Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
4Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Origens da Umbanda Antes de 1908

Origens da Umbanda Antes de 1908

Ratings: (0)|Views: 86|Likes:
Published by Maycon Rock

More info:

Published by: Maycon Rock on Aug 04, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/20/2013

pdf

text

original

 
ORIGENS DA UMBANDA E ANTES DE 1908Alguns discorrem de forma diferente a respeito do nascimento da Umbanda. Outros atécomemoraram o Centenário apenas para não ficarem de fora dessa data tão importante paraa Umbanda. Mas, respondendo à sua pergunta vamos lá.As manifestações de Caboclos, Pretos Velhos e outros Espíritos já ocorriam no Brasil háalguns anos antes de 1908. Baixavam em terreiros que possuíam rituais diferentes entre si,mas semelhantes na manifestação. No Catimbó já havia a manifestação de um Espírito quese identificava como Mestre Zé Pelintra. Na Macumba, outro ritual espiritualista brasileiro,Exus e Pomba-Giras também se manifestavam antes de 1908. No Omolokô, baixavamCaboclos, Índios e Africanos. Mais ao norte do Brasil havia um ritual chamado Marujada ealguns Marinheiros, como o Sr. Martim Pescador, já se apresentavam nas engiras paradeixarem seus recados e praticarem a caridade. Tudo isso e muito mais ocorria antes doaparecimento de Zélio Fernandino de Moraes.Entretanto, através desse rapaz Zélio, um Caboclo manifestou-se de forma peculiar. Diantede vários estudiosos do Espiritismo, ele decretou a "Inauguração" de uma "Nova Religião".Um Novo Culto iria se estabelecer a partir daquela data, Novembro de 1908. Os estudiososaté quiseram "tirar" essa idéia da cabeça do Caboclo das Sete Encruzilhadas, dizendo queno Brasil já existiam religiões suficientes para as pessoas. Foi então, que o Cabocloexplicou para que serviria a Nova Religião e como diferenciar-se-ia das demais!"Será uma Religião onde os Espíritos de Caboclos, Pretos e Nativos das terras brasileiras poderiam se manifestar para praticarem a Caridade", disse o Caboclo. E, um dia depois, jána casa de Zélio, o mesmo Caboclo incorporou e ditou as REGRAS para a nova religião.Quem quisesse segui-la deveria amoldar-se ao que ele definiu: roupa branca e simples, pésno chão, e sinceridade de pensamentos.A Umbanda cresceu e se espalhou rapidamente pelo Brasil! Um crescimento espantoso paraum culto voltado para as coisas espirituais num país tomado pelo doutrina católica. E,devido a esse crescimento, práticas e costumes que não haviam na Umbanda estabelecida pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas foram introduzidas na ritualística umbandista.Muito do que se vê hoje espalhado pelo Brasil e em alguns países do exterior não estão deacordo com o que o Caboclo determinou. Há vários rituais praticados e uso de costumesnos terreiros que fogem às REGRAS do Caboclo das Sete Encruzilhadas.Alguns costumes, entretanto, vieram com os Espíritos que se manifestaram ao longo dosanos, depois da Inauguração da Umbanda.Muitos Pretos Velhos solicitaram, além do primeiro cachimbo pedido pelo Pai Antônio,chapéus, rosários, lenços (preto e branco), fitas, toalhas, saias floridas, saias em preto e branco ou coloridas, etc.Outros Espíritos pediram coisas semelhantes e assim foram dadas, pois os umbandistasacatam suas ordens quase que instantaneamente. Um pedido toma o aspecto de ordenança,e assim é feito.Contudo, o que acontece de maneira grotesca é o exagero! O que às vezes causa-lheespanto é a forma como a coisa está sendo conduzida pelos médiuns. Não é o que o Espírito pediu, mas a forma como o médium fez é que causa estranheza.Se um Caboclo pede-lhe um penacho, o médium faz então um cocar gigantesco em estilohollyoodiano e leva para o terreiro. "Foi o Caboclo quem pediu!", diz o médiumdesculpando-se.Se um Exu pede-lhe uma capa (material de trabalho magístico), o médium faz "Aquela

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->