Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
6Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Dominação Feminina, Dominação Masculina e Humilhação

Dominação Feminina, Dominação Masculina e Humilhação

Ratings: (0)|Views: 1,529 |Likes:
Comentário sobre a Dominação Feminina versus Machismo e o Patriarcado no universo BDSM.
Comentário sobre a Dominação Feminina versus Machismo e o Patriarcado no universo BDSM.

More info:

Published by: Werther von AY erschaffen on Oct 17, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/22/2013

pdf

text

original

 
 
Dominação Feminina, Dominação Masculina e Humilhação
 A maioria das práticas BDSM aplicam-se tanto à Dominação Femininaquanto à Dominação Masculina, a exceção marcante seria a prática daInversão de Papéis.Há porém um outro diferencial, igualmente significativo mas nem sempreassim considerado que é um inexorável sentimento de Humilhação nosubmisso masculino. Independentemente da prática da Inversão de Papéis, por muitosconsiderada o sinônimo mais representativo de Humilhação, o grandediferencial entre a Dominação Feminina e a Dominação Masculina, é quea primeira contraria a influência do Machismo, tão arraigado na nossacultura Patriarcal; enquanto a segunda apenas ratifica este padrão.Talvez por isso a Dominação Feminina seja tão cativante e ainda um pontode interrogação, não apenas quanto a ser um fato mas também quanto asua efetividade.Na Dominação Masculina sobre o feminino, a parte submissa não se vêem condição contrária aos padrões do mundo baunilha que trazemos parao BDSM. Mesmo as relações entre pessoas do mesmo sexo (H. h.), nãonecessariamente caracterizadas como homossexuais, corroboram com avisão do Machismo.A Dominação Feminina ao masculino traz em si a questão da SuperioridadeFeminina, o que numa sociedade culturalmente Patriarcal, é entendidoquase sempre em forma de Humilhação.Na Dominação Feminina, sobre o masculino aquele que se curva e sesubmete, é ou sente-se remetido à Humilhação. Ainda que o propósito daDominante seja apenas a submissão, o homem quase sempre se sentiráinferior a uma mulher e consequentemente humilhado.O sexo e algumas formas de interação entre os gêneros ainda sãograndes tabus para a humanidade e principalmente em relação à visão doPatriarcado/Machismo.A ascensão do sexo masculino ao feminino, é uma parte deste tabu quevem sendo desmistificado com o crescimento do Feminismo.Tudo isto torna a Dominação Feminina algo bem mais complexo einstigante não só para quem cede como para quem recebe o controle(prefiro a noção de controle ao invés de poder).Não importa a maneira como é praticada, a Dominação Feminina temsempre a força de ser algo que subverte os padrões; uma palavra bemcomum em BDSM, mas que nem sempre é observada de uma forma maisabrangente.Portanto a Dominação Feminina encerra muito de sutileza, detalhismos ede contestação.Há também uma questão do subconsciente que por vezes sugere a imagem
 
da figura materna. Um quê de Matriarcal.A diferença entre prescindir ou acatar estes fatores faz uma diferençaenorme. Na Dominação Feminina ao masculino, as possibilidades detrabalhar com o emocional da parte submissa são muito mais diversas eabrangentes do que na Dominação Masculina..Mulheres e homens veem e ouvem da mesma forma, mas interpretam demodos distintos, pensam e reagem por “caminhos” diferentes.Se um é mais lógico, pouco emotivo; o outro e´mais emoção, mais intuitivoe consequentemente mais sutil em sua percepção.Um pode ser mais direto, objetivo e até previsível. O outro mais subliminare imprevisível.Entender a mente do submisso, entender como ele interpreta e reage àsações de quem domina (não há um padrão) permite a descoberta de portase gatilhos que permitirão mudanças, crescimento e conquistas bastantesignificativos. Há quem considere a Dominação Feminina como um advento do Feminismono BDSM, mas não consideramos a Dominação Masculina, de formaanáloga, como algo pertinente ao Machismo, afinal este não contrariapadrão algum. Apenas significa o continuísmo de uma faceta da nossacultura.Digo que o Dominação Feminina pode até ser considerada como precursorado Feminismo enquanto movimento.O movimento Feminista iniciou-se no século XIX e as raízes do BDSM sãomuito mais antigas. As sociedades primitivas, com raríssimas exceções, eram Matriarcais.A Fertilidade, tanto na reprodução humana quanto na produção dealimentos, caça e o cultivo da terra (plantio, colheita e abundância)eram ligados e cultuados às Deusas (Afrodite, Inanna, Ishtar, Deméter,Ártemis...)Por volta de 2000 A.C. tem início a queda do Matriarcado, coincidente comaera do metal (ligada a produção de armas e atividade bélica) e surge oPatriarcado. A Dominação Feminina é realmente muito significativa por representaruma forma de domínio que se opõe ao “status quo” machista, e um certorevival” do Matriarcado. Acredito que daqui a algumas décadas a sociedade será bem diferente daora vivemos. Werther von AY erschaffen - 17de outubro de 2011.

Activity (6)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Helen Cardoso liked this
RCMORGUEN liked this
Victor Gabriel liked this
Ney Pitbul liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->