Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
16Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
TRATAMENTO DE MINÉRIOS

TRATAMENTO DE MINÉRIOS

Ratings: (0)|Views: 4,125 |Likes:
Published by paulo1americo

More info:

Published by: paulo1americo on Sep 17, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/20/2014

pdf

text

original

 
TRATAMENTO DE MINÉRIOS
A mineração é uma atividade que é e continuará sendo a principalprovedora de materiais para a humanidade. Os desafios técnicos, sociais eambientais que se colocam para a industria mineral, em nível mundial,requerem o aperfeiçoamento e o continuo desenvolvimento de novos métodosde mineração e de processamento de minerais que permitam minimizar osimpactos ao meio ambiente e, ao mesmo tempo, fornecer os recursosnecessários para a economia.O tratamento de minério pode ser conceituado como o conjunto deoperações básicas que são realizadas em uma matéria prima mineral (minériobruto) com o objetivo de se obter sua adequação, ou seja, produtoscomercializáveis. A terminologia técnica inclui diversos termos que podem ser empregados para conceituar esse conjunto de operações.
O conjunto de operações realizadas no processamento de uma matériaprima mineral inclui, dentre outras:Fragmentação
: Redução do tamanho de blocos e/ou partículas.
Separação por tamanho:
Colocação dos materiais dentro de uma faixaadequada de tamanho.
Concentração:
separação de espécies mineralógicas de valor econômicos dasdemais.
Separação Sólido/liquido:
Recuperação da água utilizada nas operações edisposição de rejeito.
Outras Operações Auxiliares:
Manuseio, transporte, amostragem eestocagem de minérios.As aplicações industriais do tratamento de minérios, devem estar dispostas de forma conjunta, arranjadas sequencialmente de modo amaximizar a recuperação dos minerais úteis contidos no minério e adequar osprodutos obtidos aos seus usuários.
Mineral:
È uma substância sólida, natural, inorgânica, que possui composiçãoquímica definida e arranjo atômico ordenado.Ex: Quartzo (SiO
2
) e Hematita (Fe
2
O
3
).É importante esclarecer que o carvão mineral encontrado na crosta terrestrenão é um mineral (apesar da denominação carvão mineral), pois essasubstancia é de origem orgânica. Da mesma forma, os rubis sintéticos não sãose enquadram no conceito pelo fato de serem produtos artificiais.
Mineral Minério:
É a espécie mineral da qual se pode extrair economicamente, uma ou mais substancias úteis, sejam metais, elementos oucompostos químicos.1
 
Exemplo:
 Blenda: (ZnS) – da qual se extrai economicamente o zinco;Hematita: (Fe
2
O
3
) – da qual se extrai economicamente o ferro;Galena: (PbS) – da qual se extrai economicamente o chumbo;Apatita: (PO
4
)
3
Ca
5
F – da qual se extrai economicamente o P
2
O
5
;Garnierita: (Ni, Mg)O.SiO
2
.H
2
O+(Fe
2
O
3
) – da qual se extraieconomicamente o Níquel.
Ganga:
São os minerais inúteis ou de valor secundário, que ocorremassociados ao mineral-minério. As gangas podem ser metálicas ou nãometálicas.Considerando a associação mineral: Ouro, pirita e Quartzo.Para fixação dos conceitos, tem-se: Ouro como mineral-minério (mineralnativo);Pirita como ganga metálica (FeS
2
) e Quartzo como ganga não metálica (SiO
2
).
Minério:
É a associação de mineral-minério e ganga, da qual podemos extrair economicamente, pelos processos tecnológicos atuais, uma ou mais de umasubstancia útil, sejam metais (minérios metálicos), sejam elementos oucompostos químicos (minérios não metálicos ou minérios químicos).
Minério Industrial:
É o mineral utilizado tal como se encontra na natureza (nãose extrai do mesmo nenhuma substancia útil).
Exemplo:
 Quartzo (utilizado na industria de ótica, fundição elemento de liga e na industriaeletrônica);Topázio (Utilizado como gema);Asbesto (Utilizado como isolante térmico).
Beneficiamento dos Minerais:
É o processamento dos minerais brutos, paraa obtenção de produtos de diferentes valores, sem alterar a identidade física equímica dos mesmos.Compreende aquelas operações que se aplicam aos bens minerais paramodificar as suas condições de composição ou de forma, exigidas ouconvenientes ao seu uso ou aplicações.É oportuno salientar que o beneficiamento se diferencia, por exemplo, dosprocessamentos hidrometalurgicos (em que se tem tratamentos químicos parase conseguir produtos aptos à metalurgia, como é o caso da produção dealumina a partir das bauxitas impuras) ou mesmo dos processamentoshidrometalurgicos (em que tratam minérios brutos: Pelotização, calcinação,sinterização, etc.).
Tipos de beneficiamentos
Beneficiamento necessário:
Quando o minério não pode ser aproveitado tal como se encontra.
Beneficiamento conveniente:
Quando o minério beneficiado apresentaum maior lucro.2
 
Campo de Ação do Beneficiamento:
Eliminação das espécies químicas não desejáveis, obtendo-se umproduto mais rico denominado concentrado.
Eliminação das partículas de tamanho inconveniente, obtendo-se umproduto mais selecionado.
Estágios do Beneficiamento:A)Sob o ponto de vista físico:
Redução de tamanhos
Separação das partículas de características físicas diferentes
B)Sob o ponto de vista químico:
Liberação das partículas de diferentes composições químicas;
Separação das partículas de diferentes composições químicas;
Obs: Liberar quer dizer:
desunir, tornar livres os minerais de uma asociaçãomineral.
Separar quer dizer:
Isolar, afastar uma espécie mineral de outra.Para se conseguir a liberação, tem que haver fragmentação ou cominuição(redução de tamanho) da associação mineral (exceto para os casos em queocorre a liberação natural; minerais de aluvião, por exemplo). Para seconseguir a separação das espécies minerais, necessita-se liberar essesminerais.
Problema Geral do Beneficiamento:
É o de separar as partículas minerais de um minério em função da espécie.Separa as espécies minerais úteis (minerais-minério) das espécies mineraisinúteis (gangas).Considerando uma associação mineral constituída de espécies minerais úteis einúteis (ganga). Sendo submetida ao beneficiamento (operações defragmentação e separação), tem-se:
Solução Ideal:
Concentrado ideal – produto constituído somente de partículas úteis;
Rejeito ideal – produto constituído somente de partículas inúteis (ganga).
Solução Real:
Concentrado real – produto constituído predominantemente departículas úteis (partículas úteis contaminadas com partículas de ganga);
Rejeito real – produto constituído predominantemente de partículas deganga (partículas de ganga com presença de úteis);
As vezes obtém-se um produto de valor intermediário: misto ou médio.3

Activity (16)

You've already reviewed this. Edit your review.
faacg liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Davi Ribeiro liked this
Rubens Marcos liked this
Meryane Gondim liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->