Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
R-045 Kassia Aguiar Norberto Rios

R-045 Kassia Aguiar Norberto Rios

Ratings: (0)|Views: 34 |Likes:
XIII- Encuentro de Geógrafos de América Latina 2011 San José Costa Rica Geografía de Costa Rica http://www.facebook.com/GeografiadeCR Difundiendo el conocimiento geográfico geografiacr@geogroupcr.co m Más información: Geóg. Homer Dávila G hdavila@geogroupcr.com http://www.facebook.com/geog.HDavilaG
XIII- Encuentro de Geógrafos de América Latina 2011 San José Costa Rica Geografía de Costa Rica http://www.facebook.com/GeografiadeCR Difundiendo el conocimiento geográfico geografiacr@geogroupcr.co m Más información: Geóg. Homer Dávila G hdavila@geogroupcr.com http://www.facebook.com/geog.HDavilaG

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: GEOGRAFÍA DE COSTA RICA on Aug 12, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/26/2012

pdf

text

original

 
ATIVIDADE PESQUEIRA NO DISTRITO DE ACUPE (Bahia-Brasil) E ASMUDANÇAS TERRITORIAIS A PARTIR DA INSERÇÃO DA ATIVIDADE DACARCINICULTURA
1
Kássia Aguiar Norberto Rios
2
Guiomar Inez Germani
3
Resumo:
O presente trabalho busca analisar e compreender como se aprodução do espaço no Distrito de Acupe, em Santo Amaro (Bahia - Brasil), cujaatividade principal é a pesca artesanal e as principais mudanças ocorridas, a partir da implantação de empreendimentos de cultivo de camao em viveiro. Naperspectiva de entender o espaço geográfico em sua totalidade, busca-se analisar as contradições da produção do espaço por pescadores artesanais e carcinicultores.Em Acupe, pode-se observar através da relação dos territórios terra e água amaterialização das contradições existentes entre os diferentes agentes que seapropriam do espaço.
Palavras chave:
Apropriação da natureza. Produção do espaço. AtividadePesqueira.
INTRODUÇÃO
A atividade pesqueira no Brasil mantém considerável importância para suapopulação e economia, na primeira como fonte geradora de alimentos, de empregoe renda em diversos segmentos da atividade, em segundo contribuindo na economiado país, através de sua comercialização (importação/exportação do pescado) e dofortalecimento de outros setores que envolvem a atividade.Dentre as atividades exercidas no setor, destacamos a pesca artesanal, queainda hoje, exerce o papel de principal atividade de subsistência para muitascomunidades tradicionais existentes no litoral do país, a exemplo do litoral baiano eo Distrito de Acupe – Santo Amaro (BA), recorte espacial do presente artigo.Com a evolução das tecnologias e modernizações na atividade pesqueira, oaumento da pesca intensiva e a implantação da atividade da carcinicultura
4
no país,diversas mudaas o percebidas nessas comunidades que dependem
1
Esse artigo é parte do projeto de pesquisa desenvolvido no Mestrado em Geografia da Universidade Federal daBahia.
2
Mestranda em Geografia pela Universidade Federal da Bahia – UFBA (Brasil) e integrante do ProjetoGeografAR - A Geografia dos Assentamentos na Área Rural (UFBA/MGEO/CNPq).Email: kassia_arodrigues@yahoo.com.br 
3
Profa. Dra. da Universidade Federal da Bahia – UFBA (Brasil) e coordenadora do Projeto GeografAR - AGeografia dos Assentamentos na Área Rural (UFBA/MGEO/CNPq).Email: guioma@ufba.br 
4
A carcinicultura é a criação de camarões em viveiros, podendo ser: em água salgada (marinha) e em água doce.Ambas necessitam de um laboratório onde serão criadas as larvas (larvicultura). Logo após a eclosão, estas passam por alguns estágios de desenvolvimento (náuplios, protozoéa e mísis), para assim chegarem à condiçãode pós–larvas e serem inseridas em seus viveiros (ABCC, 2009).
 
diretamente da pesca artesanal. Pois a lógica empregada por esse empreendimentode caráter industrial se difere da lógica empregada pelos pescadores artesanais.Com a inserção das atuais formas de apropriação em suas áreas de uso, taiscomunidades têm seu desenvolvimento comprometido, devido à diferenciação deapropriação/produção existente entre as mesmas (DIEGUES, 2004). Pois, odesenvolvimento de uma atividade implica/interfere muitas vezes nas condiçõesnecessárias para a realização da outra. Ocasionando, mudanças na organização doespaço dessas comunidades, devido à apropriação do mesmo por atividadesdiferenciadas.Dessa forma, o objetivo desse artigo é realizar uma abordagem crítica sobre otema proposto, abrangendo as dinâmicas de apropriação do espaço, até entãoocupado pela comunidade local e os fundamentos nos quais se baseia a produçãodo espaço do Distrito de Acupe, a partir da atividade pesqueira local (pescaartesanal e carcinicultura) e suas relações territoriais.
Atividade Pesqueira no Brasil
Inicialmente, tal atividade era predominante no Brasil de maneira artesanal,exercendo funções que visavam à própria subsisncia das famílias indígenas.Utilizando-se de instrumentos tradicionais, confeccionados por eles mesmos. NoBrasil colônia (1500 a 1822), destacamos na atividade pesqueira, a pesca da baleia(Recôncavo baiano), o inicio da regulamentação da atividade pelo Estado e acriação da primeira colônia de pescadores do país, a Colônia de Pescadores deNova Ericeira, em Porto Belo – Santa Catarina.Com a criação da capitania dos portos em 1846, iniciou o cadastramentoobrigatório dos pescadores do país, sendo organizada pelo Ministério da Agricultura,Comércio e Obras.A organização institucional da atividade no país intercalou inicialmente, entreo Ministério da Marinha e o Ministério da Agricultura, Comércio e Obras, originandoa criação de alguns órgãos, a exemplo da Diretoria da pesca e saneamento dolitoral, criada pelo Ministério da Marinha em 1923 e a Divisão de caça e pesca criadapelo Ministério da Agricultura em 1933. Ambos os órgãos extintos em 1962, com acriação da Superintendência de Desenvolvimento da Pesca SUDEPE. Nessa
 
época, os incentivos ficais para atividade fizeram com que a mesma obtivesse umgrande crescimento produtivo.Em 1989, a atividade pesqueira passa a ter sua organização frente a umórgão ambiental, pois, até então a mesma tinha sido organizada pelos Ministérios daMarinha e da Agricultura e com a extinção da Superintendência de Desenvolvimentoda Pesca e a criação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos RecursosNaturais renováveis IBAMA, a organização da atividade passa a ser feita peloIBAMA.Como se tratava de óro ambiental, a organização visava mais aconservação dos recursos, do que a produção em si realizada pela atividade, o quegerou insatisfão dos produtores. O que ocasionou em 1998, a criação doDepartamento de Pesca a Aqüicultura - DPA, passando então a ter dois órgãosresponsáveis pela atividade, o IBAMA e o DPA. Como os mesmos se divergiamentre seus objetivos, os conflitos de interesses eram freqüentes. O que ocasionou aextinção da DPA e a criação da Secretária Especial de Aqüicultura e Pesca – SEAP.Cabe salientar nessa fase, a participação principalmente da atividade da pescaartesanal nas decisões do órgão.Em 2009, tivemos a transformação da SEAP em Ministério da pesca eaqüicultura – MPA, órgão gestor da atividade, vigente até os dias atuais.Podemos observar que a organização institucional da atividade pesqueirapassou por diversas mudanças até os dias atuais. Mediante essas mudanças aprodução nacional do pescado também passava por algumas oscilações, caberessaltar que, no presente artigo iremos nos restringir inicialmente a pesca maritima.
Produção Pesqueira Marítima
No que tange a produção pesqueira no Brasil, a pesca marítima osciloubastante no período de 1960 a 2007. Obteve pontos máximos de produção até o anode 1985 com 760.452 toneladas, passando posteriormente por um processo dedeclínio da atividade até o ano de 1990 chegando a uma produção de 435.000toneladas, seguido de uma estabilização e a retomada do crescimento em 2000produzindo 468.000 toneladas e em 2007 chegando a 540.000 toneladas (MPA,2010).

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->