Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
2Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Jornal da Madeira 28 de Setembro de 2011

Jornal da Madeira 28 de Setembro de 2011

Ratings: (0)|Views: 2,535|Likes:
Jornal da Madeira, Edição de 28 de Setembro de 2011
Jornal da Madeira, Edição de 28 de Setembro de 2011

More info:

Published by: Luis Miguel P. Freitas on Sep 28, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

01/18/2013

pdf

text

original

 
Director:
Henrique Correia|
Série II • Ano LXXIX n.º 26526 diário matutino
|
0,10 €
|www.jornaldamadeira.pt
         P         U         B         P         U         B
Av. Luís Camões, 17J FUNCHAL tel 291 220 765cccomercial@netmadeira.com
UMINVESTIMENTO INTELIGENTE PARA O SEU NEGÓCIO
MUDEPARA A CANON
UmMundodeSoluções
BUSINESS CENTER
                     
eMuito Mais...
EM2011AJUDEO«JORNALDAMADEIRA»DEFENDAADEMOCRACIAEAAUTONOMIA
Quarta-feira, 28 Setembro 2011
         P         U         B
Estado deu mais800 milhõesaosAçores
VERBAS TRANSFERIDAS PARA AS DUAS REGIÕES AO ABRIGO DA LEI DE FINANÇAS REGIONAIS NOS ÚLTIMOS OITO ANOS
MarinhasurpreendebarcosespanhóisnasSelvagens
Pág. 13
SindicatodosImpostoseCoelhoemtribunal
Pág. 4
ManuelAntónioCorreia:garantidapescadochicharro
Pág. 5
Estratégiaenergéticaregionalvaipouparmilesdeeuros
Pág. 9
Sem carácterquem criticaas obras quando já estão servidas
O presidente do Governo Re-gional insurgiu-se ontem, na inau-guração de uma estrada na Pontado Sol, contra as pessoas que, jáestandoservidascomestrada,luzeágua, critiquem agora os investi-mentos públicos em prol daque-les que ainda necessitam. Para Jar-dim são pessoas «sem carácter»,«desumanas» e que merecem «odesprezo da sociedade». Antes, olíder madeirense inaugurou a es-trada de ligação entre os sítios daCapela e da Terra Chã, no Curraldas Freiras.
Pág. 3 e 48
Os Açores receberam do Estado, nosúltimos oito anos, 2.811,2 milhões deeuros, mais 800 milhões que a verbade 2.010,5 milhões de euros transfe-rida para a Madeira. As verbas transfe-ridas para as duas Regiões Autónomasao abrigo da lei de Finanças Regionaise inscritas no Orçamento de Estadodesde 2003 apresentam um saldo de800,6 milhões de euros favorável aosAçores.
Pág. 5
 
REGIÃO
Quarta-feira, 28 Setembro 2011
2
Jornal da Madeira
HOJE
OsecretárioregionaldosAs-suntos Sociais, Francisco Jar-dimRamos,emrepresentaçãodoGovernoRegionalpresidiu,ontem,àcerimóniadeentregado diploma do World Guin-ness Book ao Restaurante Ca-chalote, localizado no conce-lho do Porto Moniz, pelarealização do evento gastro-nómico o “Maior Arroz de La-pas do Mundo”.Este certificado da presti-giada organização internacio-nal Guinness World Recordsvem reconhecer aquele quefoiomaiorarrozdomundoal-gumavezconfeccionado,queatraiu milhares de pessoas aoPorto Moniz, por ocasião daSemana do Mar.O evento teve lugar no pas-sadodia2deJulhotendosidoconfeccionados687quilosdearroz de lapas. O aconteci-mentoconstituiuumamais-va-liaparaodestinoturísticoqueé a Madeira e para esta locali-dade que vão passar a constar noprestigiadolivroderenomemundial.O secretário dos AssuntosSociaisenalteceuofeitoalcan-çado pelos empresários e co-laboradores que “levaram onome do Porto Moniz e da
Avelino Teixeira, do Restaurante Cachalote, no Porto Moniz, exibe o diploma do World Guinness Book.
OMaiorArrozdeLapasdoMundo”foiconfeccionadonopassadodia2deJulhonoPortoMoniz(687quilos),peloRestauranteCachalote,oquelhevaleuodiplomadoWorldGuinnessBook,ontem,entregue.
7
DIPLOMA FOI ONTEM ENTREGUE AO RESTAURANTE CACHALOTE NO PORTO MONIZ
 Arroz de lapas alcançarecorde doGuinness
Havia mais gentea ver o arriar daBandeira emS. Lourenço......do que a ouviro “borda d’água”.
 AMANHÃ
CARTOON
A panela ondefoi confeccio-nado o maiorarroz de lapasdo mundo foi,ontem, cedidapela autarquiaà Ilhéumar So-ciedade Turís-tica do Norte.Vai ficar emexposição noRestauranteCachalote.
Madeiramaisalém(...)aquem“a Madeira está reconhecida eacredita no vosso trabalho”.Neste sentido, mostrou-seconvicto de que “sendo em-presários de garra vão conti-nuar a contribuir para daremum passo maior para tornar esta terra mais desenvolvida,com mais oportunidades paraos madeirenses”.ParaopresidentedaCâmaradoPortoMoniz,ValterCorreia,esteprémiofoialcançadopor-que “houve empenho e que-rer”,tendoapeladoàuniãodetodos, para que o concelhomelhore ainda mais.Ao recordar que pareciaquaseimpossívelatingirosob- jectivos, Avelino Teixeira, doRestaurante Cachalote subli-nhou que “este prémio é daRegião e do Porto Moniz” eque é uma “mais-valia” paraambos.
1
Élia Freitaseliafreitas@jornaldamadeira.pt
I
Inaugurações
Opresidente do Go-verno inaugura, pe-las 16h30, o jardimpúblico e viveiro deplantas de baixa al-titude situado naMatur. Às 18 horas, Alberto João Jar-dim inaugura, anova rede viária do Campo de Golfe da Pontado Pargo. Pelas 19 horas o líder regional inau-gura a cobertura do polidesportivo da EscolaBásica do 2º e 3º Ciclos da Fajã da Ovelha.
I
Espólio
 A Escola Jaime Moniz realiza, pelas11 horas, uma sessão de entrega do espólio li-terário de Margarida Morna.
I
Conferência
 A Secretaria de Educação eCultura apresenta a quarta conferência do ciclo“Visões de Futuro para a Educação Artística”,pelas 18 horas, no Centro de Estudos de Histó-ria do Atlântico e têm entrada livre.
I
Presidência
O presidente do Governo visita,pelas 16h15, no Livramento, Monte, a explora-ção agrícola de José Luís de Nóbrega de Frei-tas. Esta exploração vai produzir morangos ealface, segundo uma tecnologia inovadora, quepermite resultados muito vantajosos para osagricultores. Pelas17h00, Jardim ianu-gura os melhoramen-tos e ampliação dasinstalações da em-presa Justino’s Ma-deira Wine, SA, situa-das no ParqueEmpresarial da Can-cela. Este investi-mento traduziu-se naaquisição de mais um pavilhão, que permitiráa armazenagem e embalagem dos vinhos aengarrafar, do produto semi-acabado e dos vi-nhos prontos para a expedição.
Uma baleia? Não, ésimplesmente umarocha que emerge daságuas claras na en-seada da escondidapraia dos Zimbralinhos,no Porto Santo.
OBJECTIVA
Marília Dantas
            É         l       v         i       o         F       e       r       n       a       n         d       e       s
 
REGIÃO
Quarta-feira, 28 Setembro 2011
Jornal da Madeira
3
Se a Madeira tem buracoLisboa tem umacratera
ganho: «Hoje, quem também de lá decima, onde antes de via a miséria e oatraso, olhar, hoje, cá para baixo, vê umapequena cidadezinha».O presidente do Governo Regional sa-lienta que «o Curral, hoje, tem todos osequipamentos que tem uma cidadezinhaeuropeia: tem as estradas, a água, a luz, osaneamentobásico,aescolasecundária,ocentro de saúde e até uma piscina».«ÉesteprogressodoCurralquehojees-tamos aqui a celebrar. Um povo que tevesucesso, que não se deixou incomodar por vozes que queriam continuar a man-dar em nós, este povo tem muita classe.Vóstodosnuncavosdeixastedominarpor aqueles que não pensam no nosso bem.Hoje, tenho muito orgulho em estar nomeio de vós porque estou no meio degente de bem», concluiu.Por seu turno, o presidente da CâmaraMunicipal de Câmara de Lobos fez ques-tão de comungar da satisfação, com opovo dos sítios da Capela e da Terra Chã,por mais um acesso.Arlindo Gomes recordou que aquelaestradaeraumavelhaaspiraçãodapopu-lação, que por mais de uma vez já solici-tara a construção do acesso.«As pessoas souberam esperar e hoje,felizmente, estamos todos hoje, aqui, acomemorarainauguraçãodestaestrada»,destacou.O edil lembra que ao longo de anos,«tiveram de subir tantos degraus e só elessaberão o quanto custou». «E acho queestaéaprovadequaloesforçoqueéne-cessário fazer no sentido de dar melhor qualidade de vida às pessoas, fazer comque as pessoas cheguem mais facilmenteàs suas casas», sublinhou.O autarca disse ainda que ontem eradia de festa, porque as pessoas alcança-ram os seus objectivos. E acrescentou:«Podemosmostraraosquenoscriticamoquecustaumaestradadestas,oquecustalevar a qualidade de vida a todos. Porqueé aqui que as pessoas vive, trabalham».«AgradeçoaosenhorpresidentedoGo-verno, que é o grande obreiro, não sódesta estrada, mas da nossa terra», con-cluiu.
1
Miguel Ângelomangelo@jornaldamadeira.pt
O presidente do Governo Regional su-blinhou ontem que se em Lisboa dizemque a Madeira tem um “buraco (finan-ceiro),noContinente,então,«háumacra-tera».Alberto João Jardim falava durante ainauguração da estrada que liga os sítiosda Capela e da Terra Chã, no Curral dasFreiras, no concelho de Câmara de Lo-bos. Uma oportunidade para agradecer «atodasaquelaspessoasquederamoter-reno, que permitiu, sem expropriar e pa-gar terrenos, abrir aqui uma estrada».«Este é o verdadeiro sentido da solida-riedade, da tenacidade, da persistência,do querer ir para a frente, que marca a aalma madeirense. Agradeço a Deus ser um de vós, tenho muito orgulho em ser madeirense», sublinhou.O líder madeirense reiterou a dificul-dade de fazer um acesso na Região, de-vido à difícil orografia, lembrando, de se-guida: «Como todos sabem, umquilómetro de estrada na Madeira custaquatrovezesmaisdoqueumquilómetrode estrada no Continente. E não é só por causa da importação dos materiais. Anossa orografia é dificílima, a gente nãoanda um metro para encontrar um lugar chão, estamos sempre a subir e a descer.Estamos sempre a subir e a descer, mas opovomadeirenseestásempreorientado.Obrigado por me terem ensinado isto».De resto, o presidente madeirense co-locouatónicanoprogressoregistadona-quela freguesia, sublinhando que «todosse lembram do buraco que era o Curraldas Freiras, a miséria que era viver nestacratera (que parece a República Portu-guesa, eles dizem que a gente tem umburaco, eles têm uma cratera)».«Euseioqueeraviveraqui.Muitagentenãoseatreviaaviraqui,olhavaoCurralláde cima e tinha, às vezes, receio, princi-palmente em dias de mau tempo, por-que alguns morreram na estrada velha»,historia Jardim assume que a transformação doCurral foi um grande desafio, entretanto
O presidente do Governo Regional inaugurou, ontem, uma estrada no Curral das Freiras.
 Alberto João Jardim destacou ontem o orgulho que tem em fazer parte do povomadeirense, um povo que tem muita classe e que não se deixa incomodar por vozes de quem queria continuar a mandar em nós.
7
JARDIM DESTACA CLASSE DE UM POVO QUE NÃO SE DEIXA LEVAR “POR VOZES” E ALUDE À QUESTÃO FINANCEIRA
OpresidentedoGovernoRegio-nalenalteceuodesenvolvi-mentoqueoCurraldasFrei-rastemregis-tadoaolongodestesúltimosanos,tendo-setransformandonumacidadezi-nhaeuropeia.
AOBRA
I
Estrada.
Da respon-sabilidade da Secreta-ria Regional do Equipa-mento Social,atravésda Direcção Regionalde Infra-estruturas eEquipamentos,estanova ligação entre ossítios da Capela e daTerra Chã,no Curral das Freiras,insere-se no programa doGoverno Regional de melhoria das acessibilidades internas etem como principal objectivo dotar as localidades mais isola-das de adequadas infra-estruturas rodoviárias,visando a me-lhoria da qualidade de vida das populações locais e,conse-quentemente, a criação das condições necessárias à suafixação. Com uma extensão total de 1000 metros,esta liga-ção inicia-se a partir do Sítio da Capela,acima da nova EscolaBásica do 1º Ciclo da SearaVelha,e termina no Sítio daTerraChã.A faixa de rodagem tem uma largura de 5 metros,acres-cida de 0,50 m para valeta.A intervenção contemplou ainda olançamento de redes de água potável e a colocação de infra-estruturas de electricidade ao longo do traçado.
        A        l        f      r      e        d      o        R      o        d      r        i      g      u      e      s

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->