Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
71Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Npo Sst-001 - PermissÃo Para Trabalho 1

Npo Sst-001 - PermissÃo Para Trabalho 1

Ratings:

4.67

(3)
|Views: 26,254|Likes:
Published by api-3695865

More info:

Published by: api-3695865 on Oct 14, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
NORMAS DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAISReferência:NPO SST 001/02PERMISSÃO PARA TRABALHOS PERIGOSOSData de Emissão:
Elaboração
02 /09 /02
Sup. EHS
/ /
Sup. Prod.
/ /Outubro / 2002 Data de Expiração:
Ger. / Dir. Área
/ /
Ger. Fábrica
/ /Outubro / 2003Substitui :(Nova)
1 - OBJETIVO:
O objetivo deste programa é assegurar o gerenciamento do programa de segurança e quequalquer serviço considerado como “PERIGOSO” venha a ser acompanhado de ações voltadasa evitar incidentes de qualquer natureza.
2 - ABRANGÊNCIA:
Este programa se aplica a todos os funcionários da ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, , contratadosque realizam qualquer trabalho considerados como perigosos.
3 - RESPONSABILIDADE:
É responsabilidade do supervisor de qualquer área onde houver um trabalho perigoso:
assegurar que somente pessoas habilitadas (treinadas e profissionais) funcionáriosda ...................ou contratados executem tais serviços;
solicitar a presença do Técnico de Segurança caso seja necessário para juntos emitirem
Permissão para trabalhos perigosos
”;
preparar o local / equipamento, tomando as precauções básicas relativas a produção ousimilar;
onde for possível, isolar a área, limpar equipamento, executar 
o bloqueio elétrico e otravamento mecânico
das áreas envolvidas (ver NPO SST006), caso não seja posvelenvolver encarregado de manutenção elétrica;
supervisionar a execução do trabalho em conjunto com o encarregado da tarefa;
informar ao Técnico de Segurança Trabalho se houver substâncias químicas a seremutilizadas no serviço e forma de descarte;
acompanhar a retirada do bloqueio elétrico e o travamento mecânico por quem oscolocou;
dar por encerrada a execão da tarefa, verificando se o local esta limpo e emcondições de trabalho;
devolver ao Técnico de Segurança do Trabalho a Permissão para arquivo.É responsabilidade do Técnico de segurança do Trabalho:
elaborar e promover o treinamento nos procedimentos que envolvem tais serviços;
preparar e manter os formurios de permissão, etiquetas de bloqueio elétrico etravamento mecânico e outros que estejam envolvidos nas operações;
arquivar as Permissões de trabalho para fins de auditoria;
Pág 1 de 10
 
NPO Referência:
PROGRAMA DE LIBERAÇÃO DE ÁREAPARA TRABALHO PERIGOSOS
SST 001/02
avaliar a efetividade do programa anualmente e implementar as melhorias, segundonecessário;
assegurar que todos os funcionários afetados em suas áreas de servo estejamconscientes com os procedimentos de emergência, em caso de incêndio ou emergênciamédica;
assegurar que os envolvidos recebam os EPIs necessários ao trabalho;
verificar se os equipamentos / instalações envolvidas estão dentro dos padrões detrabalho, isto é, testa-los se possível.
4 - DEFINIÇÕES4.1 - DEFINIÇÕES BÁSICAS
Permissão para trabalho -
é uma autorização formal, registrada em formulário próprio(ver Anexo 1), necessária à execução de qualquer trabalho na área fabril ou não, envolvendoinspeções internas, manutenção, montagem, desmontagem, construção e qualquer outro tipode tarefa.
Etiquetas de advertência -
são cartões de aviso a serem fixados em equipamentos oucircuitos de eletricidade com a finalidade dar informações de segurança.
Circuito elétrico de alta tensão -
para efeito deste procedimento, entende-se comocircuito elétrico de alta tensão, todo aquele que tem tensão igual ou superior a 220 volts.
Equipamento ou iluminação à prova de explosão -
é o equipamento que em caso defalha por curto-circuito, mau contato, etc. , não permita a fuga de centelha ou temperatura quepossa gerar a ignição de qualquer combustível existente na área definida para sua operação.
Trabalho à Quente
- é qualquer serviço ou atividade de teste, manutenção ou construçãoque possa gerar calor, da qual poderá atuar como uma fonte de ignição para iniciar um incêndiosde combustíveis ordinários (papel, papelão, plásticos, etc.) ou de materiais altamente perigosos,como líquidos e vapores inflamáveis, pós combustíveis. Exemplos destas atividades incluem:- soldagem (elétrica, plasma, oxi-acetilênica ou outra qualquer);- corte a maçarico;- esmerilhar;- uso de ferramentas manuais metálicas ou em alvenaria (centelhas);- solda prata ou caldeamento;- trabalho que requer chama aberta;- operações com soldagem eletrônica;- operação com motores estacionários de combustão interna (geradores, bombas, etc.);- operação de equipamento alimentado eletricamente (por exemplo: serras, furadeiras,politriz, e equipamentos de testes, a menos que estes estejam certificados comointrinsecamente seguros, etc.);
-
equipamento de jato de areia ou similares.
Pág 2 de 10
 
NPO Referência:
PROGRAMA DE LIBERAÇÃO DE ÁREAPARA TRABALHO PERIGOSOS
SST 001/02
4.2 - TRABALHO PERIGOSO (ver também NPO SST007 para trabalho a quente)
Será considerado como trabalho perigoso as tarefas abaixo listadas ou toda aquela em quehouver risco de lesão aos trabalhadores, nos prédios administrativo, produção, utilidades,docas, exceção feita a área das oficinas de manutenção.
Serviços com uso de maçarico, solda de qualquer tipo em estruturas, tubulações,tanques e similares;
Serviços com uso de lixadeira, agulheiro, esmeril e similares que geram centelhas;
Serviços em circuitos elétricos de alta tensão;
Trabalho em espaços confinados;
Trabalho a mais de 2 metros de altura em relação ao piso ao redor;
Serviços em equipamentos, instalações que acumulam ou geram pressão;
Linhas que contenham produto químico (sólido, líquido, gasoso) nocivo a saúde;
Linhas de produtos inflamáveis e/ou combustíveis;
Serviço de escavação;
Serviço em equipamento em movimento onde o bloqueio mecânico não é possível;
Içamento, movimentação de cargas pesadas usando ou não equipamentos de guindar;
Serviço com emissão de radiações ionizantes (Raio-X ou gamagrafia);
4.3 - ÁREA A PROVA DE FOGO (ver NPO SST007 para trabalho a quente)
São locais especiais onde se tem no mínimo as seguintes caraterísticas:
construção não combustível, por exemplo:- concreto ou blocos de concreto;- acabamento em gesso contra incêndio;- paredes, pisos, telhado e painéis (divisórias) metálicos;
painéis e coberturas à prova de fogo para bloquear fagulhas, centelhas, escória ou borrade solda;
proteção por sprinklers automáticos, projetados para uma densidade de descarga de 9litros por minuto por m2 (0,15GPM/sqfeet);
extintores portáteis, pelo menos 01 (um) de 50 Kg de pó químico ou 4 extintores de12Kg cada;
ventilação forçada para a área, com base na avaliação dos riscos para o tipo de trabalhorealizado e os materiais envolvidos;
sinalização e barreiras;- projeto para limitar o acesso exclusivamente de pessoas autorizadas;- sinalização específica tais como “Atenção: Área de Trabalho à Quente - Somente PessoalAutorizado - é Necessário uso de EPIs”;
o trabalho à quente seja realizado dentro da área designada;
a área designada para o trabalho à quente seja mantida livre de materiais inflamáveis eordinariamente combustíveis;
Pág 3 de 10

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->