Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
28Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Modelo de Estudo Social para o campo Sociojurídico I

Modelo de Estudo Social para o campo Sociojurídico I

Ratings: (0)|Views: 9,816|Likes:
Published by Marco Aurelio Romar
2o. Modelo de Estudo Social para o sistema socioeducativo Relatório Técnico
2o. Modelo de Estudo Social para o sistema socioeducativo Relatório Técnico

More info:

Categories:Types, Research
Published by: Marco Aurelio Romar on Sep 26, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

06/26/2013

pdf

text

original

 
 
Tels. (21) 9743.1871 / (21) 8430.2595E-MAIL: marcoromar@gmail.comMarco Aurelio RomarAssistente SocialPós-Graduado em Violência Doméstica Contra Crianças e AdolescentesCRESS No. 19.850 - 7a. Região - RJ
Estudo de Caso:
“O CASO JOHN DOE”
 
Várias são as dúvidas suscitadas na Internet quanto à elaboração de umEstudo Social.
Cabe ressaltar que não existe uma “Receita de Bolo” para elaborá
-lo,porquanto várias são as suas especificidades quanto à sua demanda nosdiversos espaços socioeducacionais a que os mesmos se destinam.O Modelo proposto abaixo é completo, e foi utilizado no Campo Sociojurídico,mais especificamente na Justiça da Infância e da Juventude do Rio de Janeiro,afim de embasar progressão ou manutenção de medida socioeducativa, logotraz em seu bojo os pareceres sociais, psicológico, pedagógico, além deParecer do Psiquiatra PIA (Plano Individualizado de AtendimentoSocioeducativo) e conclusão. Cada parecer foi elaborado pelo profissional
responsável e depois aglutinados no que chamamos de “Relatório Técnico” do
Adolescente e enviado ao Juiz para tomada de decisão. Os nomes sãofictícios, afim de que se resguarde o sigilo profissional quanto ao usuário.Posto o mesmo com o intuito de indicar um caminho, uma
sugestão do “por 
onde começar
, sempre lembrando que o mesmo varia de acordo com osespaços sociocupacionais ocupados pelos Assistentes Sociais e suasdemandas específicas.O mais importante na sua elaboração, é fornecer de maneira ampla abrangentee fidedigna possível, o relato das expressões das questões sociaisdemandadas, de maneira que possam levar efetividade na Assistência eempoderamento de nossos Usuários.Marco Aurélio RomarAssistente SocialCRESS No. 19.850 / 7ª. Região
 
 
Tels. (21) 9743.1871 / (21) 8430.2595E-MAIL: marcoromar@gmail.comMarco Aurelio RomarAssistente SocialPós-Graduado em Violência Doméstica Contra Crianças e AdolescentesCRESS No. 19.850 - 7a. Região - RJ
RELATÓRIO TÉCNICOIdentificação do Adolescente:
Nome: John DoeMatrícula: 000Data de Nascimento: 02/12/94Naturalidade: RJFiliação: Mary Jane Poppins
Procedência
: Juizado da Vara da Infância e da Juventude do Estado do Rio de Janeiro
Referência:
PA 1132/09
 –
1ª PJIJ/DC
Processos
: 1922.471.009466-91922.471.005253-11999.117.716003-8
Justificativa:
Estudo de Caso para Reavaliação de Medida Sócio-Educativa
 
 
 
Tels. (21) 9743.1871 / (21) 8430.2595E-MAIL: marcoromar@gmail.comMarco Aurelio RomarAssistente SocialPós-Graduado em Violência Doméstica Contra Crianças e AdolescentesCRESS No. 19.850 - 7a. Região - RJ
Parecer Social
O presente relatório refere-se ao jovem John Doe, dezessete anos, internadoneste Estabelecimento Socioeducativo desde 08/10/09, apreendido por prática de atoinfracional análogo ao crime de roubo, registrando passagens anteriores pelo SistemaSocioeducativo.Trata-se de jovem que não possui referência familiar e todas as informaçõescontidas neste documento foram fornecidas pelo próprio jovem e/ou colhidas emprontuário, sem condições de comprovação da veracidade, inclusive no que se refereao nome e idade por não haver qualquer documento de identificação.John refere que seus pais são separados há muitos anos. Vivia com a genitora eos irmãos em Gramacho
 –
Duque de Caxias -RJ, Aos treze anos optou por sair de casapor ser agredido frequentemente pela mãe. Foi morar no Bairro do Jacaré, havendorelatos de ser junto à namorada e outros junto ao irmão. Na mesma ocasião iniciou ouso de várias substâncias entorpecentes e abandonou os estudos. Diz que a famíliamudou de endereço e há alguns anos não tem notícias. Verbaliza que mantinhacontato esporádico com o pai, não sabendo fornecer endereço ou telefone.Esta é a segunda internação do jovem neste Estabelecimento sendo possívelperceber a diferença no seu comportamento tendo retornado com graves sequelaspsíquicas diante do uso abusivo de drogas e dos espancamentos e torturas sofridas emsua jornada da criminalidade.

Activity (28)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Jéssica Magno liked this
kelvin_mg3190 liked this
kelvin_mg3190 liked this
Janaina Moraes liked this
Josefa Limma liked this
Valquiria Lima liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->