Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
32Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Estudos bíblicos para casais

Estudos bíblicos para casais

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 5,792|Likes:
Estudos bíblicos para casais.
http://www.youtube.com/watch?v=MEKaDGni5tY
Estudos bíblicos para casais.
http://www.youtube.com/watch?v=MEKaDGni5tY

More info:

Categories:Types, Speeches
Published by: José Ildo Swartele de Mello on Sep 02, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/03/2013

pdf

text

original

 
ESTUDOSPARACASAIS
Por Bispo Ildo Mello
OAMORNÃOÉOPÇÃO-ÉMANDAMENTOOFUNDAMENTODOCASAMENTO
Amentalidadeutilitaristatemtomadocontadasociedademoderna,ondecadaumbuscaoqueéseu.Éamentalidadeegoístadaautossatisfaçãoedoproveitopróprio(cadaumquerlevarvantagememtudo).Éaquelepatrãoquesugadoempregadoedepoisodispensaquandoestejánãolheinteressamais.Amesmamentalidadedescartávelseobservanocasamento,quandoaspessoasparecemmaisperguntar:“quevantagemqueeulevo?”doque“oqueéqueeuestoutrazendoparaocasamento?”.Osvotoseoscompromissosdocasamento,taiscomo:“nafelicidadeounadesventura,emriquezaounapobreza,comsaúdeouenfermo(a)...atéqueamortenossepare”,sãoquebradoscomamaiorfacilidade.Assim,quasetudosetornadesculpaparaaseparaçãoeodivórcio.Infantilidadeeleviandadesãoumaconstanteemnossasociedade.Oscasaisnãoseesforçammaiscomoantigamenteparaenfrentaresuperarosobstáculosquesurgemaocasamento.Nãounemmaissuasforçaspararemoveroobstáculoousuperá-locomcriatividadeedisposição.Mas,afinal,oqueéocasamento?Seriameramenteumcontratosocialentreduaspessoas?Oquedevesustentarumcasamento?Afaltadeamorseriadesculpalegítimaparasedissolverumcasamento?DietrichBonhoefferescreveuumsermãoparaocasamentodeumasobrinhasua.Disseele:“Ocasamentoémaiordoqueoamorquevocêstêmumpelooutro.EletememsigrandedignidadeeforçaporseraordenançasantaatravésdaqualDeusplanejouaperpetuaçãodaraçahumana,atéofimdostempos.Noamorqueosune,vocêsveemapenasasimesmosnomundo,masaosecasaremtornam-seumelonacadeiadasgeraçõesqueDeusfazaparecerepartirparasuaglória,chamando-asparaoseureino.Emseuamor,vocêsveemapenasosétimocéudasuafelicidade,masnocasamentorecebemumaposiçãoderesponsabilidadeperanteomundoearaçahumana.Seuamorépropriedadeparticular,masocasamentonãopertenceavocês;éumsímbolosocial,umafunçãoderesponsabilidade
.”
Aimportânciadaaliança-Compromissoefidelidade-Deusodeiaorepúdio:meditarem
Malaquias2.10-16
.
CONCLUSÃO:
1.
 
Divórcionãoéumaopçãoparaocristãoenemasoluçãoparaosproblemasderelacionamento.2.
 
OtemordoSenhoréabasedesustentaçãodosnossosrelacionamentos(
Ef5.21,22e25;Cl3.18)
-observandoasexpressões“notemordoSenhor,“comoaoSenhor”,“comoconvémnoSenhor”;éabaseparaasoluçãodasdiferenças,criseseproblemas3.
 
Entãoocasal,notemordoSenhor,develevarasériosuaaliançaecompromisso;devemprocurarnutriroamoreosafetos.Cadaumdeveseesforçarporpreservaraunidade,aharmonia,promovendo,assim,afelicidadedolar
 
ENFRENTANDOCRISESEDIFICULDADESNOCASAMENTO:
Debatersobrecomoagiremsituaçõescomplicadas.Podemoslevantarsituaçõesreaisehipotéticasvisandoreceberacontribuiçãodosmembrosdogrupoparaquaisseriamasmelhoresatitudesemtaiscircunstâncias.Quaisosprincípiosquedevemnortearnossasatitudes?Precisamosaprenderalidarumcomooutro.
ALGUMASÁREASDEATRITO:
1)
 
Comportamento:Temperamento-reagimosdemododiferente,etc.2)
 
Psicológicos:traumaseferidasnaalma(necessáriosersensívelaocônjuge,conhecerseusdilemasinteriores,seustraumasfamiliares:maneiracomofoicriada,etc.);3)
 
Criação:hábitosfortíssimosearraigados(toalhaseroupasjogadas;limpezaehigiene;etc.)4)
 
gostosdiferentes5)
 
supervalorizaçãodoirrisório,sefazumatempestadenumcopod'água(ronco,porexemplo)6)
 
Decisõeseescolhas;decisõespessoaiseprofissionais(omarido,porexemplo,quevivetrocandodeempregoecomunicadepoisaesposa;mudança,compras,etc.Oidealseriaumaprofundaparticipaçãonasdecisõesmútuas)7)
 
Finanças8)
 
Intromissõesdefamiliareseamigos;comodeveserorelacionamentocomossogros?Quemdeveestabeleceroslimites?Comoevitarproblemasnestaárea?Comosolucionarosjáexistentes?9)
 
Sexoeafeto10)
 
Quandoocônjugeénegligenteparacomassuasresponsabilidades;11)
 
Vícios;12)
 
FaltadeComunicação;palavrasdurasecruéis;carênciadepalavrasamigasecheiasdeafeto;faltadeelogiosemparticulareempúblico;13)
 
Ciúmes;14)
 
infidelidade,mentiras.
OQUEFAZERQUANDOBRIGAMOS?
Somoshumildesparareconhecerosnossoserrosousemprenosjustificamos?Sabemospedirperdão?Somosmadurososuficienteparaperdoarebuscarareconciliação?Tomamosainiciativaparaareaproximaçãoouficamosesperandoqueooutroofaça?Estamosdispostosarenunciaraquiloqueestorvanossorelacionamentoconjugalefamiliar,abandonandoumaatitudeegoístaebuscandoobemcomumatodos?Oquecadacônjugepodefazerparamelhoraroseucasamento?

OQUEFAZERQUANDOOAMORESFRIAOUACABA?
Vamosaopróximoestudo:“ascaracterísticasdoamor-
ICo13.4-8
(napróximapágina).Vamosnosconcentrarnaquiloquepodemosfazerparamelhorarnossocasamento.Amoréverbo,éação.Oamornãoéalgoexternoanós,comoumraioquecaisobrenós,arespeitodoqualnãopodemosfazernada.Somosresponsáveispeloamor.Nãopodemosdizer:“Oquemerestafazersenãodesistiragoraqueoamoracabou?”.Pois,vocêpodeinvestirnoamor,plantar,regar,cultivar,fazercrescer.Oamoréarmapoderosaquepodetransformartodaequalquersituação.Planteoamorecolheráofrutodafelicidade.DevemosamarassimcomoDeusnosamou,demaneiraincondicional.Mas,muitosdizem:“Euamareiseele(a)fizerissoeaquilo.”
 
 ASCARACTERÍSTICASDOAMOR-ICORÍNTIOS13.4-8
Nooriginalgrego,todasasdescriçõesdoamorsãoexpressaspormeiodeverbos,enãopormeiodeadjetivos,oquenosfazlembrarqueoamoréumaforçadinâmica,enãoestática.Oamorémaisquesentimento,éação.Oamorseexpressapormeiodeatitudes.
OAMORÉ:
PACIENTE (V.4)
Custa a ficar zangado e irritado; não levanta a voz e nem perde acalma. Sabe esperar o tempo certo, sem murmurar. Tem umatremenda capacidade para suportar.
BENIGNO (V.4)
gentil;cortês;carinhoso;cheiodebonsfrutos;útil;semanifestadediversasformas:presentes,flores,lembrancinhasinesperadas,algopreparadocomcaprichoemuitosoutrosgestosatenciosos.
 
NÃO É CIUMENTO (V.4)
1 Jo 4.8 - “... o perfeito amor lança fora o medo.” O ciúmeextingue o amor. Ct 8.6.
NÃO É ORGULHOSO(V.4)
O amor se preocupa em dar-se, e não em afirmar-se. “A soberbaprecede a ruína, e a altivez do espírito, a queda.” (Pv 16.18). Oamor é humilde, preocupando-se em atender às carênciasemocionais e materiais dos outros.
NÃO É RUDE (v.5)
Não é grosseiro, sarcástico ou cínico. É cheio de tato, nada fazendocapaz de levar o outro a se envergonhar. Observa o decoro e asboas maneiras.
NÃO É EGOÍSTA (V.5)
Não busca os próprios interesses. Não busca o seu próprio prazerou sua própria felicidade. O amor nada busca que queira apenaspara si mesmo. Há um ditado popular que diz: “Você quer ser feliz?Não case. Você quer fazer uma outra pessoa feliz? Case.” 
É AFÁVEL (v.5)
Onde a desarmonia, o mau gênio e a irritabilidade dão lugar aternura. O amor não se ofende com facilidade e nem reage com irae hostilidade, seja verbal ou emocionalmente.
É PERDOADOR (v.5)
Não se ressente do mal. Não guarda mágoa ou rancor. Não ficamarcando escores a favor um do outro.
É JUSTO E SINCERO(v.6)
O amor abomina todo mau caminho. Não é como os bisbilhoteirosque se alegram com o mal. Só se produz confiança através dasinceridade. “Nada podemos contra a verdade”.
TUDO SOFRE (v.7)
O amor é sacrificial, não recua facilmente; aguenta; suporta;supera.
TUDO CRÊ (v.7)
Indica aquela qualidade que está sempre disposta a levar em contaas circunstâncias, e a ver nos outros o melhor. É fácil pensar opior, mas o amor retém a sua fé. Não implica que o amor éenganado pela simulações dos velhacos, mas, sim, que o amor estásempre disposto a conceder o benefício da dúvida, não procurandouma razão por em descrédito a integridade de alguém.
TUDO ESPERA (v.7)
É otimista, se recusando a tomar o fracasso como final.
TUDO SUPORTA (v. 7)
Traz a ideia de constância. É a resistência de um soldado que, nogrosso da batalha, não fraqueja, mas continua indo em frente, semparar, vigorosamente. O amor não se deixa vencer. Tudo suporta,tudo supera. Não desanima. Prevalece contra todos os obstáculos.Vence!
Somosimperfeitos-precisamosdeajuda-Necessidadedeperdão
(Mt18.21-22;19.13-15)
;Nãoguardarrancor
oumágoas
(Ef2.26e27).
Semperdãonenhumarelaçãoadoissobrevive.

Activity (32)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Marcos Silva liked this
Jose Ivanildo Dos Santos added this note
parabens que muintos casais venhan colocar en pratica estas verdades
Flavio Ferreira Tavares added this note
ESSE ESTUDO E MARAVILHOSO , ESTAREI MINISTRANDO NA MINHA IGREJA.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->