Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
11 de setembro

11 de setembro

Ratings: (0)|Views: 12|Likes:
Published by Mari

More info:

Published by: Mari on Sep 16, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/14/2012

pdf

text

original

 
 
Os 10 anos dos atentados de 11 de setembro
No dia 27 de agosto de 2011 aconteceu, no auditório do campus I do Centro deEducação Tecnológica de Minas Gerais as palestras ministradas por:Professor Jorge Mascarenhas Lasmar: Bacharel em Direito pela Universidade Federalde Minas Gerais e em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católicade Minas Gerais. Mestre em Direito Internacional pela Universidade Federal de MinasGerais. Doutorou-se em Relações Internacionais na London School of Economics andPolitical Sciences tendo contado com bolsa da CAPES (1o lugar do Brasil na área).Atualmente é advogado e professor das Faculdades Milton Campos e da PontifíciaUniversidade Católica de Minas Gerais. Possui trabalhos publicados em quatrolínguas, tem ampla experiência na mídia e conquistou vários prêmios, bolsas econdecorações como a Medalha da Inconfidência e o 1o lugar no concurso nacionalde teses do Instituto dos Advogados de Minas Gerais, IAMG. Atua principalmente nasáreas de jurisdições internacionais, política internacional, teoria das relaçõesinternacionais, segurança, terrorismo e conflitos internacionais.Professor Mestre Vladimir Pinto Coelho Feijó: Graduado em Direito pela UFMG;Graduado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de MinasGerais; Mestre em Direito Público Internacional pela UFMG; Professor Assistente doIBMEC/MG; Professor Adjunto e Coordenador do Curso de Direito da FEAD; Membrodo Conselho Diretor da Empresa Júnior de Relações Internacionais (EJRI)
 –
Diretor daEditora de Relações Internacionais (ERIN)
 –
Editor-Chefe e Redator do JornalObservatório Internacional
 –
Editor-Chefe e Redator do Jornal Mirante Cucaracha.Parte I
 –
Síntese das idéias discutidas no evento:O primeiro significado de terrorismo era atribuído a desastres naturais que causavamansiedade na população, como por exemplo, terremotos. Passou, então, a significarviolência abusiva do Estado; depois, ainda, ato abusivo da população contra o Estado.
CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA
 –
MGDepartamento de Ensino de 2º Grau
Departamento de Ciências Humanas e SociaisFundamentos de Sociologia Política
 –
Prof. Bráulio Silva ChavesTurma: Química 3AAluno: Mariana Gabriela de Oliveira
 
Hoje, a palavra terrorismo é pejorativa. Muitos questionam o termo: chamam-selibertadores, revolucionários, etc.
 Alex Schmid o sintetiza como modo de ação
violenta que inspira ansiedade, sendo empregada clandestinamente e por váriosmotivos. O alvo direto da violência não é o alvo principal, ao contrário da violência
comum.”
De toda forma, o terrorismo não é produto da sociedade atual, ele sempreexistiu. São diversos exemplos na história: os Thugs (séc. XII e XIX), Guy Fawkes(1605), Ku Klux Klan (1865), terrorismo de esquerda (déc. De 50 a 90).Osama Bin Laden era de uma família muito grande e sempre foi o tipo de pessoamarginal a tudo, muito tímido, não chamava a atenção. Sua primeira aventura foi irpara a guerra, na época da Guerra Fria, já que achou que a religião estava em crise,lutar contra os comunistas ateus que estavam atacando a terra islâmica. Começa,então, a se destacar como um homem rico que largou tudo para ajudar na guerra doAfeganistão. Para Bin Laden, o Islã estava em perigo graças ao capitalismo, pelaperda da moral e dos bons costumes, sendo os Estados Unidos o inimigo que estavalonge. Em 1978 ele funda a Al Qaeda, que hoje está presente em todo o mundo,inclusive no Brasil.A Al Qaeda tem como ideologia: choque entre o oriente e o ocidente; deve-se usar doterrorismo devido à menor força que o inimigo, a economia é o ponto fraco docapitalismo (essencialmente dos EUA). A estrutura é feita através de gruposorganizados com movimento ideológico para uma cadeia global. Dessa forma, aorganização declara guerra aos Estados Unidos em 1998. Os atentados de 11 desetembro são frutos dessa guerra.Os atentados de 11 de setembro expuseram que não existe proteção do Estado ou dasociedade. Dessa forma há um choque entre a questão do progresso do Ocidente e doequilíbrio do Oriente.Enquanto o Ocidente defende sua humanização, ele condena os abusos do Oriente.Isso é feito principalmente pelos Direitos Humanos, um conjunto de valores de bem emal que se chocam com o Oriente.Com os atentados terroristas a sociedade passa a questionar os Direitos Humanos,fazendo com que seu conceito mude. O Estado e a sociedade passam a legitimarações da sociedade e do Estado contra aqueles que o ferem. Os países passam amudar suas leis: a reeducação vira morte. Com o objetivo de combater o terrorismo hácriações de leis que ferem o direito de intimidade de cada um, utilizando escutatelefônica, procura em casas, rastreamentos de emails, etc. Até mesmo a torturapassa a ser autorizada para a obtenção de informações.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->