetem a Justiça que provém da fé. Mas Romanos 1:16,17 tema resposta para essa questão: “O Evangelho revela a Justiça deDeus...”
Se alguém desejar conhecer a Justiça de Deus, o Evangelhoa revela.
 Tudo que temos e somos é por causa do que Ele fez.
Somos salvos por meio da Fé, não vem de nós mesmos, éum Dom de Deus. Salvação em seu sentido pleno.
Fomos salvos pela graça (Ef 2:8-10).
 Tudo o que somos e temos é assim porque temos recebidoDele.
 
Justiça de Deus - 2
Vamos entender o que é Justiça de Deus, porque sem isso, ohomem tentará estabelecer justiça própria: surgirão regras, meiose vão negar a Justiça que vem pela fé.
 Jesus foi entregue por causa das nossas transgressões eressuscitado por causa da nossa justificação (Rm 4:25).
Nesta Matéria vamos entender:
 
1.O que foi de fato a morte de Jesus;2.O que Ele quis dizer verdadeiramente com as palavras: Pai,se possível for, passa de mim este cálice, sem que eu beba;3.Que peso tinha as palavras: Deus meu, Deus meu, porqueme desamparaste?4.O que de fato nós somos nele?
É necessário entender porque Ele foi entregue e porqueressuscitou
Ele foi entregue por causa das nossas transgressões, e foiressuscitado para a nossa justificação.
Quem é justo vive nessa terra, não como um verme mascomo um carvalho ou árvore de justiça. Vive de um modo dignodo Senhor.
Precisamos entender a substituição de Cristo.
Ele foi o nosso substituto. O justo pelos injustos.
Nele, hoje somos feitos justiça de Deus (II Co 5:21).
Você é justo porque Jesus já foi entregue por causa da tuatransgressão, e já ressuscitou para a tua justificação (Rm 4:25).
Essa Justiça só pode ser recebida por meio da Fé.
“Com o coração se crê para a justiça...” (Rm 10:10).
Fé é dizer que Deus é verdadeiro. Dizer que Ele não mentiu.
Sabemos que pecado é injustiça, iniquidade.
Injustiça é justiça ao contrário, mas nós estamos andandodiante da justiça de Deus aqui na terra.
 A Igreja é a Justiça de Deus nesta terra.
Uma vez libertados do pecado, fostes feitos servos da Justiça (Rm 6:18 ).
O pecado não tem mais domínio sobre nós (Rm 6:14).
Quando pecamos estamos negligenciando a graçaabundante, que já foi derramada em nosso coração.
A suficiência de Deus está na sua vida.
Fomos chamados para a Justiça.
Libertos do pecado fomos feitos servos da Justiça.
Em Cristo, voltamos a ter a posição que o homem tinhaantes de pecar.
O homem foi feito a imagem e semelhança de Deus (Gn 1:26).
Vemos neste capítulo (cap.1), o propósito pelo qual Deuscriou o homem.
No capítulo 2, versículo 7, vemos como se deu a formaçãodo homem. Ele soprou o fôlego “Zoe” nas narinas do homem.
A própria vida de Deus estava no homem.
Esta vida no coração do homem, o tornava a imagem esemelhança de Deus.
Deus soprou o fôlego da vida. Da sua própria vida.
 
Justiça de Deus - 3
Disso podemos concluir como era a natureza do homemantes de pecar: Tal pai, tal filho.
Assim como Deus era, assim era o homem no mundo. Nãoem grandeza, porque Deus é Auto-existente, enquanto que ohomem é criatura. Mas em si, o homem trazia a natureza de Deus.
 A Justiça de Deus estava no coração do homem.
Não havia nele nenhuma iniquidade, nenhuma injustiça.
Deus os preveniu a não comerem da Árvore doConhecimento do Bem e do Mal para que não morressem. Maseles comeram e morreram. E ficaram alienados da vida de Deus.Separados da vida que Deus os tinha dado.
Pelas palavras de Jesus sabemos que, em meio a tudo isso,havia na terra um povo que tinha sede e fome de Justiça.
Há também outra classe que deseja justiça por seus própriosmeios, mas não vão alcançar.
Somente em Deus podemos ter de volta a vida que o pecadotirou.
Nada que fizéssemos traria de volta a Justiça de Deus paranós.
Nenhuma proibição da lei, poderia fazer isso.
Muitos querem viver a Graça de Deus como lei. Dizem: Eunão faço isso, nem aquilo, ou isso outro.
Pensam que são alguma coisa, porque deixaram de fazeroutras.
Deixamos de fazer muitas coisas porque somos, e não parasermos.
A Bíblia diz: Quer comais, quer bebais, ou façais qualqueroutra coisa, façais em Nome de Jesus, para a Glória de Deus Pai.
A Bíblia não me proíbe fumar, mas, eu sei que ninguémpode fumar para a glória de Deus Pai.
Evangelho de Cristo, não é um evangelho de ordenanças.
Viver o cristianismo com as ordenanças da lei, é trazertropeço para dentro dele.
Nesse ponto, muitos vivem a Graça como se fosse a lei, e Jesus disse que não se põe remendo de pano novo em vestidovelho; não se põe vinho novo em odres velhos. Vai romper.
Somos justos porque foi Deus que nos fez ser justos.
Deus só tinha um grão de trigo (Jo 12:24).
Era o único meio que Deus tinha, de trazer de volta ohomem à sua justiça, à sua natureza.
A Bíblia diz sobre os gregos que procuravam falar com Jesus.
Quando Felipe falou isso para Jesus, o Senhor disse: “Échegado a hora de ser glorificado o Filho do homem”. E no v.24 Jesus diz: em verdade vos digo: “se o grão de trigo cair na terra, enão morrer fica ele só...”
Mas se o grão de Deus caindo na terra, morrer, dá muitofruto.
Você é um desses frutos. Jesus, não é mais único. Ele é oprimogênito dentre muitos irmãos.
Isso diz que você participa da vida que Ele tem.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->