Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Arquitetura Grega

Arquitetura Grega

Ratings: (0)|Views: 773|Likes:
Published by Lourdes HT

More info:

Published by: Lourdes HT on Oct 05, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2013

pdf

text

original

 
Arquitetura Grega
Os gregos foram os primeiros artistas realistas da história, ouseja, os primeiros a se preocupar em representar a natureza talqual ela é. Para fazerem isso, foi fundamental o estudo dasproporções, em cuja base se encontra a consagrada máximasegundo a qual o homem é a medida de todas as coisas. Podem-se distinguir quatro grandes períodos na evolução da arte grega:o geométrico (séculos IX e VII a.C.), o arcaico (VII e VI a.C.), oclássico (V e IV a.C.) e o helenístico (do século III ao I a.C.)No chamado período geométrico, a arte se restrigiu à decoraçãode variados utensílios e ânforas. Esses objetos eram pintadoscom motivos circulares e semicirculares, dispostossimetricamente. A técnica aplicada nesse trabalho foi herdadadas culturas cretense e micênica. Passado muito tempo, a partirdo século VII a.C., durante o denominado perído arcaico, aarquitetura e a escultura experimentaram um notáveldesenvolvimento graças à influência dessas e outras culturasmediterrâneas.Também pesaram o estudo e a medição do antigo megaronmicênico, sala central dos palácios de Micenas a partir da qualconcretizaram os estilos arquitetônicos do que seria otradicional templo grego.Entre os séculos V e IV a.C., a arte grega consolida suas formasdefinitivas. Na escultura, somou-se ao naturalismo e à proporçãodas figuras o conceito de dinamismo relfetido nas estátuas deatlestas como o Discóbolo de Miron e o Doríforo de Policleto. Naarquitetura, em contrapartida, o aperfeiçoamento da óptica(perspectiva) e a fusão equilibrada do estilo jônico e dóricotrouxe como resultado o Partenon de Atenas, modelo clássico
 
por excelência da arquitetura dessa época.No século III, durante o período helenístico, a cultura grega sedifunde, principalmente graças às conquistas e expansão deAlenxandre Magno, por toda a bacia do Mediterrâneo e ÁsiaMenor.Não resta dúvida de que o templo foi um dos legados maisimportantes da arte grega ao Ocidente, devendo suas origensser procuradas no megaron miscênico, aposento de morfologiabastante simples, apesar de ser a acomodação principal dopalácio do governante, sendo este, no princípio, o esquema quemarcou os cânones da edificação grega.Foi a partir do aperfeiçoamento dessa forma básica que seconfigurou o templo grego tal como o conhecemos hoje. Noprincípio, os materiais utilizados eram o adobe - para as paredes- e a madeira - para as colunas. Mas, a partir do século VII a.C.(período arcaico), eles foram caindo em desuso, sendosubstituídos pela pedra. Essa inovação permitiu que fosseacrescentada uma nova fileira de colunas na parte externa(peristilo) da edificação, fazendo com que o templo obtivesseum ganho no que toca à monumentalidade. Surgiram então osprimeiros estilos arquitetônicos: o dórico, ao sul, nas costas doPeloponeso, e o jônico, a leste.
 
Templo dóricoTemplo jônico
Os templos dóricos eram em geral baixos e maciços. As grossascolunas que lhes davam sustentação não dispunham de base, eo fuste tinha forma acanelada. O capitel, em geral muitosimples, terminava numa moldura convexa chamada de equino.As colunas davam suporte a um entablamento (sistema decornijas) formado por uma arquitrave (parte inferior) e um frisode tríglifos (decoração acanelada) entremeado de métopas.A construção jônica, de dimensões maiores, se apoiava numafileira dupla de colunas, um pouco mais estilizadas, eapresentava igualmente um fuste acanelado e uma base sólida.O capitel culminava em duas colunas graciosas, e os frisos eramdecorados em altos-relevos. Mais adiante, no período clássico(séculos V e IV a.C.), a arquitetura grega atingiu seu pontomáximo. Aos dois estilos já conhecidos veio se somar umoutro, ocoríntio, que se caracterizava por umcapitel típico cujaextremidade era decorada por folhas de acanto.
Templo coríntio
As formas foram se estilizando ainda mais e acrescentou-se umaterceira fileira de colunas. O partenon de Atenas é a maisevidente ilustração desse brilhante período arquitetônico grego.Na época da hegemonia helenística (século III a.C.), a

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->