Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
94Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila Teoria Geral da Administração TGA - Parte 2

Apostila Teoria Geral da Administração TGA - Parte 2

Ratings:

4.71

(7)
|Views: 13,741 |Likes:
Published by osnircosta

More info:

Published by: osnircosta on Oct 05, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/16/2013

pdf

text

original

 
ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS &MÉTODOS
AS ORGANIZAÇÕES NO SÉCULO XX
APOSTILA - 2ª PARTEPROFESSORA: JOELMA JACOB GARCIA2007\2
 
Em função das conseqüências geradas pela Revolução Industrial já comentados anteriormente- o crescimento desorganizado e acelerado das organizações, alterando-lhes o tamanho e acomplexidade; e a necessidade de aumentar-lhes a eficiência e competência a fim de fazer frente à crescente concorrência e competição, o engenheiro americano Frederick W Taylor passou a aplicar princípios científicos para organizar o trabalho dentro das fábricas..O cenário da época estava, então, impregnado de empresas com diferentes tipos de problemas(baixo rendimento da maquinaria utilizada, insatisfação, desperdício, concorrência, etc). Foinesta época que surgiram, entre outros, os trabalhos pioneiros de Taylor e Fayol. “Muitoembora ambos não tenham se comunicado entre si e tenham partido de pontos de vistadiferentes e mesmo opostos, o certo é suas idéias constituem as bases da chamada
 Abordagem Clássica
ou
Tradicional da Administração
... (...) Inicialmente, os autores clássicospretenderam desenvolver uma
Ciência da Administração
, cujos princípios, em substituição àsleis científicas, pudessem ser aplicados para resolver os problemas da organização.”(Chiavenato, 1993)
Teoria da Administração Científica
Taylor - Escola de Administração Científica (
ênfase nas tarefas
). No 1
o
período de sua obra, Taylor dedicou-se à racionalização do trabalho operário através doEstudo dos Tempos e Movimentos. Concluiu que a remuneração deveria estar ligada àprodutividade, pagando melhor quem mais fizesse.Características:- Pagamento aos operários era feito por tarefa.- Análise e decomposição das tarefas de cada operário.- Racionalização do trabalho.- Pagamento baseado na produtividade.O 2
o
período caracterizou-se pela definição dos princípios de administração que poderiam ser aplicados a todas as situações da empresa. Taylor considerava o empregado vadio, negligentee irresponsável; entre outras coisas, defendia a racionalização do trabalho operário e, emfunção disto, a reestruturação geral da empresa.Dito de outra forma: no 2
o
. período houve a aplicação da racionalização do trabalho com afinalidade de evitar os problemas administrativos da época:a) vadiagem ocasionada por:- medo de perder emprego;
 
- pagamento por tarefa;- métodos ineficientes.b) desconhecimento pela gerência dos tempos de produção.c) diversidade de técnicas de trabalho - falta de método uniforme.Os principais aspectos da Organização Racional do Trabalho (ORT) são:- A
nálise do Trabalho e Estudo dos Tempos e Movimentos
 Decomposição da tarefa e de cada operação da tarefa em uma série de movimentos simples eeliminação dos movimentos inúteis.- E
studo da Fadiga Humana
 Fadiga considerada como redutor da eficiência; os movimentos relativos ao corpo, ao lay-out eaos instrumentos de trabalho deveriam ser racionalizados eliminado aqueles que produzissemfadiga.-
Divisão do Trabalho e Especialização do Operário
 “... o trabalho de cada pessoa deveria, tanto quanto possível, se limitar à execução de umaúnica e simples tarefa predominante...” propiciando a especialização.- D
esenho de Cargos e Tarefas
 Especificava-se o conteúdo do cargo, ou seja, as suas tarefas, como executá-las e a relaçãocom os demais cargos.-
Incentivos Salariais e Prêmio de Produção
 Remuneração baseada na produção individual.-
Conceito de Homo Economicus
 Considerava-se que as pessoas eram profundamente influenciadas por recompensas salariais,econômicas e materiais.-
Condições de Trabalho
 Adequação de instrumentos e locais de trabalho, garantindo o bem estar físico do trabalhador,diminuindo-lhe a fadiga.-
Padronização
 De tudo - dos procedimentos, passando pelas pessoas, indo até a matéria prima. O objetivo eraobter a uniformidade e reduzir custos.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->