Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
ATIVIDADE PRISÃO CPP II

ATIVIDADE PRISÃO CPP II

Ratings: (0)|Views: 38|Likes:

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Yuri Breno Cipriano Cipriano on Sep 21, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/16/2012

pdf

text

original

 
1 -
( CESPE - 2010 - MPU - Analista - Processual / Direito Processual Penal / Prisão; )
Acerca das prisões cautelares e da liberdade provisória, julgue ositens subsequentes.As prisões decorrentes de pronúncia e de sentença penal condenatória com recursopendente de julgamento pela instância superior não estão elencadas entre as hipóteses deprisão cautelar, visto que se sustentam em instrumento jurídico distinto, isto é, emsentença.
 
( ) Certo ( ) Errado
2 -
( CESPE - 2010 - MPU - Analista - Processual / Direito Processual Penal / Prisão; Lei nº 9.099-1995 Juizados Especial Criminal; )
Tratando-se de crimes de menor potencial ofensivo para os quais não haja previsão depena privativa de liberdade, em hipótese alguma se imporá a prisão em flagrante aoautor da infração.
 
( ) Certo ( ) Errado
3 -
( CESPE - 2008 - STJ - Analista Judiciário - Área Judiciária / Direito Processual Penal / Prisão preventiva; )
A respeito da prisão preventiva e com base no entendimento atualdo STJ acerca dessa matéria, julgue os próximos itens.Se a prisão preventiva do acusado houver sido anteriormente decretada de forma válida,a manutenção da custódia, em face de sentença penal condenatória, poderá seridoneamente fundamentada mediante a repetição genérica, na sentença, dos argumentosda gravidade do delito praticado e da necessidade da manutenção da ordem pública,ainda que não haja qualquer elemento novo a justificar a prisão processual.
 
( ) Certo ( ) Errado
4 -
( CESPE - 2008 - DPE-CE - Defensor Público / Direito Processual Penal / Prisão Temporária ePreventiva; )
O art. 366 do CPP dispõe que, se o acusado, citado por edital,não comparecer a audiência nem constituir advogado, ficarãosuspensos o processo e o curso do prazo prescricional, podendoo juiz determinar a produção antecipada das provas consideradasurgentes e, se for o caso, decretar prisão preventiva, nos termosdo disposto no art. 312. Com base nesse dispositivo e no
 
entendimento sobre ele firmado pelo STF, julgue os itenssubseqüentes.A decretação da prisão preventiva do acusado fundamentada apenas na incidência dasituação prevista no referido artigo não é válida, pois a prisão preventiva do acusado éuma exceção, sempre a depender da observância da incidência dos requisitos para aprisão preventiva.
 
( ) Certo ( ) Errado
5 -
( CESPE - 2009 - DPE-ES - Defensor Público / Direito Processual Penal / Prisão Temporária ePreventiva; )
Acerca do direito processual penal, julgue os itens que se seguemQuando há elementos suficientes a fundamentar a constrição da liberdade, tal como agravidade em concreto da conduta delituosa, a prisão preventiva pode ser decretadamesmo que o réu seja primário, possua bons antecedentes e exerça profissão lícita.
 
( ) Certo ( ) Errado
1 -
( CESPE - 2010 - MPE-RO - Promotor de Justiça / Direito Processual Penal / Prisão Temporária ePreventiva; Prisão; Prisão preventiva; )
Considere que Paulo tenha sido denunciado pela prática de latrocínio e se encontresubmetido à prisão cautelar. Nessa situação hipotética, caso Paulo tenha sido preso
a)
de ofício pelo juiz após o recebimento da denúncia, ele está submetido à prisãotemporária.
b)
por ordem judicial a requerimento da autoridade policial durante as investigações,exclui-se a possibilidade de prisão temporária.
c)
de ofício pelo juiz durante o IP, ele está submetido a prisão preventiva.
d)
em flagrante preparado, a defesa poderá requerer a revogação da prisão ou aconcessão de liberdade provisória.
e)
em flagrante presumido, a defesa poderá requerer o relaxamento da prisão ou aconcessão de liberdade provisória.
2 -
( CESPE - 2010 - PGM-RR - Procurador Municipal / Direito Processual Penal / Prisão; )
Acerca da prisão, julgue os itens a seguir.
 
A prisão preventiva somente poderá ser decretada, mediante ordem judicialdevidamente fundamentada, no curso de ação penal regularmente instaurada perante o juízo competente.
 
( ) Certo ( ) Errado
3 -
( CESPE - 2009 - PC-PB - Delegado de Polícia / Direito Processual Penal / Prisão; )
Acerca da prisão processual, assinale a opção correta.
a)
No flagrante irreal, o agente é perseguido logo após cometer o ilícito, em situaçãoque faça presumir ser ele o autor da infração.
b)
A prisão em flagrante é compulsória em relação às autoridades policiais e seusagentes, desde que constatada a presença das hipóteses legais, mas possuem elesplena discricionariedade para avaliar o cabimento ou não da medida.
c)
No flagrante preparado, a consequência é a soltura do indiciado, em nadainfluindo a preparação do flagrante na conduta típica praticada pelo agente.
d)
A prisão preventiva pode ser decretada para garantia de aplicação da lei penal, ouseja, para impedir que o agente, solto, continue a delinquir e, consequentemente,acautelar o meio social.
e)
A prisão preventiva pode ser decretada em prol da garantia da ordem pública,havendo, nesse caso, necessidade de comprovação do iminente risco de fuga doagente.
4 -
( CESPE - 2009 - TRF - 2ª REGIÃO - Juiz / Direito Processual Penal / Prisão; )
Acerca da prisão e do habeas corpus, assinale a opção correta.
a)
O representante legal de pessoa jurídica citado para representá-la tem interesseprocessual para impetrar habeas corpus em favor dela, não havendo, assim, óbice aoprocessamento do writ.
b)
Morador de rua que não comprove residência fixa ou ocupação lícita oferecerisco à aplicação da lei penal, de forma que sua prisão, para preservação da ordempública e para assegurar a aplicação da lei penal, pode ser validamente lastreada emtais fundamentos, por si sós.
c)
O CPP expressamente veda a prisão em flagrante do agente que se apresente àautoridade policial, ainda que logo após a prática de crime.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->