Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Solução

Solução

Ratings: (0)|Views: 2,166 |Likes:
Published by Joseph M. G. Alves

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: Joseph M. G. Alves on Aug 05, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/28/2012

pdf

text

original

 
Química Darman Santana
 
Sapiência Página 1
Joãozinho conversando com o seu pai o perguntou: Pai, o que é solução de bateria ?porque não se pode ingerir essa solução? Porque a mãe disse que não pode cair naroupa? O pai desesperado com tanta pergunta foi a uma livraria, comprou um livro dequímica, deu de presente a Joãozinho e disse: Pegue esse livro e tire todas as suasdúvidas. Vamos ajudar Joãozinho à resolver seus problemas, estudando tudo deinteressante sobre as soluções.
INTRODUÇÃO
A palavra solução é originada do latim e significa, esconder-se, vejamos um exemplo:se pegarmos em uma colher um pouco de NaCl ( sal de cozinha) e introduzirmos numcopo contendo água, após a agitação não conseguiremos enxergar mais o sal, pois omesmo se escondeu entre as moléculas da água, e ao se esconder na água o sal formoucom essa substância uma solução. Ao tentarmos repetir o experimento substituindo o salpor óleo de soja veremos que essa substância não consegue se esconder na água,formando duas regiões distintas sendo cada uma delas chamada de fase. No primeiroexemplo temos uma solução que é uma mistura homogênea, formada por uma únicafase e no segundo exemplo temos uma mistura heterogênea. Hoje não vamos mais usaro termo esconder, iremos substituí-lo pelo termo dissolver, as misturas serão chamadasde dispersão, no caso da solução o disperso será chamado de soluto e o dispersante seráo solvente. Sendo assim no primeiro exemplo podemos afirmar que o sal é o soluto e aágua o solvente. Partindo desse princípio posso afirmar que solução é tudo que a olhonu vejo uma única fase? Nem tudo pois o olho nu não consegue diferenciar as fases emalgumas misturas especiais denominadas de colóides, por exemplo o sangue, o leite, agelatina, citoplasma celular e etc. Essas misturas citadas não são consideradas soluçõespois quando levadas a um ultra microscópico têm as suas fases identificadas. Vejamos ocaso do sangue que quando visto no ultra microscópio conseguimos enxergar ashemácias por exemplo e quando centrifugado tem as suas duas fases separadas, oplasma (parte liquida) e a parte sólida do sangue. Para identificarmos uma soluçãoteremos que usar os critérios a seguir e não simplesmente o olho nu como recursoprincipal.
Tipo dedispersãoVisibilidade do dispersoRetenção do
 
dispersoSedimentação do
 
dispersoEfeitoTyndallMicroscópicocomumUltramicroscópicoFiltrocomumUltrafiltroCentrifugacomumUltracentrifugaçãoSolução
não não não não não não não
 
coloidal
não sim não sim não sim não
suspensão
sim sim sim sim sim sim sim
 
Química Darman Santana
 
Sapiência Página 2
Para uma substância se esconder, dissolver, em uma outra é necessário que o materialque vai ser escondido seja muito pequeno, para isso observe o tamanho das partículasque forma os tipos de misturas.
Dispersão homogênea Dispersão coloidalDispersão grosseira
 
(suspensão)Tamanhodaspartículas0 a 1nm 1nm até 100nm maior que 100nm
Observação: 1nm ( 1 nanômetro) corresponde a 1x 10
-9
m.
Resumo:
Uma solução é uma mistura homogênea formada por soluto (disperso), fraçãoformada por partículas que variam de tamanho de 0 a 1nm, e por solvente (dispersante)que é a fração responsável por dissolver o soluto.
CLASSIFICAÇÃO DAS SOLUÇÕES1° critérioQUANTO A FASE DE AGREGAÇÃO
A) sólida ( ex: as ligas metálicas) O solvente é obrigatoriamente sólidoB) líquida ( ex: álcool hidratado) O solvente é obrigatoriamente líquidoC) gasosa ( ex: ar atmosférico filtrado) O solvente é obrigatoriamente gasosoO solvente é quem determina a fase de agregação das soluções.
2° critérioQUANTO A CONDUÇÃO DA CORRENTE ELÉTRICA
A) Solução eletrolítica = boa condutora de corrente
 
elétricaEX: HCl
aq
, NaCl
aq
, Fe
(s)
 
B) Solução não eletrolítica = má condutora de correnteelétrica.EX: Etanol hidratadoPara formar uma solução eletrolítica é necessário que a solução em questão possuaestruturas carregadas com capacidade de movimentação (íons livres) , e para issoteremos os ácidos em água pois sofrem ionização gerando íons livres, os compostosiônicos que quando em água ou fundidos(líquidos) sofrem dissociação e o compostometálico devido a formação da nuvem eletrônica que permite essa condução.
3° critério
 
 
Química Darman Santana
 
Sapiência Página 3
QUANTO A SATURAÇÃO
A) 
In
saturada quantidade desoluto dissolvidoinferior ao coeficiente desolubilidadeB) Saturada quantidade desoluto dissolvidoigual ao coeficiente desolubilidadeC)
Super
saturada quantidade desoluto dissolvidomaior que o coeficiente de solubiliade
COEFICIENTE DE SOLUBILIDADE =
Corresponde a máxima quantidade de solutodissolvido a cada 100g de solvente a uma dada temperatura e pressão.Exemplos de coeficientes de solubilidadesI - Cs = 36g de NaCl /100g de H
2
O a 20°C e 1 atmII- Cs = 40g de NaCl /100g de H
2
O a 50°C e 1 atmIII - Cs = 18g de NaCl /50g de H
2
O a 20°C e 1 atmIV - Cs = 90g de C
6
H
12
O
6
/100g de H
2
O a 20°C e 1 atmNote que no exemplo I em 100g de água a 20°Ce 1 atm o máximo de NaCl que podeser dissolvido é 36g, isso deixa claro que essa é quantidade de soluto necessário parasaturar esse solvente nessas condições citadas.Observando do exemplo I para o II notamos que houve uma mudança na temperaturahouve também uma mudança no coeficiente que passou de 36g para 40g.Relacionando I com III observamos que houve uma redução na quantidade de solvente,houve também uma redução no coeficiente de solubilidade na mesma proporção.Da situação I para a situação IV nota-se uma mudança na quantidade de soluto devido auma mudança no tipo de soluto em questão.
Exemplos de soluções
1°)
SITUAÇÃO DE INSATURAÇÃO
 Cs = 39,8g de NaCl /100g de H
2
O a 100°C e 1 atm
O coeficiente de solubilidade depende:
 
Da temperatura
 
Da quantidade de solvente
 
Do tipo de soluto
 
Da pressão
 

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Diana Kelly liked this
Ingrid Mariana liked this
Cynthia Cristina liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->