Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
342

342

Ratings: (0)|Views: 240|Likes:
Published by Thiago Melego

More info:

Published by: Thiago Melego on Aug 29, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/25/2013

pdf

text

original

 
São Manuel perde 230vagas de emprego
 A Fiação de São Manuel - Têxtil Itatiba – contava com 930 funcionários no começo do ano. De abril para cá, perto de100 funcionários pediram a conta e as vagas não foram repostas. Esta semana foram demitidos 130 trabalhadores,totalizando o fechamento de 230 vagas em 2011, até o momento.
....
 Página 8A
18 de agosto, às 22h49Comercial R$ 1,5995Turismo R$ 1,6300Paralelo R$ 1,7300
DÓLAREuro
R$ 2,2920
Libra
R$ 2,6382
Ouro
US$ 1.834,69Sexta-feiraMin.16º- Máx.30º Probab. de chuva0%SábadoMin.19º- Máx.27º Probab. de chuva80%DomingoMin.13º- Máx.20º Probab. de chuva90%
METEOROLOGIA
SEXTA-FEIRA - 19 DE AGOSTO DE 2011
ANO 8 - Nº 342
O D
EBATE
A INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADECIRCULAÇÃO REGIONAL -
(14) 3841-4459
SÃO MANUEL, PRATÂNIA E AREIÓPOLISE-MAIL: redacao
@
odebateregional.com.br
R$ 2,00
Concurso nº 1.311 de 17/08
07-09-12-19-45-54
Lotérica Central
Rua XV de Novembro, 267Fone: (14) 3841-2005
Lotérica Avenida
Av. José Horácio Mellão, 469Fone: (14) 3841-2406
MEGA-SENA
Quem olha de longe, provavelmente, vai con- siderar que a cultura em São Manuel está a plenovapor. Temos tido peçasteatrais de bom nível,espetáculos musicais nomesmo palco, ou seja, doCine Teatro “Dr. Alberto Pampado”, os
  fi
lmesoferecidos aos estudantesatravés do programa “Vá ao Cinema”, os jovensdo Projeto Guri estão de- senvolvendo um trabalhointeressante em busca doaprendizado da música. Mas, é necessário notar que tudo isso acontece porque tem o dedo da Secretaria Estadual daCultura, que oferece osespetáculos gratuitos para os moradores e dá apoio ao ensino musical no Projeto Guri. Página 2A
...
O
PINIÃO
Cadeia semsolução ainda
Vereador Cicarellirecebe abaixoassinado contraqueimadas
Família Svícerorestaura prédioSão Manuel teráimagens em 360graus na internet
Coquetel Dançantedo Lions Clube
Pagamento de contas da CPFL
Mudança na Polícia Civilfecha delegacia da Cohab 1.Pela cadeia, somente duascelas estão em condiçõesrazoáveis de uso. Não há previsão paradesativação.
 Página 3A
Representantes do Grupo“Ar Puro” e da ONG Paraísoentregaram um abaixo assi-nado com 2.049 assinaturasao presidente da CâmaraMunicipal, vereador Pedro Norival Cicarelli, contra asqueimadas.
 Página 5A
O prédio localizado naesquina da Rua Batista Mar-tins e Avenida Irmãs Cintra,foi restaurado pela FamíliaSvícero, sua proprietária.
 Página 8A
Um automóvel do site
Google
esteve aqui por SãoManuel na última semana, re-alizando registros fotográ
cosde diversos pontos da cidade.Os registros farão parte do banco de dados do aplicativo
Google Street View
.
 Página 3B
O Lions Clube de SãoManuel irá realizar amanhã,20, às 21h30, um animadoCoquetel Dançante em suasede social. A animação
-cará por conta da Banda deRodrigo Montenegro.
 Página 4B
Depois de quase um ano ascasas lotéricas, desde o dia 15,voltaram a receber as contasda CPFL, que também podemser pagas na Caixa Econômi-ca Federal.
 Página 3A
Carlos Eduardo Vaz deAlmeida é o nome completodo narrador esportivo docanal Band Sports da RedeBandeirantes de Televisão.Eduardo Vaz, como é co-nhecido nos meios televi-sivos, é filho do saudoso pecuarista são-manuelenseAntonio Carlos Rachou Vazde Almeida (que tambémfoi um grande goleiro emnossos gramados) e de Euli-na Martins Vaz de Almeida. Nosso entrevistado fez par-te do quadro de colaborado-res da Rádio Clube de SãoManuel quando tinha poucomais de 12 anos de idade,no ano de 1979, sendo esseo seu primeiro emprego. Nesta entrevista ele contasua história pro
ssional.
 Página 1B
Ponto de Vista
Série “Histórias daRádio Clube AM 1510 kHz”
Bloco de NotasDireito em DebateContextoCornetandoFalecimentosBadalaçãoMotivaçãoColuna CatólicaAniversariantesOs PioneirosClassi
cadosFlash
ÍNDICE
Pg 2APg 2APg 3APg 5APg 7APg 2BPg 3BPg 4BPg 4BPg 5BPg 6BPg 7B
Festa de Aparecida
A tradicional Festa daAparecida recebeu no fi-nal de semana milhares de pessoas de toda a região, para as festividades do dia15 de Agosto. Destaquena foto Liliana Monti,Milton Monti, ArcebispoDom Maurício Grotto deCamargo, Marcos Monti ePadre Mizi , que estiveram presentes.
 Página 4B
 
Q
uem olha de longe, provavelmente, vaiconsiderar que a cul-tura em São Manuelestá a pleno vapor. Temostido peças teatrais de bomnível, espetáculos musicaisno mesmo palco, ou seja,do Cine Teatro “Dr. AlbertoPampado”, são oferecidos
l-mes aos estudantes através do programa “Vá ao Cinema”,os jovens do Projeto Guri es-tão desenvolvendo um traba-lho interessante em busca doaprendizado da música. Mas,é necessário notar que tudoisso acontece porque tem odedo da Secretaria Estadualda Cultura, ligada ao Gover-no do Estado, que oferece osespetáculos gratuitos para osmoradores e dá apoio ao en-sino musical no Projeto Guri.De parte da prefeitura,temos pouquíssima coisa sen-do feita no terreno cultural.Citemos a nossa Banda deMúsica, que carrega a respon-sabilidade de manter vivo ummovimento musical no qualSão Manuel se destacou aolongo dos anos, praticamen-te desde a sua fundação. AFilarmônica São-manuelensemantém-se ativa, buscandorenovar-se, ainda que neces-site de um maior incentivode parte da municipalidade.Como realização individual podemos citar o sucesso do projeto “Sala de Visita aoPé do Coreto”, que tambémnão tem nada a ver com aPrefeitura. Parece haver umdesleixo por parte da muni-cipalidade, até mesmo emrelação aos muitos artesãosque temos.Dias destes, este jornalnoticiou que o Grupo
OsTrovadores Urbanos
, num patrocínio de grande em- presa nacional com sede deBotucatu – a Duratex – es-taria fazendo uma tournée por nosso interior, tendo naagenda uma passagem por Areiópolis. Esses músicos já se apresentaram aqui emSão Manuel no passado, eestranha-se que não tenham programado uma passagemtambém por nosso teatro,onde
zeram grande sucessohá alguns anos, antes desseatual grupo político estar no poder. É lamentável.A Biblioteca “Dr. Fran-cisco Câmara Ferreira” es- preme-se entre prateleirassuperlotadas de livros, re-vistas e apostilas, fala-se devez em quando que ela serátransferida para outro imóvel,mais amplo e em melhorescondições de abrigar o seugrandioso acervo, contudo,ela continua ainda no térreodo antigo Paço Municipal,sem oferecer um melhor con-forto para os seus usuários,que nem mesmo dispõem deinternet para realizar suasconsultas. Isso, hoje em dia,com todo o avanço tecnoló-gico existente, é inaceitável.Temos um local extra-ordinário para que lá fosseinstalada a biblioteca cin-quentenária, criada às duras penas por Francisco CâmaraFerreira, que a batiza comseu nome. Referimo-nos aos prédios da antiga EstaçãoFerroviária, que têm su
cien-te espaço para acolher nãoapenas a citada biblioteca,mas também outros depar-tamentos ligados à Cultura,inclusive a sede da própriaDiretoria do Setor. Coisaque já foi aventada um dia,mas que
cou somente nas palavras.Investir em Cultura podenão ser o melhor negócio para os políticos, sequiosos devotos quando se realizam elei-ções. Há os que consideramque se exige um alto inves-timento para um retorno que pode ser tímido. É bastante possível que esse pensamentotire dos planos e objetivos daadministração municipal ummaior empenho em relação aalargar a Cultura da cidade. Na verdade, a cultura – somatória de costumes, tra-dições e valores – é um jeito próprio de ser, estar e sentir omundo, ‘jeito’ este que leva oindivíduo a fazer, ou a expres-sar-se, de forma característica.Mas para isso, esse indivíduonecessita de uma alavanca,que é certamente o apoio dasautoridades do município.Os analistas consideramser a cultura um forte agen-te de identificação pesso-al e social, um modelo decomportamento que integrasegmentos sociais e gera-ções, uma terapia efetiva quedesperta os recursos internosdo ser humano e fomenta suainteração com o grupo, sendoum fator essencial tambémna promoção da saúde, namedida em que o indivíduose realiza como pessoa e ex- pande suas potencialidades.Deixemos de lado aquelesque são artistas. Fixemo-nosnos que apenas apreciam asatividades culturais, a artecomo um todo, na realidade,a grande maioria da nossa população. Indivíduos as-sim identi
cam-se entre si eorganizam-se em fãs-clubes,cuja penetração varia desdeo bate-papo informal com osamigos até a distribuição dezines (revistas sobre um oumais temas, tais como músi-ca, cinema,
cção cientí
ca,feitas de forma artesanal) eelaboração de congressosou entidades mais ou menos
São Manuel,
 sexta-feira
- 19 de agosto de 2011
 2
 A
O que a prefeitura fazpela cultura da cidade?
 Na verdade, a cultura – somatória de costumes,tradições e valores – é um jeito próprio de ser, estar e sentir o mundo, ‘jeito’ este que leva o indivíduoa fazer, ou a expressar-se, de forma característica.Mas para isso, esse indivíduo necessita de uma ala-vanca, que é certamente o apoio das autoridades domunicípio. De parte da prefeitura, temos pouquíssima coisa sendo feita no terreno cultural. A Filarmônica São--manuelense mantém-se ativa, buscando renovar-se,ainda que necessite de um maior incentivo de parte damunicipalidade. Como realização individual podemoscitar o sucesso do projeto “Sala de Visita ao Pé do Co-reto”, que também não tem nada a ver com a Prefeitura.
O
PINIÃO
 – Cônjuge que abandonar o lar poderáperder a propriedade do imóvel
Direito em Debate
Por Edilaine Rodrigues de Góis Tedeschi
direitoemdebate@odebateregional.com.br 
   C  o   l  a   b  o  r  a   d  o  r  e  s  p  o  n   t   â  n  e  o
Diretora:
Tânia Cecília Tavares Casquel
Diretora Administrativa:
Antônia Miths Gerzely
Diretor Jurídico:
Dr. Sílvio Roberto MazettoOAB/SP 89.053
Periodicidade:
Semanal
Impressão:
JS Produções Gráfca
DEPARTAMENTO COMERCIALCLASSIFICADOS - ASSINATURASATENDIMENTO AO LEITOR
(14) 3841-4459
TORPEDO SMS - MANDE A PALAVRADEBATE MAIS A SUA MENSAGEMPARA O NÚMERO
49820
e-mail: redacao@odebateregional.com.br
As matérias assinadas nãorepresentam a opinião deste jornal. Na orma da legislação emvigor, a Direção de O Debate nãose responsabiliza por conceitosemitidos em artigos assinados.
 A INFORMAÇÃO COM CREDIBILIDADE
Jornalista Responsável e Editora:
Tânia Cecília Tavares CasquelMTB 23.291Rua Epitácio Pessoa, 440-c - CentroSão Manuel - CEP 18.650-000
Bloco de Notas
Por Gildo Sanches
blocodenotas@odebateregional.com.br blogdogildo.blogspot.com
   C  o   l  a   b  o  r  a   d  o  r  e  s  p  o  n   t   â  n  e  o
O Brasil é o país ondemais se legisla e se pro-mulga leis inusitadas. Pri-meiro, acabaram com a se- paração, ou seja, ninguémsepara mais no Brasil, as pessoas se divorciam. Des-ta forma, todas as causas deseparação antes imputadasao cônjuge que deu causa àseparaçao, deixaram de ser relevantes. A mudança foi benéfica, principalmentese pensarmos nos custosdo processo.A legislação deve sem- pre acompanhar a evoluçãodos tempos e da socieda-de. Assim, se as pessoasdesejam divorciar-se, queo façam, sem tanta buro-cracia. Até recentemente,separando ou divorciando,cabia aos profissionais doDireito, especialistas emDireito de Família, orientar seus clientes e deixar bemclaro, que o abandono dolar, em nada afetava a di-visão patrimonial, ou seja,vale o que está estipuladoquanto ao regime de bensem vigor durante o casa-mento ou durante a uniãoestável.Ocorre, porém, que aLei 12.424 de 16 de junhode 2011, acrescentou aoartigo 1.240 do CódigoCivil, uma letra, ou seja aletra A do artigo 1.240 quedispõe o seguinte: aqueleque exercer por dois anos,sem interrupção e semoposição, a posse direta doimóvel urbano de até 250metros, cuja propriedadedividia com ex-cônjuge ouex-companheiro que aban-donou o lar, utilizando-o para sua moradia ou de suafamília, adquirirá o domí-nio integral do imóvel.A nossa legislação es-tipulou uma sanção, uma punição para o cônjuge quedeixar o lar conjugal, sem pedir autorização judicial para tanto. Assim sendo,aquele que estiver de malas prontas, é melhor procurar um advogado ou poderá perder o imóvel.A nova lei não foi bemaceita no meio jurídico eacadêmico, uma vez quevai contra os avanços legis-lativos. A inovação jurídicaencontra-se na contramãoda tendência que defendeque ao Estado não cumpreidentificar ou punir qual-quer das partes pelo fimdas relações afetivas – seé que é possível encontrar culpados quando relacio-namentos amorosos che-gam ao fim – atribuindonovamente ao Judiciário oônus de analisar as provase as circunstâncias afetasao rompimento daquelaentidade familiar.A alteração legislativa já foi apelidada de usuca- pião do divórcio ou usu-capião do abandono, umavez que o cônjuge queficar no imóvel adquirirá a propriedade do mesmo, seapós dois anos, o cônjugeque deixou o lar conjugalnão regularizar sua situa-ção jurídica. As formas deusucapião até então erama extraordinária, especiale urbano, cujos prazos sãorespectivamente 20, 15, 10ou 5 anos.Por outro lado, pensoque a lei coloca fim a umasituação injusta, pois nãoé incomum que o maridoabandone a mulher e osfilhos, passe anos semdar notícia e reapareçaquando finalmente a ex--esposa e companheirarefez sua vida, arrumou oimóvel, reformou, pagou-todo o financiamento. Oex-maridão não só aparececomo tenta tomar contado imóvel e exige todosos seus direitos; o pior detudo é que, normalmente,não tem como indenizar amulher pelas benfeitoriasfeitas no imóvel.Esse tipo de situaçãonão é incomum, principal-mente quando no Estadode São Paulo temos muitosmineiros e nordestinos quevêm para o trabalho naconstrução civil e no cortede cana, ficam um tempo,constituem família e desa- parecem sem dar notícias.Por esse prisma a lei veio para facilitar a vida dequem foi abandonado.O usucapião do abando-no ou usucapião do divór-cio também tem mais umalado positivo: ressaltoumais uma vez, a impor-tância do profissional dodireito, pois todos que de-sejam se divorciar deverão procurar um advogado paracuidar do assunto, ter umaorientação segura e preser-var seu patrimônio.Mais uma vez vale o bom senso. Se o casamentoacabou, o melhor mesmo éresolver todos os aspectos jurídicos, consultando umadvogado de sua confiançaou procurando pelo advo-gado gratuito na Casa doAdvogado de sua cidade.so
sticadas, com a
nalidadede admirar e cultuar seusídolos.Entretanto, para fazer isso, eles necessitam do apoioo
cial ao qual nos referimos,que aqui em São Manuel, deforma direta, praticamenteinexiste.
TV a cabo
Tele estrangeira poderá con-trolar televisão a cabo. OSenado aprovou o projeto delei que abre o mercado de TVa cabo para as empresas detelecomunicações nacionais eestrangeiras. O texto, que se-gue para sanção da presidenteDilma Rousseff, também criacota semanal de programaçãonacional no horário nobre.O ministro Paulo Bernardoanunciou que não será maisnecessário um provedor paraacessar a internet. Tomara!
Mais um
Menos de 24 horas após admi-tir com naturalidade o uso deum jatinho da Ouro
no, em- presa do setor agropecuário, oministro da Agricultura, Wag-ner Rossi, perdeu as condiçõesde permanecer no cargo e caiu.Em menos de três meses, éo quarto ministro demitidodo governo Dilma, depoisde Antonio Palocci, Alfredo Nascimento e Nelson Jobim.
Enem
A Justiça Federal condenouquatro dos cinco envolvidos nofurto e no vazamento da prova2009 do Exame Nacional doEnsino Médio (Enem). Os réusforam acusados de corrupção passiva e violação de sigilofunciona1. A maior pena foide cinco anos e três meses de prisão. O caso ocorrido com oEnem afetou mais de 4 milhõesde estudantes, e a reimpressãoda prova gerou um custo adi-cional de R$ 45 milhões.
Fator previdenciário
O ministro da PrevidênciaSocial, Garibaldi Alves Filho, pretende concluir até o fimde setembro uma proposta desubstituição do fator previden-ciário, mecanismo criado pelogoverno Fernando Henrique,em 1999, cujo objetivo eraincentivar o trabalhador aadiar a aposentadoria. Três al-ternativas estão em discussão:estabelecer uma idade mínima para a aposentadoria, elevar o prazo mínimo de contribuiçãoe uma fórmula que contempleessas duas variáveis.
Cientistas brasileiros
Cidade com o maior número per capita de doutores no país,São Carlos, no interior de SãoPaulo, está atraindo investi-mentos de empresas nacionaise estrangeiras por causa deuma outra peculiaridade raranos meios universitários brasi-leiros: o espírito empreendedor dos cientistas. São alunos, pro-fessores e pesquisadores comsólida formação intelectuale forte disposição para fazer a ponte entre a academia e omercado.
Cerveja na Copa
Lei Geral da Copa, em fase
nal de redação, deve mudar o Estatuto do Torcedor para permitir a venda de cervejanos estádios brasileiros duranteo Mundial de 2014. As novasdiretrizes, que serão instituídasespecialmente para o torneio,irão suspender do início ao
mda competição o artigo que proíbe torcedores de portarem bebidas
“suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática deatos de violência nas arenas”
.
Dinheiro falso
De acordo com levantamentorealizado pelo Banco Centraldo Brasil, entre janeiro e julhode 2011, foram encontradas59.720 cédulas falsas no Es-tado de São Paulo. O volumerepresenta 36% de todas ascédulas falsi
cadas no país nossete primeiros meses do ano.Ainda no Estado de São Paulo,o maior número de cédulasfalsificadas foram as de R$50,00 com 22.644 identi
ca-das, o que corresponde a 38%do total de dinheiro con
scadono estado. Na sequência, vie-ram as cédulas de R$ 100,00somando as da primeira e dasegunda família, com quase24 mil notas.
Harmonização
A chanceler alemã, AngelaMerkel, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy, propuserama instituição de um “governoeconômico” para a zona doeuro. O objetivo da medida éharmonizar políticas
scais ereconquistar a con
ança dosmercados na economia. Elessugeriram ainda, taxar opera-ções
nanceiras.
Concurso
O INSS – Instituto Nacio-nal do Seguro Social deverealizar, até o final do mêsde setembro, concurso quevai oferecer 2.500 vagas. Asoportunidades estão divididasentre os cargos de técnico previdenciário (2 mil) e perito(500). As informações foramdivulgadas no sábado, 13, por meio do twitter do ministro daPrevidência Social, GaribaldiAlves Filho. Portanto, os con-curseiros devem
car atentos.Mais informações no Jornaldos Concursos, encontradonas bancas.
Recado Final:
 
“O entusiasmoé um vulcão em cuja crateranão cresce a relva da hesita-ção”
– (Khalil Gibran).
 
Permanece incerto o desti-no da Cadeia Pública de SãoManuel. Com a maior partede suas celas sem condiçõesmínimas de uso, os poucos presos que restaram estão di-vididos em apenas duas celasimpróprias, com buracos, quechegam até mesmo a ligar uma à outra.Segundo o dr. José MárioToniato, delegado de PolíciaTitular e diretor da Cadeiade São Manuel, ainda não se pode de
nir se a cadeia seráou não desativada. “
 Para umaresposta assim, é importanteque seja inaugurado algumCentro de Detenção Provisó-ria em nossa região. Sabemosque um está em construção naregião de Avaré e outro estáem processo licitatório (o que
  fi
cará na divisa de Botucatucom Itatinga)”
.Atualmente, 51 presos es-tão na cadeia local. De todasas celas, apenas duas estãoem condições “humanas”.
“Quatro celas estão semcondição nenhuma de uso eas que estão sendo usadas,atualmente, tem buracos tão grandes, que um preso con- segue passar de uma para aoutra”
disse o dr. José MárioToniato.Quanto ao problema comas ratazanas, o diretor a
rmaque tudo que estava a suadisposição foi feito e quereclamações deste problemanão estão mais chegando àadministração da cadeia.
Reengenharia da Polícia Ci-vil – 
O Governo do Estado deSão Paulo está fazendo umareengenharia no setor, e emSão Manuel, as mudanças jácomeçaram.O antigo 1º DP, que
cavana COHAB, agora foi uni
ca-do com a Delegacia Central.Sendo assim, as ocorrênciasregistradas na COHAB I,COHAB II, Jardim OuroVerde, Distrito de Aparecida,Distrito Industrial, JardimSanta Mônica e nas rodoviasMarechal Rondon, João Me-lão e Geraldo Pereira de Bar-ros, agora são registradas no prédio da polícia, na AvenidaJosé Horário Mellão.Para o dr. Mário, o 1º DPnão deixou de existir, foiapenas uni
cado à DelegaciaCentral
. “Com isso, o tra-balho da Polícia Civil 
  fi
camuito mais ágil, pois antes,quando precisávamos de umboletim de ocorrência do re- ferido distrito, tínhamos queir até a COHAB para pegá--lo, agora, temos tudo em umúnico lugar. Várias cidades grandes já funcionam háanos dessa forma, com toda a polícia uni
  fi
cada. Com essasmudanças, passaram a ter emnossa unidade uma Central da Polícia Judiciária”
.Com a uni
cação da Polí-cia Civil, o serviço que antesera feito pelo 1º D.P. tambémserá agilizado, uma vez queo quadro de funcionários delá estava defasado.
“Fui o primeiro delegado daqueledistrito, no começo, a equipeera grande, mas com o tempotodos foram sendo transfe-ridos ou se aposentando, eno
  fi
nal 
  fi
caram apenas dois funcionários, mais a drª. Mi-chela”
, disse o dr. José MárioToniato.A mudança já está va-lendo. Quem precisar fazer um boletim de ocorrência ounecessitar de algo da PolíciaCivil, não importando de que bairro da cidade seja, deve seencaminhar diretamente paraa Delegacia Central, na Ave-nida José Horácio Mellão.
São Manuel,
 sexta-feira
- 19 de agosto de 2011
 3
 A
C
ONTEXTO
Econimia
Crise no setor têxtilfaz São Manuel perdervagas de emprego
Cadeia permanece sem condições de uso
Segurança
Depois de quase um anoas casas lotéricas, desde asegunda-feira, 15, voltarama receber as contas da CPFL.Depois do vencimentodo convênio entre as duasempresas em setembro de2010, a CPFL não havia re-novado o contrato e as contascontinuaram podendo ser  pagas em poucos bancos ouestabelecimentos comerciaiscredenciados na rede de pa-gamento, “CPFL Total”, e aindicação do estabelecimentomais próximo vinha com oaviso na parte inferior dascontas de energia.Além das casas lotéricas,as agências da Caixa Federaltambém voltaram a receber ascontas da CPFL.
Contas da CPFLpodem ser pagasnovamente nascasas lotéricas
Contas
A Fiação de São Manuel -Têxtil Itatiba, ligada ao grupoFranco Mattos – demitiu estasemana 130 funcionários.Segundo Francesco DelMissier, gerente industrial daempresa,
“a medida se feznecessária devido à situaçãodo mercado têxtil atualmente,não só aqui, mas em todo o Brasil”
.Ele conta que um levan-tamento feito pela ABIT – Associação Brasileira da In-dústria Têxtil e de Confecçãodetectou que no 1º semestrede 2011, entre 60% e 65% dascompras feitas pelos grandesmagazines eram de produtosimportados do mercado asiá-tico e, com isso, a ociosidadenas fábricas do Brasil estariaem torno de 40%, e em tornode 20% nas malharias.
“As 130 demissões ocor-ridas esta semana serviram para a adequação dos custosde manutenção da empresa àrealidade atual das vendas nomercado brasileiro”
, explicao gerente industrial.Del Missier conta quedesde o 1º semestre de 2011o mercado têxtil aguardauma melhoria nas vendas. A
ação, antes das demissõesse efetivarem, deu fériasaos funcionários, chegandoalguns a gozarem 80 dias,funcionando a empresa, nesse período, com metade de suacapacidade.
Números – 
A Fiação de SãoManuel - Têxtil Itatiba – con-tava com 930 funcionários nocomeço do ano. De abril paracá, perto de 100 funcionários pediram a conta e as vagas nãoforam repostas. Esta semanaforam demitidos 130 trabalha-dores, totalizando o fechamen-to de 230 vagas em 2011, até omomento.
“A empresa quer continuar a produzir, mas depende dasvendas para a recontrataçãodos funcionários. Se melhorar recontrata, se não melhorar,terá que ajustar seu quadrode funcionários conforme omercado,adequando-se paramanter a saúde da empresa. Esclareço, ainda, que não hou-ve atraso nos pagamentos dos salários nem dos impostos e aempresa vem honrando todosos compromissos”
,
nalizouFrancesco Del Missier, gerenteindustrial da
rma.
China – 
O grande obstáculo para a indústria nacional, alémde juros, câmbio, carga tributá-ria e produtividade, chama-seChina. Pesquisa da CNI revelaque 45% das empresas queconcorrem com a China noBrasil perderam participaçãono mercado. No mercado exter-no, 67% das empresas do Brasilque competem com a China
caram sem seus clientes.Um dos setores que maissofrem com a concorrênciachinesa é o de vestuário, cujasimportações cresceram 16vezes de 2003 a 2011. O pre-sidente do conselho de admi-nistração da ABIT, AguinaldoDiniz Filho, estima em 200 milo número de postos de trabalhoque deixarão de ser criados no país, este ano, em função dodéficit da balança comercialdo setor.
“Esses empregos serão gerados na Ásia, e nãono nosso país em benefício danossa sociedade”
, disse.
(Fonte site ABIT)
VISITA I
O deputado ederal MiltonMonti participou dos estejosde Aparecida de São Manuel. Eleestava acompanhado da esposa,Liliana Monti, e do irmão, MarcosMonti, presidente da APM – As-sociação Paulista de Municípiose ex-preeito de São Manuel.
VISITA II
O deputado ederal MiltonMonti esteve presente sábado,13, em Jaú, na solenidade de15 anos da Liga de Combateao Câncer. Na oportunidade,diversas autoridades estiverampresentes, inclusive o ministroda Saúde, Alexandre Padilha.
RECINTO
Mais uma vez esta colunachama atenção das autoridadeslocais para o abandono em quese encontra o Recinto MárioCovas. Com o aumento da tem-peratura, as pessoas utilizamo local para azer caminhadas,mas muita coisa há para ser eita.
CULTURA
A coluna Opinião desta se-mana discorre sobre o setorde Cultura em São Manuel,mostrando a alta de apoio eincentivo. Um ato lamentável.Página 02.
ECONOMIA
Matéria de hoje do
JornalO Debate
mostra que a Fiaçãode São Manuel – Têxtil Itatiba,ligada ao grupo Franco Mattos– demitiu esta semana 130 un-cionários e echou outras 100 va-gas, totalizando 230 empregos.Seria a crise dos Estados Unidosbatendo aqui em São Manuel??
CHURRASCO
Vereadores icaram indig-nados com o oerecimento dechurrasco após a aprovaçãode um projeto de lei que trazmelhorias e beneícios à po-pulação. Em contato com esteredator, um vereador afrmouque o churrasco deveria serdado a toda população queserá benefciada com um asal-tamento. Afnal de contas, trazerbeneícios para a população éOBRIGAÇÃO dos vereadores, enão um FAVOR.
BRASIL SEM MISÉRIA
O presidente da APM MarcosMonti participou ontem, 18, noPalácio dos Bandeirantes, emSão Paulo, juntamente com apresidente DilmaRousse, dogovernador Geraldo Alckmine demais autoridades, do lan-çamento do Programa Brasil-Sem Miséria. Destaque paraparticipação e inluência doex-preeito Marcos Monti, co-nhecendo todas as autoridadesimportantes do nosso país, nodesempenho do cargo queatualmente exerce.
PERNILONGOS
A invasão dos pernilongosna cidade tem trazido centenasde reclamações junto à nossaredação. O problema está emtodos os bairros da cidade e étema da coluna Cornetando deSandro Dálio. Página 5A
JUSTIÇA
Inormações apuradas poreste redator dão conta queprocessos por má administraçãopública estariam em mãos deautoridade judiciária local.

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->