Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
7Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O desenvolvimento de uma composteira doméstica

O desenvolvimento de uma composteira doméstica

Ratings: (0)|Views: 437 |Likes:
Published by gugapimentel
O projeto em questão constitui-se como uma proposta de incidir na qualidade de vida no meio urbano.
Considerando a problemática do lixo doméstico, propôe-se criar um modo criativo de lidar com esta
situação. A partir desta percepção, elege como principais conceitos fundamentais a sustentabilidade, a
eco-concepção e a inovação. Será desenvolvido por meio do método da pesquisa aplicada e tem como
seu principal objetivo solucionar através da metodologia projetual do Design de Produtos o projeto final de
uma composteira doméstica, baseada no surgimento e progressivo amadurecimento de mercados
consumidores deste setor, fundamentados com base na concepção do ecodesenvolvimento.
O projeto em questão constitui-se como uma proposta de incidir na qualidade de vida no meio urbano.
Considerando a problemática do lixo doméstico, propôe-se criar um modo criativo de lidar com esta
situação. A partir desta percepção, elege como principais conceitos fundamentais a sustentabilidade, a
eco-concepção e a inovação. Será desenvolvido por meio do método da pesquisa aplicada e tem como
seu principal objetivo solucionar através da metodologia projetual do Design de Produtos o projeto final de
uma composteira doméstica, baseada no surgimento e progressivo amadurecimento de mercados
consumidores deste setor, fundamentados com base na concepção do ecodesenvolvimento.

More info:

Published by: gugapimentel on Oct 05, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/08/2013

pdf

text

original

 
O desenvolvimento de uma composteira doméstica
 
The development of a domestic composter 
 
BENTO G. S. PIMENTEL
1
 MANOEL A. S. RODRIGUES
2
 NÚBIA SANTOS
3
 
Palavras-chaves: sustentabilidade; eco-concepção; inovação.
 
O projeto em questão constitui-se como uma proposta de incidir na qualidade de vida no meio urbano.Considerando a problemática do lixo doméstico, propôe-se criar um modo criativo de lidar com estasituação. A partir desta percepção, elege como principais conceitos fundamentais a sustentabilidade, aeco-concepção e a inovação. Será desenvolvido por meio do método da pesquisa aplicada e tem comoseu principal objetivo solucionar através da metodologia projetual do Design de Produtos o projeto final deuma composteira doméstica, baseada no surgimento e progressivo amadurecimento de mercadosconsumidores deste setor, fundamentados com base na concepção do ecodesenvolvimento.
 
Keywords: sustainability; eco-design; innovation.
 
The project in question is constituted as a proposal to focus on quality of life in urban areas. Considering the problem of household waste, it is proposed to create a creative way to handle this situation. From this perception, elects the main fundamental concepts of sustainability, eco-design and innovation. Will bedeveloped by the method of applied research and has as its main purpose to solve using the methodology of projecting as a Product Design the final design of a home composter, based on the emergence and  progressive maturation of the consumer markets in this sector, based on the basis of design eco-development.
1.Introdução:
O objetivo da atividade exposta aqui é de contribuir para novas necessidades geradas por estepresente momento de fomento aos paradigmas de Sustentabilidade, visualizadas de formareiterada em economias de serviço em crescimento.Os consumidores de nosso tempo têm voltado sua atenção a hábitos diferenciados, que detendências tornaram-se comportamentos perenes, dado um momento disforme da conjunturaeconômica de países em expansão como o Brasil, tendendo a criar uma situação propensa àatividade nativa do empreendimento inovador. Mesmo os habitantes mais distantes das zonasrurais e preservadas desejam ter um pedacinho desta mudança de paradigma em suas casas.A humificação é um processo naturalmente encontrado na natureza em seus ciclos naturaisque envolvem degradação e efervescência microbacteriana que propicia boa fertilização desolos, por muitas vezes prejudicados pelo mau uso, uso intensivo e até variação climática.Também é comumente empregado nas casas do consumidor médio, que exercita de forma
1
UEPA, Brasil, bgugapimentel.designer@yahoo.com.br 
2
UEPA, Brasil, alacyrodrigues@oi.com.br 
3
UEPA, Brasil, nubiatrib@yahoo.com.br 
 
 
salutar em algum aposento, o cultivo vegetal viabilizado pela jardinagem, ornamentação e atémesmo destinado a própria alimentação.O lixo doméstico é um grande problema para a vida saudável das cidades, por seusintrínsecos impactos ambientais cumulativos e problemas sanitários que demandam adimensão educacional e seus atributos. Sendo assim, propõe-se aqui a lançar uma alternativaque opere sobre o lixo orgânico, gerando de forma natural em receptáculo, uma solução queinduza ao costume sustentável. Para tal, a seguir tentar-se-á sintetizar alguns conceitos erelações complexas que propiciam a necessidade de basear-se na Eco-concepção comoplataforma da atividade criativa para a solução inovadora em novos serviços e produtossustentáveis. Após tal síntese, o problema prático da probabilidade desta solução seráapresentado, como objeto de pesquisa em design, uma pesquisa que se encontra emandamento no ano de 2011.
2.Desenvolvimento:
Em MANIZINI (2008), verifica-se na teoria de um Eco-Design uma proposta que apresenta opapel do projetista destinado ao desenvolvimento de oportunidades que tornem praticáveis osestilos sustentáveis de vida bem como o desenho do ciclo de vida dos produtos, que de formanormativa exigem a integração dos requisitos ambientais nas fases de seu desenvolvimento.Necessita-se também nas aptidões do designer, lidar com impactos ambientais somando a istoas atividades resididas em sua metodologia mais comum. Em um Design paraSustentabilidade, percebe-se o objetivo de responder à procura pelo bem-estar, reduzindo oemprego de recursos ambientais de forma drástica a 90% a menos do que atualmente podeser empregado.O produto é concebido como sistema embasado pela necessidade de um planejamentosimultâneo e transversal para itens de produto, serviço e comunicação, sendo destinado aqui auma concepção para um novo produto-serviço intrinsecamente sustentável. Tal afunilamentoinfere uma elaboração que reside em um momento posterior à compreensão acerca dofomento e compreensão do objetivo, portanto, resultado da boa assimilação do valor nativo daproposta e resultado de legitimação, efetivados no ato da compra. Tal fenótipo denomina-seEficácia, e não exige como requisito uma divergência de normatização entre possíveis formatosmercadológicos concorrentes neste mesmo raciocínio naturalista, mas juntamente efetuadosem uma pluralidade eco-concebida, tornam-se um passaporte coletivo para uma obrigatória eprocessual intensificação. Esta intensificação culmina na Sustentabilidade, que é o objetivo aoqual se quer atingir, e não o processo em si. Esta passagem de uma sociedade com problemascataclísmicos sistêmicos para uma sociedade sustentável dá-se como uma transição, por umaparato econômico diferenciado, que através de uma desmaterialização/ descontinuidadeeconômica de vários itens acumulativos, propiciará um momento de certo 'renascimento', umcenário propício à Inovações, no seu entendimento igualmente sistêmico e contemporâneo.Esta desmaterialização como objeto de necessidade, é dada por uma concepção dacoletividade que aceita os entes de seu meio em disposição horizontal cíclica, equivalendo-osna importância de seus direitos e deveres, um atributo da processualidade objetivada àSustentabilidade Ambiental, que seria levada a cabo por esta Eficácia de um sincronismo entreciclos, como resultado interacional diacrônico em um período de transição, e não fruto de umdeterminismo apocalíptico ou cataclísmico.Os ciclos dão suporte a dois quocientes: suficiência, um retrato reformulado de bem-estar enecessidades do usuário, e eficiência tecnológica, um ponto de equilíbrio entre biociclos etecnociclos, mediados pelo Princípio da Interferência, sendo o resultado desta máquina (dadopor sua virtuosa Eficácia), capaz de reformular um equipamento econômico exaurido dealternativas e marcado por consecutivas crises.Tal quadro propiciaria um cenário fértil para ações sinérgicas em prol de Inovaçõessistêmicas, cuja atividade empresarial é extremamente importante. Sinergia aqui se trata de umcenário '
catalisador de recursos sociais e energias projectuais e criativas
' (MANZINI
et al 
, 2008p: 43) nas quais a inovação se orientaria a atividade empresarial para melhores soluções emâmbito econômico-ecológico.
 
A atividade empresarial para esta bíade do racionalismo econômico-ecológico, é acompetitividade como catalisadora da qualidade neste tipo de oferta. Porém, para que hajaconvergência entre esse racionalismo industrial para fins de Eficácia, é preciso um rompimentocom o antigo paradigma. A Inovação seria a matriz destes novos signos, podendo ser concebida por um cenário minuciosamente planejado, um posicionamento estratégico eecologicamente orientado contendo a escolha das
Best Pratices
e
Best Technologies
para umanova
businesses idea,
direcionadas a um
green consumerism,
que em MANZINI (2008) émostrado como fenômeno consolidado. Tal fenômeno pode ser visualizado em países deeconomia de serviços inovadores, aonde socialmente percebe-se um deslocamento daatividade que envolve o âmbito denunciatório do fomento civil para o foco da economia demercado, uma vez passando por um afunilamento de consumo disseminante destesparadigmas.Tais produtos apresentariam a qualidade de, em seu desenvolvimento, ter zero resíduoentre input/ output dos impactos poluentes resididos em seus componentes. Este caráter projectual industrial ecológico somado a atividade produtiva mais convencional, denomina-seSimbiose Industrial, que alinha-se ao conceito de
friendlyness
no intuito de focalizar-se naatividade de criar interfaces 'mais amigáveis', reduzidas ao mínimo com a finalidade de nãoacarretar posteriores fatores cumulativos a serem geridos e reduzidos pela gestão de resíduos,por exemplo, ou mesmo para a redução dos fatores industriais normativos a serem geridos eum maior foco nos itens de concepção integrada da produção amigável. Tais valores sãoincentivados como contrapartida à percepção de que o crescimento econômico, levado a cabopela produtividade massiva têm sido o algoz de nosso bem-estar.Ainda sobre a desmaterialização da economia, é possível considerá-la como um anteparocapaz de ligar, dentro desta máquina eco-concebida, ciclos integrados de produção, e,expansão das necessidades naturalistas ligadas ao bem-estar do usuário. O retorno destaimportância naturalista não significa o diagnóstico de uma afeição coletiva alinhada com umcomportamento hegemônico fundamentalista, anti-consumista, unilateral e apartado de umainteração socioeconômica e sim, a força expressa de um raciocínio eco-integrado em pujançaexponencial.Percebe-se também neste aparato que leva consigo a descontinuidade e adesmaterialização, a mudança no estereótipo do trabalho e a modalidade da vigilânciadesenvolvidos em locais, funções e tempos antes bem-definidos, sólidos, que dão lugar agoraa outras formas de compreensão da atividade produtiva mediada por relações contratuais, eportanto, exercício do poder (SARAIVA
et al.
2009). Em contrapartida, fortalecem-se aMicroeconomia e Economia Solidária galgadas em bens de serviços e filantropia institucional.Portanto,
'o caráter projectual da transição para a Sustentabilidade não deve ser visto como aatualização do delírio de potência projectual 
(…) mas um (...)
conjunto de contributos parciais aum grande, complexo e, provavelmente, contraditório fenômeno de inovação social 
(…)' (p. 64).3.
Sobre a atividade de compostagem:
 Sendo assim, no intento de suprir a necessidade dada para o desenvolvimento de um produto-serviço intrinsecamente sustentável, objetivou-se o estudo da compostagem aliada à gestão dareciclagem
4
,tendo nesta relação uma atividade pensada para a gestão dos resíduos orgânicosatravés da compostagem. Já no estudo realizado para este fim, o objetivo da atividade dacompostagem é conduzir matérias-primas orgânicas residuais de seu estado sólido ao estadoparcial ou total de humificação (estado de húmus) (KIEHL, 1986).Portanto, no contexto deste artigo esta atividade será concebida de maneira objetiva quantoao seguinte quesito: contribuir para a necessidade de geração do humus na residência queapresente áreas destinadas ao pequeno cultivo (no que concerne a atividade de jardinagemindependente do destino dado ao desenvolvimento das mudas) com grandes níveis dedependência de humus. A partir desta iniciativa reconhece-se o benefício microbiológico na
4
Composteira Coloidal (BRASIL, É. C.
et al 
. 2009), Menção Honrosa Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio –América Latina e Caribe.

Activity (7)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
gugapimentel liked this
jcsjesus liked this
gugapimentel liked this
gugapimentel liked this
gugapimentel liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->