Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
39Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Filosofia Política 03 Politica e Violencia

Filosofia Política 03 Politica e Violencia

Ratings:

4.6

(5)
|Views: 25,710 |Likes:

More info:

Published by: Ensino Médio Filosofia on Sep 28, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/16/2013

pdf

text

original

 
192
Filosofia PolíticaEnsino Médio
 
192
Filosofia PolíticaEnsino Médio
 
GROZ, George. Os pilares da sociedade. (1926) Óleosobre tela: 200 x 168 cm. Berlin, Staatliche Musse-en zu Berlin.
<
 
193
IntroduçãoFilosofia
 
193
Política e ViolênciaFilosofia
 
3
POLÍTICA E VIOLÊNCIA 
 Ademir Aparecido Pinhelli Mendes
1
,Bernardo Kestring
2
<
Desocupação de acampamento de campesinos-Paraguai 07 de Novembro de 2004.
<
Se o Estado possui o uso legítimo da força,não corremos o risco de que esse Estadoaja de forma violenta – sem limites – con-tra os interesses da própria sociedade?
O Estado detém o monopólio do uso da força,considerado legítimo na medida em que necessáriopara a manutenção da ordem e da segurança.
Max Weber.
<
      h      t      t     p    :      /      /     u     r     u     g     u     a     y .      i     n      d     y     m     e      d      i     a .     o     r     g
      <
1
Instituto de Educação do Paraná eProfessor Erasmo Pilotto. Curitiba - Pr
2
Colégio Estadual Paulo Leminski - Curitiba - Pr
 
194
Filosofia PolíticaEnsino Médio
 
194
Filosofia PolíticaEnsino Médio
Em pequenos grupos, discuta às questões a seguir:
1.
O Estado brasileiro defende os interesses da sociedade em geral? Por quê?
2.
Cite exemplos da História do Brasil em que o Estado brasileiro usou da força violenta para manter alei e a ordem.
3.
Analise o papel do Estado junto à sociedade brasileira?Apresente as conclusões do grupo à turma. As regras para o debate encontram-se na introdução deste livro.
O estado como detentordo monopólio da violência
 As teorias sobre o Estado constituem-se num legado histórico im-portante para a compreensão da violência. Max Weber foi um dos au-tores que refletiu sobre o processo de organização do Estado modernoe acentuou que se trata de uma instituição que detém uma autoridadesobre os cidadãos, bem como controla todas as ações que ocorrem emsua jurisdição ou em seu território. No espaço por ele controlado, co-mo já citamos, o Estado detém o monopólio do uso da força, conside-rado legítimo na medida em que necessário para a manutenção da or-dem e da segurança. A proposição é polêmica, à medida que não há mecanismos decontrole do uso da força e cabe distinguir, a cada ação, o uso legítimoda força e o abuso de poder. Isso é bastante complicado, porque quemdecidirá sobre a intensidade da força e qual o momento de utilizá-la?
 Alguns são mais iguais que outros
Karl Marx na sua crítica à sociedade burguesa, salienta que em umasociedade fundada na desigualdade econômica e social as garantias deliberdade e segurança do cidadão, que o Estado deve suprir, tornam-se, na maioria das vezes, apenas garantia da propriedade. Em
 A Ques-tão Judaica
, Marx reflete sobre os conceitos de liberdade e igualdadegerados no bojo da Revolução Francesa de 1789, e conclui que a exis-tência e a defesa da propriedade privada no contexto das Constitui-ções geradas no processo de revolução burguesa delimita a vivênciada liberdade e torna a igualdade apenas um elemento formal que dis-simula a desigualdade realmente existente, ou seja, a igualdade pro-posta pela burguesia e primeiramente a igualdade na troca é baseada
zz
      h      t      t     p    :      /      /     w     w     w .     s     o     c .     c     m     u .     a     c .      t      h
      <
      h      t      t     p    :      /      /     w     w     w .     a     c      t     o     n .     o     r     g
      <
DEBATE
Karl Marx (1818-1883)
<
Max Weber (1864-1920)
<

Activity (39)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
cecilia2 liked this
Clifton Laairoy liked this
Marii Rodrigues liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->