Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
6Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Isolamento da Cafeína e Síntese por Sublimação

Isolamento da Cafeína e Síntese por Sublimação

Ratings: (0)|Views: 679 |Likes:
Published by Henrique Fernandes

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Henrique Fernandes on Sep 13, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/27/2013

pdf

text

original

 
 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁINSTITUTO DE TECNOLOGIAFACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA
Disciplina: Química Orgânica ExperimentalProfª: Eloisa Helena de Aguiar Andrade
RELATÓRIO REFERENTE À SÍNTESE DA CAFEÍNA E PURIFICAÇÃO POR SUBLIMAÇÃO.Belém, 17 de junho de 2010
Ana Raquel Oliveira LouzeiroDaniel Nascimento dos SantosEder José Pereira JúniorHenrique Fernandes Figueira BrasilJéssica Maria Morais CostaRaimunda Nonata Consolação e Branco
 
 2
1. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
A cafeína é um composto químico de fórmula molecular C
8
H
10
N
4
O
2
, sendodesignada quimicamente como 1,3,7-trimetilxantina. Ela apresenta-se sob a forma deum pó branco ou de pequenas agulhas, que fundem a 238°C e sublimam a 178°C emcondições normais de temperatura e pressão. É extremamente solúvel em água quente,não tem cheiro e apresenta sabor amargo. Esta substância é classificada como umalcalóide do grupo das xantinas. Alcalóides são substâncias orgânicas nitrogenadas decaráter básico, geralmente de origem vegetal, e que provocam efeitos fisiológicoscaracterísticos nos organismos humanos. No entanto, nem todas as substânciasclassificadas como alcalóides obedecem rigorosamente a todos os itens desta definição,pois se sabe que o alcalóide da pimenta (piperina) não é básico, mas tem acentuada açãofisiológica. Sendo assim, do ponto de vista químico, os alcalóides não constituem umgrupo homogêneo de substâncias, porém, a maioria dos alcalóides apresenta estruturaquímica derivada de um composto heterocíclico (site 1).
Figura 1
 – 
Cafeína [1,3,7-trimetil- 1H-purino- 2,6(3H,7H)-diona]
A cafeína foi isolada do café por Runge em 1820 e do chá preto por Oudry em1827. Ela é encontrada ainda no guaraná, erva-mate e em outros vegetais e éresponsável pelo efeito estimulante de bebidas como chá, café e refrigerantes. É tambémum dos princípios ativos de bebidas ditas energéticas.Entre o grupo das xantinas, a cafeína é a que mais atua sobre o sistema nervosocentral. Ela atua ainda sobre o metabolismo basal e aumenta a produção de sucogástrico. Doses terapêuticas de cafeína estimulam o coração, aumentando a suacapacidade de trabalho, produzindo também dilatação dos vasos periféricos. NaMedicina, a cafeína é usada como estimulante cardíaco e também como diurético leve(site 2).
 
 3
Uma xícara média de café contém aproximadamente 100 miligramas de cafeína.Já numa xícara de chá ou num copo de alguns refrigerantes encontram-se 40 miligramasdessa substância. Sua rápida ação estimulante faz dela um poderoso antídoto àdepressão respiratória em conseqüência de intoxicação por drogas como, por exemplo, amorfina. A ingestão excessiva pode provocar, em algumas pessoas, efeitos negativoscomo irritabilidade, ansiedade, agitação, dor de cabeça e insônia. Os portadores dearritmia cardíaca devem evitar até mesmo dosagens moderadas dessa substância. Altasdoses de cafeína, por excitar demasiadamente o sistema nervoso central, podemdesregular os reflexos medulares, podendo então ser letal. Estudos demonstraram que adose letal de cafeína para o homem é, em média, 10 gramas. Outros estudos sobre acafeína estão associados ao tratamento de algumas doenças, mostrando efeito positivona prevenção do mal de Parkinson, no tratamento do transtorno do déficit de atenção etambém na prevenção do câncer de pulmão entre fumantes.
Tabela 1 - Quantidade de cafeína em cada produto
Deste modo, no Laboratório de Química Orgânica da Universidade Federal doPará, sob supervisão da professora Eloisa Andrade, foi realizado o isolamento da

Activity (6)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Thais Viana liked this
Lorena Soares liked this
Rui Felizardo liked this
Viriato Virgilio liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->