Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
19Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Symphysodon Discus

Symphysodon Discus

Ratings:

4.5

(6)
|Views: 8,321|Likes:
Published by api-3777314

More info:

Published by: api-3777314 on Oct 16, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
ACARÁ-DISCO
(Symphysodon aequifasciata)
Acará-disco é o nome comum atribuídoa todas as espécies catalogadas comopertencentes ao gênero Symphysodon. 
Disco azul-royal 
Certos aquaristas entendem que, naverdade, todos os discos fazem parte de umamesma espécie, uma vez que conseguemreproduzir-se entre si, produzindo filhotesférteis durante gerações consecutivas.Os discos amadurecem, isto é, tornam-se aptos para a reprodução, a partir de um anode idade.Quando em cativeiro, esta espécieapresenta grande dificuldade de reprodução ede criação dos filhotes. Entretanto, é possívelobter sucesso, se forem respeitadas asexigências ambientais e alimentares dessesanimais.O ritual de acasalamento começa comuma corte pacífica, em que o macho gira emfrente e em torno da fêmea (é necessária muitaatenção para acompanhar esse rito). Emseguida, o casal escolhe um local escondido eescuro, em que vão ser depositados os ovos.Nessa área, realizam uma limpeza completa,removendo todos os pedregulhos e detritos.A desova demora cerca de uma hora e,logo depois de o macho fertilizar os ovos, o parmantém constante agitação da água em tornodeles, abanando-os com as nadadeiras, paragarantir a oxigenação necessária. É bastantefreqüente a contaminação dos ovos por fungos,entretanto, todos aqueles que forem infectadosserão devorados pelo par.Depois da eclosão dos ovos, os filhotesfixam-se em alguma superfície, em quepermanecem presos por cerca de três dias.Nesse período, é muito importante observar ocomportamento dos pais, que podem devorar osfilhotes, no caso de não estarem bemalimentados.Outro fator que aumenta a taxa demortalidade dos filhotes é a insuficiência domuco epitelial, produzido pelos pais, uma vezque este é o nutriente exclusivo nos primeirosdias de vida. Entretanto, isso pode ser sanadocom dietas especiais.Criadores de discos salientam que osucesso na reprodução entre os espécimesnascidos em cativeiro é bem maior do que node animais coletados em seu habitat natural.As variedades criadas e melhoradasgeneticamente em cativeiro apresentamtonalidades bem vivas, como se pode ver nassubespécies verdes, azul-cobalto, azul-turquesa,azul-royal, vermelhas e mistas.
Branco perola 
Os acarás-disco apresentam bomcomportamento em aquários exclusivos, comapenas exemplares de sua espécie, e convivembem igualmente em aquários mistos.Entretanto, não se recomenda coloca-losna convivência de peixes muito pequenos, quepodem ser devorados, nem dos muitoagressivos e ativos, uma vez que os discos seassustam facilmente e podem se intimidar,recusando-se a receber alimentação e, portanto,ficando mais suscetíveis às doenças.Esta espécie não tolera qualquer tipo depoluição ambiental; por isso, recomenda-se queum quinto da água seja trocada regularmente; ouso de filtração contínua (com turfa e carvão)também auxilia na manutenção das boascondições da água.
 
Uma das espécies que tem facilitadomuito a vida dos aquaristas é um acará-discovermelho, trazido do Oriente. É conhecidocomo “red dragon” ou “pigeon Blood”, pelassuas características de fácil reprodução. 
Red Dragon ou Pigeon Blood 
CRIANDO DISCOS
Alguns autores aconselham que sejausada na criação de discos água estéril, ou seja,uma água sem microorganismos. Para que seconsiga esta água, eles utilizaram luzes ultravioleta ou ozonizadores. Estes autoresaconselham ainda que o aquário não tenha areianem planta e que os restos de comida sejamretirados diariamente por sifonagem. Masoutros autores (inclusive eu) já conseguirammanter seus discos em aquários sob outrascondições, tais como uso de filtro biológico eplantas tais como as ceretopteris, hygrophila,valisneria, além de água limpa, neutra e pobreem calcário.
Pigeon branco 
Vamos, portanto, sem desprezar asopiniões diversas sobre o assunto, falar maisdetalhadamente da criação de discos com filtrose plantas.
Vermelho de Schlingmann 
O DISCO SE IRRITA COM FACILIDADE
Os discos são peixes, que apesar decalmos, por natureza, podem se irritarfacilmente. Sendo assim, por via das dúvidas,vamos lhe dar um conselho. Crie seus discossozinhos, sem a companhia de peixes de outrasespécies. Algumas espécies de peixes, mesmoas mais calmas, podem causar no disco um tipode comportamento muito estranho: em dadomomento ele pode enfurecer, começar a nadarvelozmente de um lado para outro, bater nosvidros e até ficar em um canto do aquário coma parte inferior do corpo voltada para cima.Esse comportamento pode acontecer uma vez enão se repetir mais, mas há casos de peixes quese comportam assim muitas vezes chegando atéa morrerem. Por outro lado, isso já foi notadoaté com discos que viviam sozinhos noaquário, não se sabendo até hoje porque o peixeage assim.
DIMENSÕES E ACESSÓRIOSDO AQUÁRIO
Um aquário ideal para discos deve ter100 litros de água, ou mais. As proporções deum aquário de 100 litros são: 70cms. decomprimento, 35 cm. de largura e 45 cm. dealtura. Nele você terá o espaço necessário paracriar um casal de discos adultos ( com cerca de15 cm de diâmetro) ou 6 discos jovens. Esseaquário deve ser equipado com filtro biológicoe, por cima deste, cascalho de rio não alcalino.Sob a areia, e entre os canos do filtro biológico,coloque pequena quantidades de argila e xaximem barras para servir de substrato para que asplantas cresçam.
 
A iluminação pode ser do tipo gro-lux eluz do dia. Lâmpadas incandescentes podem sercolocadas, nos casos de plantas que nãoestejam se desenvolvendo bem.O uso do filtro externo, para que seobtenha uma água limpa, é muito importante. Omaterial filtrante deve ser trocadoquinzenalmente. Fazem parte ainda doequipamento um termostato e um aquecedor.
ESCOLHENDO UM BOM EXEMPLAR
Existem duas espécies de acarás disco:o Symphysodon discus (Heckel) e oSymphysodon aequifasciata, esta últimaconstituída de três subespécies: aS.a.aequifasciata (Pellegrin), a S.a. haraldi(Schultz) e a S.a. axelrodi (Schultz).A compra de um acará disco érealmente uma aventura, isto porque, a maioriados exemplares chegam em más condições efreqüentemente doentes. Algumas lojas, noentanto, tem se preocupado com tal problema,fornecendo peixes em melhores condições. Dequalquer forma, daremos agora alguma dicaspara que você, ao comprar um exemplar,verifique se ele está em bom estado de saúde. 
Vermelho Turquesa-So
1-Observe bem o colorido do peixe.Exemplares mais escuros não deverão seradquiridos. As listras iridescentes (horizontais)devem estar brilhantes e não apagadas.2-As nadadeiras deverão estar abertas e osolhos brilhantes.3- A parte superior da cabeça e o abdômendeverão estar roliços e nunca escavados (issosignifica que o peixe está recusando alimentohá muito tempo). Verifique se o peixe seinteressa por comida e se estão aceitandotubifex.4-Se você está pensando em promover aprocriação de discos, é óbvio que você compreum casal. O que não é tão óbvio é diferenciá-los, pois macho e fêmea são muito semelhantes.Apesar disto, na loja você pode ter sorte econseguir um casal. Para tanto, observe seexistem dois peixes juntos em um canto doaquário, espantando os demais. Isso podesignificar que esses dois são um casal. Outraforma prática, mas um pouco mais custosa, éque você compre seis discos e jogue comprobabilidades: espere que cresçam e que, pelomenos dois deles se acasalem.
TRANSPORTE E ALIMENTAÇÃO
O transporte do disco deverá ser feitoem um saco plástico escuro. Ao chegar emcasa, você deve colocar o saco fechado dentrodo aquário e esperar cerca de 30 minutos parasolta o peixe. Isso é importante para que ele seacostume com a temperatura da água doaquário. A seguir, solte o peixe, abrindolentamente o saco, isto com a luz do aquário ese possível do cômodo desligadas. Não queiraalimentar seu peixe no primeiro dia, a não serque você disponha de alimentos vivos. Osdiscos são muito exigentes com alimentação,dando preferência aos alimentos vivos como asdáfnias, vermes e larvas de mosquito, esteúltimo seu prato predileto. O tubifex deverá serevitado no cardápio do disco, por ser umalimento muito contaminado. Caso você nãodisponha de tais alimentos, poderá substitui-lopor coração de boi conservado em geladeira eoferecido em pedaços do tamanho da boca dopeixe. No início eles poderão recusar estealimento mas, em breve, começarão a procurarpedaços no fundo do aquário.A temperatura da água deve ser mantidaentre 26 e 32 graus Celsius.

Activity (19)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Pedro Matias liked this
Andre Silva liked this
aquarismo_vr liked this
Alysson Azevedo liked this
danielminari liked this
ducorrea liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->