Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
26Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Sankaran - Miasmas

Sankaran - Miasmas

Ratings: (0)|Views: 30,597 |Likes:

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/09/2013

pdf

text

original

 
MIASMASHahnemann percebeu, no decorrer da sua prática da Homeopatia, que, numgrande número de doenças crónicas, os sintomas não eram suficientes parase chegar ao remédio correcto.Na sua busca pelo remédio correcto, aquele que cura o mais completa epermanentemente possível, ele ficou convencido da existência de umadoença mais profunda, mais fundamental ou primitiva, que ele chamou demiasma.Em cada caso, portanto, tanto o miasma quanto os sintomas tinhamque serlevados em consideração. Hahnemann dividiu as doenças em três principaiscategorias:As que surgem da sarna suprimida (miasma psórico), da gonorreia (miasmasicose) e da sífilis suprimida (miasma sifilítico) e identificou remédios paracada um desses grupos.Instruiu aos seus alunos a estabelecerem primeiramente qual seria a doençafundamental ou o miasma em cada caso, para depois seleccionar umremédio anti-miasmático apropriado para restaurar a saúde do paciente.
 
MIASMASA sua busca por mapas na Homeopatia levou-o a examinar a teoria dosmiasmas de Hahnemann. Compreendeu que os miasmas são o tipo depercepção que a pessoa tem de uma situação.diferentes maneiras pelas quais uma situação pode ser percebida, e cadamiasma representa uma forma de perceber a situação.Mais recentemente, tendo aguçado a sua percepção ao ponto de ter sidocapaz de perceber os níveis mais profundos da energiae da sensação,também considerou que o miasma éa profundidade em que a sensação vitalévivenciada.Em correspondência àexperiência interna dessa profundidade, háumaatitude que évisível externamente. Por meio dessa atitude, reflecte-se ograu do desespero que a pessoa sente.Quanto mais profundo for o miasma, maior éo desespero.
 
MIASMASO miasma agudo pode parecer uma excepção a isso, que, em muitoscasos, o desespero do miasma agudo parece assemelhar-se ao do miasmasifilítico.(A diferença entre os dois éexplicada mais adiante nesse capítulo). Omiasma, portanto, no meu entendimento, éuma medida de quanto ou quãointensa, ou quão aguda ou crónica, ou quão profunda ou desesperadamentea situação épercebida.Vamos esclarecer esses conceitos com a ajuda de exemplos.Primeiramente, examinaremos uma situação, e tomar o exemplo da presençade um criminoso na vizinhança.Se um criminoso entra num determinado local durante a sua fuga da policia,muitos moradores desse local podem vivenciar um medo agudo e intensopor sua vida.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->