Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Correio do Amorim - Setembro 2011

Correio do Amorim - Setembro 2011

Ratings: (0)|Views: 202|Likes:
Published by Luiz de Campos Jr
Jornal da comunidade da EMEF Des. Amorim Lima, São Paulo-SP, Setembro/2011
Jornal da comunidade da EMEF Des. Amorim Lima, São Paulo-SP, Setembro/2011

More info:

Published by: Luiz de Campos Jr on Sep 06, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/07/2011

pdf

text

original

 
Os alunos decidiram, em assembleiarealizada no dia 26 de maio:• Manter os armários com portase cadeados (sabendo que os armários àépoca estavam destruídos, amassados,pichados e sem portas);• Fazer Rodas de Conversa sobreo uso dos armários;• Criar uma comissão de responsabilidadecom alunos de todas as séries da escola,mais o uncionário
Douglas
, queorganizaria e aria as deliberações, sugestõese ações propostas.Muitas oram as reuniões e as propostasao longo das rodas de conversa, semprepensando em como utilizar os armários demaneira responsável: cuidar, zelar, vigiar einormar tudo o que ocorria comos armários, e pensar também emcomo reparar os estragos atuaise os uturos caso ocoram.Decisões importantes oram aprovadas:• O
Douglas
arrumou os armários possíveisA Assembleia de Pais do dia 30/08 roloude um jeito dierente: em vez de uma pautapré-defnida, os temas oram decididos pore-mail e no começo da reunião, para incluirtambém os pais que não têm acesso a e-mails.Esta nova orma de realizar a assembleia é umesorço coletivo para democratizar e ampliar aparticipação dos pais.Os temas discutidos oram os seguintes:
Sala de informática
;
Comunicação
;
Segurança e Violência
;
Ocorrência de piolhos
.Para participar do grupo de e-mails,que tem mais de 260 inscritos,Ainda há vagas abertas para a comunidadenas aulas de Yoga que acontecem desdemaio na escola. As aulas são ministradaspela instrutora e fsioterapeuta
Raquel Bemfca
.Yoga é uma ciência milenar, que consistenum conjunto de técnicas para propor-cionar bem estar ísico e mental. Venhaparticipar e benefciar sua saúde!Os interessados devem comparecer napróxima aula trazendo uma toalha ou cangapara prática.
Horário: quartas-feiras, das 18h15 às19h15, no salão 1.
Comunidade da EMEF Desembargador Amorim Lima - Setembro de 2011
E osarmários?
uma assembleiadiferente
e receber as mensagens daComunidade do Amorim, escreva para
apmdoamorim@gmail.com
.de recuperação no 1º andar da escola, queagora estão prontos para uso. Parte do 2ºandar também está recuperada, mas altammateriais como portas e pinos de encaixe. Acomissão está estudando uma orma de darcontinuidade a esse trabalho.Por exemplo: azer uma ria na Festa daCultura para arrecadar dinheiro para acompra dos materiais restantes.Depois dessa recuperação e do intensointeresse dos alunos em manter e ver osarmários arrumados, as depredações quasecessaram, o que oi um grande avanço.O maior problema, ao que parece, era aperda ou esquecimento da chave docadeado pelos alunos. Como não haviachave reserva, alguns alunos destruíam asportas dos armários para pegar os materiais.Ainda altam algunspontos para termos o uncionamento dosarmários para todos os alunos:• Desocupar todos os armários que aindaestão em uso e renumerá-los;
há vagaspara aYoga noAmorim
Crianças online
Em relação à sala de inormática, omosinormados que esta fnalmente começoua uncionar. Alguns pais mostraram-seinteressados em montar uma comissãopara pensar e trabalhar maneiras paraaproveitar melhor este espaço. Se vocêtem interesse, fque de olho.• Marcar novaAssembleia deAlunos para mostra
 
ros avanços destaComissão deResponsabilidade;• Recomeçaro uso com Termode Compromisso assinado pelo responsáveldo aluno, e entregando uma chave reservado cadeado de cada armário a ser utilizadopara fcar no prontuário do aluno.Vale lembrar que todo o trabalho realizadoaté agora deve ter o apoio de todos– uncionários, pais de alunos, proessorese alunos – para, em conjunto, colocarmosos armários para uncionar.
Comissão de responsabilidade dosarmários (coordenação:
Douglas Boni 
)
Dia 17FESTA daCUltura
NÃO PERCA!!!
 
O piolho é um bichinho chato e persistente,que se reproduz rápido e exige cuidadosque vão além da lavagem dos cabelos. Masmais chatas ainda são as lêndeas –os ovos dopiolho. As êmeas colocam os ovos no cabeloe fxam esses ovinhos com um “cimentopoderoso. Fora da cabeça, um piolhosobrevive apenas 48 horas. Mas numambiente quentinho e cheio de alimento– nossa cabeça–, ele vive até 40 dias!Para acabar com os piolhos, os comprimidosdistribuídos gratuitamente nos postos desaúde costumam resolver. O problema é queeles não aetam as lêndeas, que em quatro asete dias viram novos piolhos, que vão botarmais 10 lêndeas por dia, que em mais quatroa nove dias vão virar mais 40 piolhos, que vão botar mais 400 lêndeas... É importanteinterromper esse ciclo no começo, eatacar a cabeça de uma vez, matando ospiolhos e as lêndeas. Mas se o remédio nãomata as lêndeas, como acabar com elas? Temdois jeitos: um é aplicar um xampu à basede permetrina, que também é distribuído degraça nos postos de saúde. Outro é uma velhareceita caseira conhecida por todo mundo:usar vinagre diluído em água –ele amoleceo “cimento” que fxa a lêndea. Mas o maisimportante, qualquer que seja o métodoescolhido, é caprichar no pente fno, retirandoas lêndeas e matando-as sem dó.
Para mais informações, visite o sitewww.piolho.org.br
Uma comissão só pra eles...
No Amorim, como em quase todas asescolas, os piolhos são um problemarecorrente. Por isso, um grupo de paisresolveu criar uma comissão para bolar açõesde combate a esses bichinhos.
Para participar, mande um e-mail paraa
Nilce 
, mãe da
Gabriela 
, do 3º ano:n.tonetti@yahoo.com.br
Prevenir é legal!
É muito importante examinar a cabeça dospequenos duas vezes por semana, porquealgumas crianças são pouco sensíveis àspicadas dos piolhos. Elas não sentem coceira,e acabam servindo de oco de disseminaçãoaos colegas. Procure também sinais de pica-das (pequenos pontos vermelhos). Caso seuflho seja contaminado, comunique à escola.Finalmente, depois de anos de mobilizaçãoda comunidade do Morro do Querosene, apreeitura de São Paulo decretou o terrenoem que fca Chácara da Fonte como deutilidade pública. Isso signifca que os 35,4mil m
2
da região serão desapropriadospara virar um parque. E a onte vai sernovamente liberada para visitas– em 2008 oi construido um muro paradifcultar o acesso.Construída no século 18, era paradaobrigatóriade tropeiros ebandeirantes queaziam a viagemelo “Caminho doPeabiru”, trilhaque atravessavao continente eque era utilizadapelos índios embusca de comida.Além de seupapel histórico,a Chácara daFonte tem umaimportânciaambiental, poisabriga remanescentes da mata atlântica etrês nascentes.
Discutindo a história e o meioambiente
No próximo dia 13, acontece o simpósio“Juntos no Peabiru”, no auditório doInstituto Butantan. O evento é aberto àcomunidade. Veja as conerências:
História e arqueologia - das 9h às 12h30Com
Rossana Lopes 
(arqueóloga doIPHAN),
Júlio Abe 
(diretor do Instituto deGeografia e História de São Paulo),
Benedito Prezia 
(antropólogo eindigenista),
Luiz Galdino 
(escritor do livro
Chegadepiolho!Chácara da Fontevaivirar parque
02
“Os Incas no Brasil”) e
Hernani Donato 
 (escritor, historiador, jornalistae professor).Meio ambiente e urbanismodas 13h30 às 17h
Aziz Ab’Saber 
(geógrafo),
Ros Mari Zenha 
 (Pesquisadora do Instituto de PesquisaTecnológica de São Paulo - IPT) e
Nabil Bonduki 
(arquiteto e professor dePlanejamento Urbano da FAU-USP)
Peabiru nos palcos
A peça teatral Peabiru, o Caminho Suaveconvida os espectadores a reetir sobrea exploração desenreada, o respeito aomeio ambiente e o conhecimento da nossacidade com base na polêmica entre seconstruir um shopping ou um parque naChácara da Fonte. A entrada é gratuita.
DatasDia 17/09, às 17h, no teatro CEU ButantãDia 22/09, às 20, no Teatro CEU UirapuruDia 01/10, às 11h, no Páteo do ColégioDia 07/10, às 21h,no Centro Cultural Rio VerdeDia 12/10, às 17h, na Rua da Fonte
 
fotos
Kim Cober
e
Marcelo Goberstein
03
moradores... Se a comunidade ossecomposta por 10% de classe AB, 50% declasse C e 40% de classe D, essa seria aproporção dos alunos matriculados.As disciplinas eram estudadas a partirde um tema central, escolhido em umaassembleia de proessores e alunos. Alémdas matérias comuns, havia aulas maisinusitadas, como artes industriais,práticas agrícolas e educação doméstica.Meninos e meninas estudavam juntos e aprendiam a trocar raldasou cozinhar juntos. Eram os alunosque cuidava da cantina, e existiaum banco interno, com chequee dinheiro próprios.Mas a cereja do bolo eram os estudosdo meio, quando as turmas viajavampara municípios vizinhos e até outrosestados. Uma turma chegoua ir para a Bolívia!Essa escola ormava alunos críticos,engajados e contestadores, o que,inelizmente, não era visto com bonsolhos pelos militares.A promulgação do AI-5, em 1968, selouo fm do vocacional, uma das experiênciaseducacionais mais bem-sucedidasda nossa história.
Mais informações: www.gvive.org
No dia 10 de agosto, oi exibido naescola o documentário “Vocacional,Uma Aventura Humana”, dirigido porToni Venturi. O flme conta a históriados ginásios vocacionais, criados nadécada de 60, e que tinham um perflbem dierente das escolas tradicionais.Após a exibição, um grupo ormadopor ex-alunos, ex-proessores e por umadas idealizadoras do projeto, fcou àdisposição dos espectadores para alarsobre sua experiência e também paraconhecer um pouco do nosso projetoaqui no Amorim, que tem vários pontosem comum com o vocacional. (Um dosex-alunos veio até participar da nossaAssembleia de Pais!)
Uma breve história
Antes de inaugurar uma unidade, era eitauma pesquisa na região, para conhecer a zcomunidade, os tipos de comércioe empresas locais, as classes sociais dos
EscolavocacionalBonappétit!
Neste ano, um pai recém-c
 
hegado aoAmorim trouxe uma proposta de almoçodierente para comemorar o Dia dos Pais.Proessor de gastronomia e hotelaria daFaculdade Anhembi-Morumbi, o che 
Luiz Gonzaga
queria azer um almoço “classudo”,com serviço à americana, toalhas de tecido,drinks especiais de boas-vindas e umcardápio caprichado, mas sem rescura.No dia 13 de agosto, trouxe uma equipede alunos da aculdade e o proessor
FabioGomes
para comandar as panelas e prepararos pratos. Todos os 300 lugares previstosoram preenchidos, o que deu bastantetrabalho para a equipe de 12 “garçonetesencarregada dos salões –várias mães, adiretora
 Ana Elisa
e as proessoras
 Ana Cecília
e
Suzana
.Mas não oram sóos pais que tiveramtratamentoprivilegiado nessedia. Mães e alunostambém puderamparticipar. No fnal,os convidados eramsó elogios. Só umadúvida fcou no ar:o que podemos esperarno dia das Mães? ;-)

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->