Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
63Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Fisiologia Geral Das Membranas 1

Fisiologia Geral Das Membranas 1

Ratings:

5.0

(2)
|Views: 14,318 |Likes:
Published by api-26429188

More info:

Published by: api-26429188 on Oct 14, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
1-Fisiologia geral das Membranas: transporte desubstâncias através da membrana celular.
A membrana celular envolve toda a célula, é uma estrutura fina e elástica,formada quase inteiramente por lípidos e proteínas.Composição:
55% Proteínas
25% Fosfolípidos
13% Colesterol
4% Outros lípidos
3% CarbohidratosA sua estrutura básica é de uma bicamada lipidica, com espessura deapenas 2 moléculas, que são contínuas por toda a superfície celular.Existem grandes moléculas globulares de proteínas intercaladas nessapelícula lipidica.Uma parte de cada molécula de fosfolípidos é solúvel em água, hidrofilica(cabeça) e a cauda hidrofóbica (solúvel em gorduras). A porção fosfato dosfosfolípidos é hidrofilica e a das A.G. é hidrofóbica.Como as porções hidrofóbicas das moléculas de fosfolípidos são repelidaspela água, ao mm tempo que são atraídas umas pelas outras, elas apresentamtendência natural para se alinharem lado a lado no centro da membrana.A bicamada lipidica é impermeável a substâncias hidrossolúveis (iões,glicose, ureia, …)Por outro lado as substâncias lipossolúveis como o O2, CO2 e o álcoolatravessam facilmente a membrana.
Líquido Extracelular –
Na
+
, Ca
2+
, Cl
-
, HCO
3-
, glicose, …
Líquido Intracelular –
K
+
, Mg
2+
, Fosfatos, proteínas, …Uma característica especial da membrana é ser um fluido e não um sólido
As moléculas de colesterol estão dissolvidas na bicamada fosfolipidica. Elassão responsáveis pelo grau de permeabilidade da bicamada lipidica aosconstituintes hidrossolúveis dos lípidos corporais.Por outro lado também controla o grau de fluidez da membrana.
 
Fluidez membranária:
A baixas temperaturas os fosfolípidos existem numa fase gel ou estadocristalino com reduzida mobilidade.
A partir de determinada temperatura, Tc, os grupos polares adquiremgrande mobilidade originando um estado cristalino líquido.Estado cristalino
Estado cristalino líquidoT <TcT <Tc
Diminuição da Tc – Colesterol fluidifica as membranas
Aumento do Tc – Colesterol torna as membranas + rígidasDeterminantes da fluidez membranária:
Efeitos da fluidez:
Mobilidade proteica
Actividade catalítica de enzimas
Permeabilidade de substratos e …gados
Especificidade e afinidade de receptores
Proteínas de membrana:
Medeiam a maior parte das fuões enziticas, de transporte ereceptores da membrana;
São normalmente glicoproteínas
Existem 2 tipos:
Integrais: 
Proeminentes através de toda a espessura da membrana
Importantes na interacção da célula com o meio ou comoutras células (formação de canais
podem ser isoladas atras de tratamentos maisagressivos que envolvem a rotura da membrana po
DeterminanteVariávelFluidez
Temperatura
Colesterol
Lípidos
Insaturação AG
Comp. AG
Proteínas
 
detergentes caotpicos (conferem as associõeshidrofóbicas nas membranas)
Periféricas :
Encontram-se, quase na totalidade; na face interna damembrana, fixando-se a uma das proteínas integrais
Actuam com enzimas ou como controladoras dofuncionamento intracelular 
Dissociadas com tratamentos suaves como alteraçãode pH ou força iónica
Interacções fosfolípidos/ proteínas de membrana
Raf+ lipidico – regiões mais organizadas e ordenadas da membrana, de baixafluidez com altos conteúdos de colesterol e esfinfolipidos
Regula o tráfico membranário de certas proteínas
Regula processos como o metabolismo da proteína percursora doamilóide
Regula a polarização da mobilidade celular 
Hidratos de carbono celulares
Os hidratos de carbono celulares estão invariavelmente combinados comproteínas e lípidos, sob a forma de glicoproteínas e glicolípidos.As poões “glico” encontram-se no exterior da lula, assim como asproteoglicanas que se fixam à superfície externa de célula
Assim, toda a superfície externa da célula apresenta um fraco revestimentode carbohidratos, que é chamado de Glicocálise.Os radicais de carbohidratos, presos á superfície da lula m comofunções:
Como têm carga negativa, muitos deles, dão à maioria das células umacarga global superficial negativa, capaz de repelir outros elementosnegativos
Muitos radicais actuam com substâncias receptoras para a fixação devárias hormonas, como a insulina
Podem participar em reacções imunológicas

Activity (63)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Larissa Pessoa liked this
val19752011 liked this
André Luiz liked this
mignelom liked this
origem1859 liked this
val19752011 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->