Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Libras

Libras

Ratings: (0)|Views: 121 |Likes:

More info:

Categories:Types, Research
Published by: Bruna Larissa Carvalho on Sep 11, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/01/2013

pdf

text

original

 
UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULOFACULDADE DE JORNALISMO E RELAÇÕES PÚBLICASCURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL / JORNALISMO
A EDUCAÇÃO BILINGÜE PORTUGUÊS / LIBRAS COMOINICIATIVA SOCIAL / EDUCACIONAL
CELACOM’ 2005“O LEGADO UTÓPICO DE MÁRIO KAPLÚN”
Bruno César Cova GALHARDIDaniel Augusto Ribeiro PEREIRAGuilherme Enrico SALVIATITalita Kubinhetz Barros ITABAIANA
 
A educação bilíngüe Português / Libras como iniciativa Social /Educacional
Bruno César Cova GALHARDI – Curso de Jornalismo (UMESP)Daniel Augusto RIBEIRO Pereira - Curso de Jornalismo (UMESP)Guilherme Enrico SALVIATI - Curso de Jornalismo (UMESP)Talita Kubinhetz Barros ITABAIANA - Curso de Jornalismo (UMESP)
Introdução
Uma condição fundamental de todo comunicador é saber comunicar, escreveuMario Kaplún em
 El Comunicador 
. A comunicação é um fator indispensável em nossocotidiano, é um processo que envolve o receptor e interlocutor a alcançarem uma idéiacomum, um destino único.Os portadores de deficiência auditiva não gostam da denominação de deficientesauditivos, por isso trataremos deles como surdos, assim como eles mesmos aceitam ser chamados.Analisando as formas de comunicação dos surdos, temos a Libras (Língua Brasileirade Sinais), que é reconhecida no Brasil como meio legal de comunicação e expressão.Utilizando-se da Libras, existem o Oralismo, enfatizando a comunicação de surdo comouvinte, o Bilingüismo, que garante o entendimento entre surdos e surdo e ouvinte desdeque a língua de sinais seja oferecida como uma língua natural e eficiente, entre outras.Língua natural para os surdos, a Libras não é aproveitada em sua totalidade nem pelo ensino fundamental e médio tampouco pelo superior. O aluno assiste à aula e não pode compreende-la. No Brasil, há somente 10 faculdades que contam com intérpretes,somando 27 deles. Sem tais ‘tradutores’ não há como o aluno deficiente abarcar oconhecimento transmitido a não ser que o próprio docente seja fluente em Libras, assimsendo, a aula seria totalmente tangível e acessível para os alunos em questão.A maioria das crianças surdas é filhos de pais que escutam normalmente, ou seja, amaior parte da população de surdos tem pais ouvintes. E nesse caso, se a criança sómantiver contato com os pais, a possibilidade de ela não conseguir lidar com a deficiência é
 
muito maior. O infante surdo deve ter constante contato com adultos, também, surdos efluentes em Libras para se acostumarem e adquirirem uma linguagem espontânea, assimcomo disse Vigotsky: a linguagem é a ferramenta lingüística do pensamento. Deste modo, alinguagem, cuja função primaria é a comunicação e se adquire no intercambio social, entraem uma indissolúvel relação com a capacidade de generalização que ocorre na base daatividade pensante (VIGOTSKY, 1934).Os surdos enfrentam uma árdua luta na sua comunicação e aprendizagem. São poucas as pessoas que sabem Libras com fluência e insuficientes são as escolas, colégios,universidades que aplicam a Libras em seu programa.
Diadema e a E. M. E. E. Olga Benário Prestes.
Situada no aglomerado industrial do ABCD, em São Paulo, Diadema, municípiocom área total de 30,7 km
2
, é marcada pela presença de indústrias e fábricas. Da mesmaforma, é considerada uma das cidades com maior índice de violência na região. Há umagrande parcela da população considerada carente, e ainda sem acesso pleno a todos osrecursos oferecidos pelo município. Neste município encontramos a Escola Municipal de Ensino Médio (E. M. E. E.)Olga Benário Prestes, fundada em 1988 e com, atualmente, 167 alunos (entre 1
a
a 8
a
séries emais três salas de Educação de Jovens e Adultos, EAJ), onde se observa um trabalho sério eextremamente responsável.Com uma equipe de docentes quase sempre formados em pedadagogia comespecialização em EDAC (Educação de AudioComunicação), a instituição, localizada naRua São Genaro, 149, Centro de Diadema, é a única em seu município a prestar atendimento exclusivo ao Surdo.Mesmo com a grade curricular limitando-se ao Ensino Fundamental, o Olga BenárioPrestes passa a exercer um papel fundamental na vida do Surdo. É na instituição que ele poderá manter contato com seus semelhantes de maneira facilitada, buscar apoio dosdocentes em variadas situações, ou simplesmente cultivar as amizades que criou durantesua passagem pela escola. Não raro, como relatam os docentes, ex-alunos mantêm contato

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->