Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
428Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Método de Saxofone César Albino

Método de Saxofone César Albino

Ratings:

4.88

(33)
|Views: 45,017 |Likes:
Published by michel.c.lima
Este material vem para prencher uma lacuna no sitema de ensino do instrumento no Brasil. Rompendo com as formas obsoletas que se encontram no mercado, utilizando tanto a notação musical tradicional, como diagramas e recursos visuais proporcionando um aprendizado mais rápido e agradável aqueles que se dispõe a tocar este maravilhoso instrumento. Após anos de testes, este é o material de apoio dedicado aos iniciantes.
Este material vem para prencher uma lacuna no sitema de ensino do instrumento no Brasil. Rompendo com as formas obsoletas que se encontram no mercado, utilizando tanto a notação musical tradicional, como diagramas e recursos visuais proporcionando um aprendizado mais rápido e agradável aqueles que se dispõe a tocar este maravilhoso instrumento. Após anos de testes, este é o material de apoio dedicado aos iniciantes.

More info:

Published by: michel.c.lima on Oct 03, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/18/2014

pdf

text

original

 
~-?Z!?g
CD
indircrr
Saxofoneemsib
e
mib
CESAR
LBINO
 
"O
Homem que nunca errou, foi aquele que nunca fez coisa alguma"Michel Quoist
 
A Arnaldo Gondini, pela coragem de publicar este método e pelo incentivo. A Aloice 5ecco Caetano,pela bela e fretica capa e pelo apoio. A Antônio Domigos 5acc0, Márcia Visconti e DeniseBrandani, pelo carinho, pelas dicas, pelo imenso repertório de piadas que ajudaram a rninimizaros quilômetros rodados pelo estado de 5ã0 Paulo e pelas importantes reuniões
i10
"escritório".A André e 5érgio Nader, pelas observações super inteligentes e pelos pedaços de bolo. A Elenicee Roberto Farias, pela força na parte gráfica. A Celso Mojola, pela peça escrita especialmentepara o método, pelos papos "super-cabeça" antes dos ensaios e por me ensinar a escrever textoscoerentes. A Roberto 5ion. pelas idéias plantadas
no fundo, pelo amor
à
música e ao saxofonee pelas noites de segunda-feira no "Lei-seca". A Jorge Thomas e Elifas Alves, pelo apoio. A PauloBrombal e Regina Lyrio pelas observações referentes ao
texto.
A Aldo e Cássia Bove, pelos socorrose pelas tardes de sexta feira. A Carlos Perrén
e
Alberta (Tano) Ranelucci, pela paciência ecompetência no estúdio. A Liiana Bollos, pela 'harmonia". As minhas duas diretoras. pelo crédito,confiança e incentivo: Cleide Borba Oliveira e 5onia Albano e a todos os alunos que estudaramcomigo nesses anos, por suportarem minhas mudanças e por participarem do processo, emespecial
á
duas alunas extremamente exigentes que me fizeram mudar, diversas vezes, partesdeste método com sugestões e críticas realmente fundamentais: Gwinever Cassetari e ClaraNascimento.Agradecimentos super especiais a Carolina Gomes Coelho (31811926-7/7/2001), minha mãe, porme suportar estudando, por me apoiar nos momentos mais diceis, pelo caráter herdado e pelafé em Deus.Obrigado a todos.César AlbinoMuito tempo foi necessário para elaborar este método. Muito empo foi necessário parafinalizá-
10.
Muitas horas de estudo, muitas horas de aulas dadas e tomadas também. Mesmo antes deter um mestre, eu tinha um problema: onde comprar um saxofone? E se ele quebrar? Quem iráconsertar? Em 1979 só havia uma resposta: Bove. Algumas pessoas que conheceram Pixinguinhadizem: "era o homem mais bondoso que
á
pude conhecer". Infelizmente eu não conheci Pixinguinha,mas conheci esse senhor que parecia ser o irmão italiano dele. Além da bondade, Bove tinha emcomum com Pixinguinha, o hábito de tocar saxofone e de tocar choros. Bove nasceu em 19/12/1925 e morreu em 16/06/1997.
E
assim que quero me lembrar dele: como o homem mais bondosoque conheci. Acredito que todos que o conheceram devem pensar assim também. Em diversassituações onde o caos parece predominar e tenho de interagir, tento imaginá-lo trabalhando emsua oficina com sua serenidade. serenidade,
é
essa a palavra. Aprendi muitas outras coisas comBove, mas ainda não consigo tocar aquela frase que ele tocava sempre que experimentava umsaxofone, e que som, que som de saxofone!Bove: onde quer que você esteja, aquele abraço!

Activity (428)

You've already reviewed this. Edit your review.
este método serve para o sax reto sib?
peterpanpt liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->