Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
8Activity

Table Of Contents

Introdução
DILÚVIOS
I. AS TECNOLOGIAS TÊM UM IMPACTO?
A METÁFORA DO IMPACTO É INADEQUADA
"A TÉCNICA" OU "AS TÉCNICAS"?
A TECNOLOGIA É DETERMINANTE OU CONDICIONANTE?
A ACELERAÇÃO DAS ALTERAÇÕES TÉCNICAS E A INTELIGÊNCIA COLETIVA
A INTELIGÊNCIA COLETIVA, VENENO E REMÉDIO DA CIBERCULTURA
II. A INFRA-ESTRUTURA TÉCNICA DO VIRTUAL
A EMERGÊNCIA DO CIBERESPAÇO
O TRATAMENTO
A MEMÓRIA
A TRANSMISSÃO
AS INTERFACES
DO COMPUTADOR AO CIBERESPAÇO
III. O DIGITAL OU A VIRTUALIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO
SOBRE O VIRTUAL EM GERAL
O DIGITAL
PROCESSAMENTO AUTOMÁTICO, RÁPIDO, PRECISO, EM GRANDE ESCALA
DESMATERIALIZAÇÃO OU VIRTUALIZAÇÃO?
HIPERDOCUMENTOS
MULTIMÍDIA OU UNIMÍDIA?
SIMULAÇÕES
ESCALA DOS MUNDOS VIRTUAIS
A virtualidade informática (sentido ainda mais fraco)
IV. A INTERATIVIDADE
A INTERATIVIDADE VISTA COMO PROBLEMA
V. O CIBERESPAÇO OU A VIRTUALIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO
NAVEGAÇÕES NA WORLD WIDE WEB OU A CAÇADA E A PILHAGEM
O QUE É O CIBERESPAÇO?
ACESSO A DISTÂNCIA E TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS
O CORREIO ELETRÔNICO
AS CONFERÊNCIAS ELETRÔNICAS
DA CONFERÊNCIA ELETRÔNICA AO GROUPWARE
A COMUNICAÇÃO ATRAVÉS DE MUNDOS VIRTUAIS COMPARTILHADOS
NAVEGAÇÕES
VI. O UNIVERSAL SEM TOTALIDADE, ESSÊNCIA DA CIBERCULTURA
A UNIVERSALIDADE NO PLANO TÉCNICO
A ESCRITA E O UNIVERSAL TOTALIZANTE
MÍDIAS DE, MASSA E TOTALIDADE
COMPLEXIDADE DOS MODOS DE TOTALIZAÇÃO
A CIBERCULTURA OU O UNIVERSAL SEM TOTALIDADE
O UNIVERSAL NÃO É O PLANETÁRIO
QUANTO MAIS UNIVERSAL, MENOS TOTALIZÁVEL
VII. O MOVIMENTO SOCIAL DA CIBERCULTURA
TÉCNICA E DESEJO COLETIVO: O EXEMPLO DO VEICULO AUTOMOTIVO
A INFRA-ESTRUTURA NÃO É O DISPOSITIVO: O EXEMPLO DO CORREIO
CIBERESPAÇO E MOVIMENTO SOCIAL
O PROGRAMA DA CIBERCULTURA: A INTERCONEXÃO
O PROGRAMA DA CIBERCULTURA: AS COMUNIDADES VIRTUAIS
O PROGRAMA DA CIBERCULTURA: A INTELIGÊNCIA COLETIVA
UM PROGRAMA SEM OBJETIVO NEM CONTEÚDO
VIII. O SOM DA CIBERCULTURA
AS ARTES DO VIRTUAL
A GLOBALIZAÇÃO DA MÚSICA
MÚSICA ORAL, ESCRITA, GRAVADA
A MÚSICA TECNO
IX. A ARTE DA CIBERCULTURA
O UNIVERSAL SEM TOTALIDADE: TEXTO, MÚSICA E IMAGEM
O AUTOR EM QUESTÃO
O DECLÍNIO DA GRAVAÇÃO
X. A NOVA RELAÇÃO COM O SABER EDUCAÇÃO E CIBERCULTURA
A ARTICULAÇÃO DE NUMEROSOS PONTOS DE VISTA
O SEGUNDO DILÚVIO E A INACESSIBILIDADE DO TODO
QUEM SABE? A REENCARNAÇÃO DO SABER
A SIMULAÇÃO, UM MODO DE CONHECIMENTO PRÓPRIO DA CIBERCULTURA
DA INTERCONEXÃO CAÓTICA À INTELIGÊNCIA COLETIVA
XI. AS MUTAÇÕES DA EDUCAÇÃO E A ECONOMIA DO SABER
A APRENDIZAGEM ABERTA E A DISTÂNCIA
A APRENDIZAGEM COLETIVA E O NOVO PAPEL DOS PROFESSORES
RUMO A UMA REGULAMENTAÇÃO PÚBLICA DA ECONOMIA DO CONHECIMENTO
SABER-FLUXO E DISSOLUÇÃO DAS SEPARAÇÕES
O RECONHECIMENTO DAS AQUISIÇÕES
UM SISTEMA UNIVERSAL SEM TOTALIDADE
XIII. O CIBERESPAÇO, A CIDADE E A DEMOCRACIA ELETRÔNICA
CIBERCIDADES E DEMOCRACIA ELETRÔNICA
A ANALOGIA OU A CIDADE DIGITAL
A SUBSTITUIÇÃO
A ASSIMILAÇÃO, CRÍTICA DAS AUTO-ESTRADAS DA INFORMAÇÃO
A ARTICULAÇÃO
XIV. CONFLITOS DE INTERESSE E DIVERSIDADE DOS PONTOS DE VISTA
ABERTURA DO DEVIR TECNOLÓGICO
O PONTO DE VISTA DOS COMERCIANTES E O ADVENTO DO MERCADO ABSOLUTO
O PONTO DE VISTA DAS MÍDIAS: COMO FAZER SENSACIONALISMO COM A NET?
O PONTO DE VISTA DO "BEM PÚBLICO": A FAVOR DA INTELIGÊNCIA COLETIVA
XV. CRÍTICA DA SUBSTITUIÇÃO
SUBSTITUIÇÃO OU COMPLEXIFICAÇÃO?
CRESCIMENTOS PARALELOS DAS TELECOMUNICAÇÕES E DO TRANSPORTE
NOVOS PLANOS DE EXISTÊNCIA
DA PERDA
XVI. CRÍTICA DA DOMINAÇÃO
IMPOTÊNCIA DOS ATORES "MIDIÁTICOS"
DEVEMOS TEMER O DOMÍNIO DE UMA NOVA "CLASSE VIRTUAL"?
DIALÉTICA DA UTOPIA E DOS NEGÓCIOS
XVII. CRÍTICA DA CRÍTICA
FUNÇÕES DO PENSAMENTO CRÍTICO
CRÍTICA DO TOTALITARISMO OU TEMOR DA DESTOTALIZAÇÃO?
A CRÍTICA ERA PROGRESSISTA. ESTARIA TORNANDO-SE CONSERVADORA?
AMBIVALÊNCIA DA POTÊNCIA
XVIII. RESPOSTAS A ALGUMAS PERGUNTAS FREQUENTES
A CIBERCULTURA SERIA FONTE DE EXCLUSÃO?
A DIVERSIDADE DAS LÍNGUAS E DAS CULTURAS ENCONTRA-SE AMEAÇADA PELO CIBERESPAÇO?
A CIBERCULTURA NÃO É SINÔNIMO DE CAOS E DE CONFUSÃO?
CONCLUSÃO
A CIBERCULTURA OU A TRADIÇÃO SIMULTÂNEA
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Pierre Levy - Cibercultura

Pierre Levy - Cibercultura

Ratings: (0)|Views: 861 |Likes:
Published by Paulo

More info:

Published by: Paulo on Aug 22, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/11/2013

pdf

text

original

You're Reading a Free Preview
Pages 5 to 9 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 14 to 34 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 39 to 161 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 166 to 187 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 192 to 232 are not shown in this preview.

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Thais Torres liked this
Moyses Monteiro liked this
Breno Carvalho liked this
Arlete Uchoa liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->