Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
124Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Lusíadas-Mensagem-Semelhanças e diferenças

Lusíadas-Mensagem-Semelhanças e diferenças

Ratings:

4.0

(5)
|Views: 32,306|Likes:
Published by api-3727560
Quadros comparativos de Os Lusíadas e Mensagem
Quadros comparativos de Os Lusíadas e Mensagem

More info:

Published by: api-3727560 on Oct 15, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/15/2014

pdf

text

original

 
ESCOLA SECUNDÁRIA DE FRANCISCO FRANCO2006/0712º ano
PORTUGUÊS
Data:
/
 
/
 
Turma: Lição  Nome: Nº:
Os Lusíadas
e
Mensagem
Semelhanças
Poemas sobre Portugal.
Concepção da História Portuguesa enquanto demanda mística.
D. Sebastião, ser eleito, enviado por Deus ao mundo, para difundir a Fé de Cristo.
Os heróis concretizam a vontade divina.
Conceito abstracto de Pátria.
Apresentação dos heróis da História de forma fragmentária.
Exaltação épica da acção humana no domínio dos mares.
Superação dos limites humanos pelos heróis portugueses.
Superioridade dos navegadores lusos sobre os nautas da Antiguidade.
Glória marcada pelo sofrimento e lágrimas.
Sacrifício voluntário em nome de uma causa patriótica.
Estrutura rigorosamente arquitectada.
Evocação do passado (memória) para projectar, idealizar o futuro (apelo, incentivo).
Diferenças
Os elementos estruturantes das obras (forma e conteúdo) são marcados pela diferença de quatroséculos que separam os autores.
Os LusíadasMensagem
Dinamismo: a viagem, a aventura, o perigo.Estatismo: o sonho, o indefinido.A acção, a inteligência, o concreto, oconhecimento do Império no apogeu e nadecadência, a possibilidade de ter esperança.O abstracto, a sensibilidade, a utopia, a falta derazões para ter esperança, o sebastianismo.O poeta dirige-se a D. Sebastião, que era umarealidade viva, e invectiva o rei a realizar novosfeitos que dêem matéria a uma nova epopeia.D. Sebastião é uma entidade que vive namemória saudosa do poeta, uma sombra, ummito.

Activity (124)

You've already reviewed this. Edit your review.
Trolo1986 reviewed this
Rated 5/5
Olá. Será que era possível enviar para o mail?rolo.tania@hotmail.com ficaria muito agradecia
melhores cumprimentos
Malllowz liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Susana Silva added this note
Muito obrigada pela excelente contribuição!
Cristina Rosa liked this
Diogo Figueira liked this
jorgemluz liked this
Ana Rodrigues liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->