Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A Tirania Da Comunicacao - Ignacio Ramonet

A Tirania Da Comunicacao - Ignacio Ramonet

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 166|Likes:
Published by Jose Nonada

More info:

Published by: Jose Nonada on Oct 16, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/08/2013

pdf

text

original

 
A TIRANIA DA COMUNICAÇÃO
IGNACIO RAMONET
 
WWW.SABOTAGEM.CJB.NET
 
MESSIANISMO MIDIÁTICO
O que há de mais terrível na comunicação é o inconsciente da comunicação.PIERRE BOURDIEUJá pouco confiável, o sistema de informação está atualmente sujeito a uma revolução radical com oadvento do digital e da multimídia, cujo alcance é comparado por alguns como da invenção daimprensa em 1440, por Gutemberg.A articulação do telefone, do televisor e do computador dá origem a uma nova máquina decomunicação, interativa, fundada nas proezas do tratamento digital. Reunindo as performances eos diversos talentos de cada meio de comunicação separado, a multimídia e a Internet criam umaruptura que poderia acabar revolucionando todo o campo da comunicação e talvez até o campo daeconomia: é o que o presidente americano, Bill Clinton, espera, ao lançar, desde 1994, o ambiciosoprojeto das auto−estradas eletrônicas para fortalecer os Estados Unidos em seu papel de primeirono
ranking 
das indústrias do futuro.Conglomerados entre os mastodontes da telefonia, do cinema, da televisão, da publicidade, dovídeo, da TV a cabo e da informática estão em curso. Vendas, fusões e conglomerações sesucedem, colocando em jogo dezenas de milhões de dólares... Alguns sonham com um mercadoperfeito da informação e da comunicação, totalmente integrado graças às redes eletrônicas e porsatélites, sem fronteiras, funcionando em tempo real e continuamente; eles o imaginam construídosobre o modelo do mercado de capitais e de fluxos financeiros contínuos...O principal modelo do futuro das comunicações é o êxito − real − da Internet, essa rede mundial decomputadores que, ligados entre si por modens doravante sistematicamente integrados, podemdialogar e trocar informação. Criada nos Estados Unidos em 1969, sob a iniciativa do Pentágono, eimediatamente adotada pelos meios da contracultura americana, como também pela comunidadecientífica e universitária internacional, a Internet constitui um modelo de convivialidade telemáticacada vez mais ameaçada pelos apetites econômicos dos grandes grupos industriais e midiáticosque estão de olho nos quase 140 milhões de usuários conectados, pessoas fascinadas com umciberespaço imaterial.A própria imprensa escrita não pode mais estar a salvo deste furacão de ambições desencadeadopela nova utopia tecnológica. A maioria dos grandes jornais já pertence a megagrupos decomunicação e os raros títulos ainda livres na Europa, cada vez mais dependentes da receitapublicitária, estão doravante expostos a cobiça dos novos donos do mundo.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->