Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
4Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
16. Série Romanos - Fidelidade de Deus e a infidelidade do povo de Deus (Rm 3.1~8)

16. Série Romanos - Fidelidade de Deus e a infidelidade do povo de Deus (Rm 3.1~8)

Ratings: (0)|Views: 387 |Likes:
Published by Paulo Won

More info:

Categories:Types, Speeches
Published by: Paulo Won on Aug 02, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/23/2014

pdf

text

original

 
 
Paulo Sung Ho Won – www.sunghojd.blogspot.com 
Série Romanos – O Evangelho de Deus – Mensagem 16
1
 A Fidelidade de Deus e a infidelidade do povo de Deus.(Texto: Rm 3:1~8)1. Introdução.
Questionamentos. Críticas. São poucas pessoas que levam isso “
na boa
”. Na maioriaabsoluta dos casos, as pessoas se sentem atingidas pessoalmente. Quantas vezes você jáfoi criticado ou questionado de alguma coisa que você estava fazendo de todo o coração para Deus? Pois até o apóstolo Paulo foi questionado pelos judeus a respeito doEvangelho.Também, não podia deixar de ser. Paulo, durante todo o capítulo 2 criticou a atitudefechada que os judeus tinham em relação a Deus e aos gentios. E Paulo fez isso commuita dor, pois ele mesmo era judeu, e mais, o apóstolo Paulo era fariseu, pertencenteao um grupo religioso muito rígido dentro do judaísmo da época.Esses oito primeiros versículos do capítulo 3 de Romanos mostram algumas respostasque Paulo dá aos questionamentos que os judeus estavam colocando no seu ensino.Paulo usa um método literário chamado diatribe: ele “
 simula
” questões e as responde,como se de fato, ele estivesse dialogando com os seus opositores. Esse método eramuito utilizado pelos grandes filósofos gregos. Tecnicamente, Paulo estava fazendouma apologética, ou seja, a defesa da fé em Cristo baseado em argumentosfundamentados na razão e na Palavra de Deus.A principal questão que esses oito versículos vão tratar é acerca da Fidelidade de Deusem contraste à infidelidade humana. Afinal, Deus tem obrigação de ser fiel àquele que éinfiel? Será que a infidelidade da humanidade não realçaria ainda mais a fidelidade deDeus? Se for assim, não seria melhor que todos sejamos infiéis, para que Deus pareçaser mais fiel?A minha oração hoje, é que o Espírito Santo nos ilumine de maneira especial. Essetrecho é muito difícil porém importante. Que peçamos a Deus sabedoria e humildadenessa hora.
2. Exposição do texto. (Rm 3:1~8)
1
 Que vantagem há então em ser judeuou que utilidade há na circuncisão?
 1
 
Τί
 
οὖν
 
τὸ
 
περισσὸν
 
τοῦ
 
Ἰουδαίου
,
 
τίς
 
 
ὠφέλεια
 
τῆς
 
περιτοµῆς
;
2
 Muita, em todos os sentidos!Principalmente porque aos judeus foramconfiadas as palavras de Deus.
 2
 
πολὺ
 
κατὰ
 
πάντα
 
τρόπον
.
πρῶτον
 
µὲν
 [
γὰρ
]
ὅτι
 
ἐπιστεύθησαν
 
τὰ
 
λόγια
 
τοῦ
 
θεοῦ
.Que importa se alguns deles foraminfiéis? A sua infidelidade anulará afidelidade de Deus?
 3
τί
 
γὰρ
 
εἰ
 
ἠπίστησάν
 
τινες
;
µὴ
 
 
ἀπιστία
 
αὐτῶν
 
τὴν
 
πίστιν
 
τοῦ
 
θεοῦ
 
καταργήσει
;De maneira nenhuma! Seja Deusverdadeiro, e todo homem mentiroso.
µὴ
 
γένοιτο·
 
γινέσθω
 
δὲ
 
 
θεὸς
 
ἀληθής
,
πᾶς
 
δὲ
 
ἄνθρωπος
 
ψεύστης
,
καθὼς
 
1
Pregado no MEP dia 31 de julho de 2011.
 
Série Romanos – O Evangelho de Deus – Mensagem 16Paulo Sung Ho Won – www.sunghojd.blogspot.com 
2Como está escrito:
 Para que sejas justificadonas tuas palavrase prevaleças
”.
2
γέγραπται
,
Ὅπως 
 
ἂν
 
δικαιωθῇς 
 
ἐν
 
τοῖς 
 
 λόγοις 
 
σου
 
καὶ
 
νικήσεις 
 
ἐν
 
τῷ
 
κρίνεσθαί 
 
σε
.
 
5
 Mas, se a nossa justiça ressalta demaneira ainda mais clara a justiça deDeus, que diremos? Que Deus é injusto por aplicar a sua ira? (Estou usando umargumento humano.)
 5
εἰ
 
δὲ
 
 
ἀδικία
 
ἡµῶν
 
θεοῦ
 
δικαιοσύνην
 
συνίστησιν
,
τί
 
ἐροῦµεν
;
µὴ
 
ἄδικος
 
 
θεὸς
 
 
ἐπιφέρων
 
τὴν
 
ὀργήν
;
κατὰ
 
ἄνθρωπον
 
λέγω
.Claro que não! Se fosse assim, comoDeus iria julgar o mundo?
 
µὴ
 
γένοιτο·
 
ἐπεὶ
 
πῶς
 
κρινεῖ 
 
 
θεὸς
 
τὸν
 
κόσµον
;Alguém pode alegar ainda: “Se a minhamentira ressalta a veracidade de Deus,aumentando assim a sua glória, por quesou condenado como pecador?”
 
εἰ
 
γὰρ
 
 
ἀλήθεια
 
τοῦ
 
θεοῦ
 
ἐν
 
τῷ
 
ἐµῷ
 
ψεύσµατι
 
ἐπερίσσευσεν
 
εἰς
 
τὴν
 
δόξαν
 
αὐτοῦ
,
τί
 
ἔτι
 
κἀγὼ
 
ὡς
 
ἁµαρτωλὸς
 
κρίνοµαι
;
8
 Por que não dizer como algunscaluniosamente afirmam que dizemos:“Façamos o mal, para que nos venha o bem”? A condenação de tais é merecida.
 8
καὶ
 
µὴ
 
καθὼς
 
βλασφηµούµεθα
 
καὶ
 
καθώς
 
φασίν
 
τινες
 
ἡµᾶς
 
λέγειν
 
ὅτι
 
Ποιήσωµεν
 
τὰ
 
κακὰ
 
ἵνα
 
ἔλθῃ
 
τὰ
 
ἀγαθά
;
ὧν
 
τὸ
 
κρίµα
 
ἔνδικόν
 
ἐστιν
.
Que vantagem há então em ser judeu ou que utilidade há na circuncisão? Muita, emtodos os sentidos! Principalmente porque aos judeus foram confiadas as palavras de Deus
.” (vss. 1,2).Vimos no capítulo 2 de Romanos que o apóstolo Paulo fala de seu próprio povo, os judeus. O maior problema foi que eles usaram a Lei e a circuncisão como elementos queos distinguiam dos demais povos. Paulo não concordava com a ideia dos religiosos judeus que pelo simples fato de terem nascido judeus, de guardarem a lei e de seremcircuncidados, eles estavam livres do julgamento de Deus enquanto que todos os demaisgentios estavam condenados. Salvação não era questão de fé, mas de prática religiosa enacionalismo.Ele concluiu o capítulo 2 dizendo: “
 Judeu é quem o é interiormente, e circuncisão é aoperada no coração, pelo Espírito, e não pela Lei escrita
” (Rm 2:29). Então a perguntaque surge a partir disso é: Se todos somos iguais diante de Deus, qual a vantagem de ser  judeu? Não podemos esquecer que Paulo era judeu e fariseu. Se ser judeu eraabsolutamente desnecessário, então tudo o que Deus fez no Antigo Testamento seria, nofim das contas, inútil. Não! Há sim uma “
vantagem
” de ser judeu, não em termos de valor, mas deresponsabilidade: a eles, Deus deu a sua palavra, ou seja, o Antigo Testamento. Deusescolheu Israel para ser guardião da Sua revelação e povo de Sua aliança: e esse privilégio não foi dado a nenhuma outra nação na história
3
. Entretanto, as palavras deDeus que foram entregues aos judeus ficaram com os judeus. A aliança de Deus quetinha como lema: “
em ti serão abençoadas todas as famílias da terra
” ficou na terra, mas
2
 
Cf 
. Sl 51:4
3
Cf. Sttot, pág. 108.
1. A vantagem de ser judeu.
 
Série Romanos – O Evangelho de Deus – Mensagem 16Paulo Sung Ho Won – www.sunghojd.blogspot.com 
3apenas na terra de Israel.Meus irmãos, o povo de Israel foi chamado para ser luz das nações, ou seja, o propósitooriginal de Deus é que todo o mundo O conhecesse por intermédio de Israel. Qual foi omaior erro dos judeus? Ter falhado nessa sagrada missão! É como se o carteiro nãotivesse entregue a carta ao destinatário e tivesse se apropriado da carta de maneiraindevida.Qual deve ser a nossa atitude em relação aos judeus de hoje? Primeiro de respeito, porque aos seus antepassados Deus lhes confiou a Lei, e foi através dos judeus queJesus veio ao mundo. Em segundo lugar, devemos manter nosso amor pelos judeus emoração, para que eles possam conhecer o Messias Jesus e fazerem parte, plenamente das promessas que nós desfrutamos em Cristo.
Que importa se alguns deles foram infiéis? A sua infidelidade anulará a fidelidade de Deus?
” (vss. 3)Sim! Muitos judeus falharam na missão. Eles foram infiéis a Deus. Eles tomaram parasi a revelação de Deus que era destinada ao mundo. O questionamento que o apóstoloPaulo tenta responder é o seguinte: “
 Paulo, e se alguns judeus foram infiéis com Deus?
”. Paulo responde: “
a infidelidade do povo de Deus não pode anular a fidelidadede Deus
”.Como é bom saber disso: nada do que façamos pode mudar a fidelidade eterna deDeus para com o seu povo!Deus tem uma aliança para com o seu povo. Deus é fiel para guardar essa Aliança atéo fim. Paulo não abandonou a ideia de que Deus tem um povo escolhido
4
, o povo daaliança. Entretanto, o Evangelho veio para tornar em realidade o propósito original deDeus: através de Israel, fazer com que todas as pessoas fossem alcançadas pela graça esalvação. Se o povo judeu não foi eficiente na missão, Jesus, o perfeito judeu, cumpriucabalmente a tarefa que lhe foi proposta, e por causa de Jesus, nós, ainda que nãotenhamos nascido como judeus, podemos ser, pela fé, judeus espirituais e povo doReino de Deus.A infidelidade do povo de Deus pode mudar a fidelidade de Deus? De jeito nenhum!Por que Deus é totalmente confiável e o homem é falho: “
Seja Deus verdadeiro, etodo homem mentiroso
” (vr. 4). Meus irmãos, como é bom descansarmos a nossa vidana fidelidade de Deus às suas promessas? Como é libertador saber que mesmo que nósvenhamos a soltar as mãos de Deus, Ele continua segurando nas nossas! Deus é fiel àssuas promessas à cada um de nós, que somos o seu povo!
Como está escrito: “Para que sejas justificado nas tuas palavras e prevaleças”
” (vr.4b). Foi o rei Davi que disse isso logo após ter cometido adultério com Bateseba. Daviconfiava plenamente que mesmo ele tendo pecado, Deus era fiel para perdoá-lo com base na Sua palavra. Esse salmo de penitência de Davi é a afirmação de que Deus está
4
Cf. Wrigth, pág. 45.
2. A infidelidade dos judeus não anulou a fidelidade de Deus.

Activity (4)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Davi Fróes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->