Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Rakuten lançará shopping virtual no País em novembro - MSN: 02.09.2011

Rakuten lançará shopping virtual no País em novembro - MSN: 02.09.2011

Ratings: (0)|Views: 6 |Likes:
Published by Rakuten Brasil
CLIENTE: IKEDA VEÍCULO: MSN DATA: 02.09.2011 URL: http://estadao.br.msn.com/economia/rakuten-lan%c3%a7ar%c3%a1shopping-virtual-no-brasil-em-novembro

Rakuten lançará shopping virtual no País em novembro
 

A Rakuten, gigante japonesa do comércio eletrônico, planeja iniciar a operação de seu shopping virtual no Brasil em novembro. Hiroshi Mikitani, seu presidente e fundador, visita o País para se encontrar com a equipe local e com varejistas brasileiros, preparando o lançamento. ?Teremos um ?soft
CLIENTE: IKEDA VEÍCULO: MSN DATA: 02.09.2011 URL: http://estadao.br.msn.com/economia/rakuten-lan%c3%a7ar%c3%a1shopping-virtual-no-brasil-em-novembro

Rakuten lançará shopping virtual no País em novembro
 

A Rakuten, gigante japonesa do comércio eletrônico, planeja iniciar a operação de seu shopping virtual no Brasil em novembro. Hiroshi Mikitani, seu presidente e fundador, visita o País para se encontrar com a equipe local e com varejistas brasileiros, preparando o lançamento. ?Teremos um ?soft

More info:

Published by: Rakuten Brasil on Sep 22, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/22/2011

pdf

text

original

 
CLIENTE: IKEDAVEÍCULO: MSNDATA: 02.09.2011URL:
http://estadao.br.msn.com/economia/rakuten-lan%c3%a7ar%c3%a1-shopping-virtual-no-brasil-em-novembro 
Rakuten lançará shopping virtual no País em novembro
 
A Rakuten, gigante japonesa do comércio eletrônico, planeja iniciar a operação de seushopping virtual no Brasil em novembro. Hiroshi Mikitani, seu presidente e fundador, visita oPaís para se encontrar com a equipe local e com varejistas brasileiros, preparando olançamento.?Teremos um ?soft launch? em novembro e uma grande inauguração no ano que vem?, disseo executivo, quinto homem mais rico do Japão. Em junho, a Rakuten anunciou a compra de75% da brasileira Ikeda, por um valor não divulgado. A Ikeda presta serviços de comércioeletrônico para grandes varejistas, como Ri Happy, Videolar, Cobasi, Etna e Le Postiche.Esta é a segunda visita de Mikitani ao Brasil. A primeira havia sido há um ano e meio, quandoconversou com Ricardo Ikeda, fundador da companhia que leva o seu nome, e com outrospossíveis alvos da aquisição.E por que a Rakuten decidiu investir no Brasil? ?Por vários motivos?, afirmou Mikitani. ?Aeconomia brasileira está crescendo bem rápido. A internet está se tornando mais popular. Abanda larga e o comércio eletrônico estão crescendo também. O mercado brasileiro está parase tornar um dos maiores mercados do mundo.?O negócio da Ikeda, de oferecer serviços para varejistas grandes e médios, é bem diferente doda Rakuten, que opera um grande shopping virtual. A expectativa de Mikitani, no entanto, éalavancar os negócios locais por meio do relacionamento que a Ikeda já possui com os lojistasbrasileiros.?No longo prazo, a operação pode ser tão grande quanto a do Japão, que movimenta R$ 30bilhões em transações por ano?, disse Mikitani. ?No curto prazo, temos de ser realistas. Porcausa do relacionamento da Ikeda com varejistas médios e grandes, acredito que teremos umbom começo.?A expectativa é de ter 270 lojas em seu shopping virtual brasileiro até o fim do ano. No Japão,são mais de 37 mil lojas. Dependendo de como se analisa o mercado, segundo o presidenteda Rakuten, a empresa tem cerca de 25% de participação no comércio eletrônico japonês.A Ikeda tem cerca de 120 clientes de comércio eletrônico. Para dar conta da nova operação, aIkeda (que vai mudar o nome para Rakuten) tem enfrentado um crescimento acelerado. Antesda aquisição, a empresa tinha 75 funcionários. Em um ano, a expectativa é contratar mais 100pessoas.Diversificação. Mikitani afirmou que estuda levar os serviços prestados pela Ikeda no Brasilpara seus clientes no Japão. ?Seria um caso de sinergia reversa?, disse o executivo.Há um ano, a companhia começou um movimento de internacionalização, com a compra deempresas no exterior, incluindo a Ikeda. ?Um dos passos da internacionalização foi a adoçãodo inglês como língua padrão da companhia?, disse Mikitani. ?Nossas pessoas de comércioeletrônico podem ensinar bastante da nossa experiência para o Brasil, por exemplo. Antesdisso, não poderiam se comunicar diretamente.?

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->