Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
4Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
4 - Resumo - O que é signo para Peirce

4 - Resumo - O que é signo para Peirce

Ratings: (0)|Views: 372 |Likes:
Published by Marlon Lemes

More info:

Published by: Marlon Lemes on Aug 18, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/23/2013

pdf

text

original

 
UNIVERSIDADE DE SOROCABA
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO
CURSO DE DESIGN GRÁFICO
Resumo sobre as idéias de Charles Sanders Peirce
Marlon Lemes de Almeida – 09070029
Sorocaba/SP2011
 
1 - Introdução a Semiótica
O nome Semiótica vem da raiz grega
semeion
, que quer dizer signo, e ótica,ciência. Esta ciência vem a ser o estudo geral de todas as linguagens.Diferentemente da lingustica que limitando apenas a ciência da linguagemverbal. Em outras palavras, podemos chamar a Semiótica de Charles SandersPeirce de Ciência dos signos.O intelectual Charles Sanders Peirce era antes de tudo um cientista. Durantesua vida foi desde químico, matemático, físico, astrônomo, estudando atélingüística, filosofia e historia etc., querendo assim entender os métodos quediferem uma ciência da outra, como diz
Santaella():
“A quase inacreditável diversidade de campos a que se dedicou podeser explicada, portanto, devido ao fato de que se devotar ao estudo dasmais diversas ciências exatas ou naturais, físicas ou psíquicas, era paraele um modo de se dedicar à Lógica. Seu interesse em Lógica era,primariamente, um interesse na Lógica das ciências”
A partir disso, cria-se sua arquitetura filosófica, onde nela se encontra a lógicaou semiótica. Vejamos num gráfico o edifício filosófico peirceano:I – FenomenologiaII – Ciências normativas1 - Estética2 - Ética3 -
Semiótica ou lógica
III – Metafísica
 
Santaella, em seu livro Matrizes da Linguagem e Pensamento, diz que “umaapresentação breve desse pensamento”, conhecido como semiótica ou lógica,”mantendo alguma fidelidade às suas propostas é tarefa quase impossível”,assim o resumo aqui se da muito superficial sobre o tema.
2- A fenomenologia e Semiótica
Peirce anuncia brevemente em sua carreira que todo pensamento se dá emsignos, e continuando este pensamento baseado em signos, o que podemoschamar de semiose. Deste modo, defende que não nem pensamento,linguagem ou raciocínio sem o intermédio do signo, combinado com outrossignos e gerando assim os raciocínios, por exemplo, empregado nos métodoscientíficos.A semiótica peirciana, concebida como lógica num sentido amplo, nasceu destanecessidade.Entretanto, antes de se compreender o estudo de qualquer ciência, aindasegundo Peirce, o pensamento filosófico deve começar por sistema de lógica, ea tarefa primordial que a lógica tem de enfrentar é a de estabelecer uma tabelaformal e universal de categorias. O estudo de Peirce chegou a conclusão de quehá três, e não mais do que três, elementos formais e universais, sendo elesdenominado primeiridade, secundidade e terceiridade.Estes fenômenos se encontram dentro da arquitetura filosófica peirceana nafenomenologia, sendo estas as categorias do pensamento e da natureza de tudoque é presente no mundo.

Activity (4)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Gracy Galdino liked this
Tiago Labreca liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->