Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
122Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Cap-11 Curativos e Bandagens

Cap-11 Curativos e Bandagens

Ratings:

4.75

(12)
|Views: 19,118 |Likes:
Published by api-3704607

More info:

Published by: api-3704607 on Oct 14, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2014

pdf

text

original

 
Ferimentos, Curativos e Bandagens
CAPÍTULO 11
FERIMENTOS, CURATIVOS E BANDAGENS1. Introdução
Ferimento é qualquer lesão ou perturbação produzida em qualquer tecido por umagente externo, físico ou químico.Os agentes capazes de produzir um ferimento podem ser físicos (mecânico, elétri-co, irradiante e térmico) e químicos (ácidos ou álcalis).Os traumatismos causados por agentes químicos e por agentes físico-térmicos se-rão tratados em outro capítulo.Este capítulo se limita aos traumatismos produzidos por agentes físicos mecânicos.FechadoHematomaEquimoseClassificaçãodos ferimentosFeridas incisivas/cortantesFeridas ContusasAbertoPerfurocontusaFeridas PerfurantesPerfurocortantesFeridas PenetrantesFeridas TransfixantesEscoriações ou AbrasõesAvulsão ou AmputaçãoLaceraçãoOs ferimentos podem variar conforme a profundidade, complexidade, contamina-ção e natureza do agente agressor classificando-se conforme indicado abaixo:ProfundidadeSuperficialProfundoComplexidadeSimplesComplicadoClassificaçãoContaminaçãoLimpoContaminadoNatureza doAgentes FísicosAgente AgressorAgentes Químicos- 154 -
 
Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR 
Tabela 11.1Classificação dos FerimentosProfundidadeSuperficiaisProfundosEnvolvem pele, tecido subcutâneo e mús-culosAtingem estruturas profundas ou nobres,como nervos, tendões, vasos calibrosos,ossos e víscerasComplexidadeSimplesComplicadoSem perda tecidual, sem contaminação oucorpo estranhoHá perda tecidual. Ex.: esmagamento, quei-maduras, avulsão, deslocamento de tecidosou implantação de corpo estranhoContaminaçãoLimpoContaminadoSem presença de resíduos ou sujidade. Ex.:ferida cirúrgicaPresença de sujidade, corpo estranho oumicroorganismo patogênicoNatureza do Agente Agressor Agentes físicosAgentes químicosMecânico, elétrico, irradiante, térmicoQueimaduras por agentes térmicos e quími-cos (cáusticos e álcalis)
2. Classificação Geral dos Ferimentos2.1. Ferimentos Fechados
São os ferimentos onde não existe solução de continuidade da pele, a pele se man-tém íntegra. Podendo ser classificada em:
Contusão:
lesão por objeto contundente que danifica o tecido subcutâneosubjacente, sem romper a pele.
Hematoma:
extravasamento de sangue nosubcutâneo com formação de coleção (aumento devolume), pela ruptura de veias e arteolas, con-seqüência de uma contusão. Quando localizado nocouro cabeludo, é o hematoma subgaleal.- 155 -
Fig 11.1 –
Hematoma
 
Ferimentos, Curativos e Bandagens
Equimose:
extravasamento de sangue nosubcutâneo sem formação de coleção, conseqüênciada ruptura de capilares.
2.2. Ferimentos Abertos
São os ferimentos que rompem a integridade da pele,expondo tecidos internos, geralmente com sangramento.Também são denominados feridas.As feridas são traumas de alta ou baixa energia, de-correntes d a superfície de contato do agente vulnerante.Segundo este conceito, as feridas podem ser classificadasem:
Incisivas/cortantes:
produzidas por agentesvulnerantes cortantes, afiados, capazes de penetrar apele (bisturi, faca, estilete etc), produzindo ferida line-ar com bordas regulares e pouco traumatizadas.
Contusas:
causadas por objetos com superfí-cie romba (instrumento cortante não muito afiado -pau, pedra, soco etc.), capazes de romper a integri-dade da pele, produzindo feridas com bordas trauma-tizadas, além de contusão nos tecidos arredores. Sãoas feridas cortocontusas.
Perfurantes:
o objeto que as produz a ferida égeralmente fino e pontiagudo, capaz de perfurar apele e os tecidos subjacentes, resultando em lesãocutânea puntiforme ou linear, de bordas regulares ounão. As feridas perfurantes podem ser:
Perfurocontusas:
ocorre quando o ob- jeto causador da ferida é de superfície romba(ferimento por arma de fogo);
Perfurocortantes:
quando o agentevulnerante possui superfície de contato lami-nar ou pontiagudo (ferimento causado poarma branca - faca, estilete, adaga).
Penetrante:
quando o agente vulnerante atin-ge uma cavidade natural do organismo, geralmente- 156 -
Fig 11.2 –
Equimose
Fig 11.3 –
Ferida incisiva
Fig 11.4 –
Ferida contusa
Fig 11.5 –
Feridas perfurantes
Fig 11.6 –
Ferida perfurocontusa
 
Fig 11.7 –
Ferida transfixante
Fig 11.8 –
Ferida transfixante

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->