Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
14Activity

Table Of Contents

1 INTRODUÇÃO
2 NR 10
2.1 Histórico Geral
2.2 Ministério do Trabalho e Emprego
2.3 Conceito
2.3.1 Considerações Iniciais
2.3.2 História da NR 10
2.3.3 Objetivos que Nortearam a Atualização da NR 10
2.3.4 Como foi a elaboração da Nova NR 10
2.3.5 Como é o processo de revisão da Nova NR 10
2.3.6 Principais Aspectos da Nova NR 10
2.3.6.1 Diretrizes Gerais
2.3.6.2 Diretrizes Relacionadas aos Projetos Elétricos
2.3.6.3 Diretrizes para Autorização de Trabalhadores em Eletricidade
Figura 1 - Condição para Autorização de Trabalhadores
2.3.6.4 Diretrizes ao Prontuário das Instalações Elétricas [9]
2.4 Impactos e Contribuições
2.5 Conclusões
3 SUBESTAÇÕES
3.1 Definição
Figura 3 - Subestação abaixadora desabrigada
Figura 4 - Subestação abaixadora abrigada
Figura 5 - Transformador desabrigado instalado no poste
3.2 Sistema Elétrico de Potência
3.3 Subestações prediais
3.3.1 NBR 14039
3.3.1.1 Histórico
3.3.1.2 A norma “tampão”
3.3.2 Características
Quadro 1 - Condições para subestação abrigada
Figura 6 - Modelo de subestação predial com 1 transformador
Figura 7 - Modelo de subestação predial com 2 transformadores
Figura 8 - Modelo de subestação H
3.4 Conclusões
4 CONSIDERAÇÕES SOBRE SEGURANÇA
4.1 Choque Cultural
4.3.2 Choque por contato com corpo eletrizado
Figura 11 - Choque por contato com corpo eletrizado
4.3.3 Choque por Descarga Atmosférica (raio)
Figura 12 - Raio atingindo o Cristo Redentor
4.3.4 Limiar
Quadro 2 - Possíveis conseqüências do choque elétrico no corpo humano
Quadro 3 - Classificação das características da pele
Quadro 4 - Chances de salvamento
4.4 Estatísticas
4.4.1 Introdução
4.4.2 Dados
Quadro 5 - Índice de Acidentes Fatais de 2007
Quadro 6 - Acidentados com Arco Elétrico por Instalação / Equipamento do SEP
Quadro 7 - Acidentes Fatais por ano
Quadro 9 - Pirâmide do Setor Elétrico
4.4.3 Fatos
Quadro 10 - Exemplo de análise de acidente
Quadro 11 - Reportagem Jornalística
4.5 EPI e EPC
4.5.1 Das obrigações do empregador
4.5.2 Das obrigações do empregado
Figura 13 - Termo de Responsabilidade
4.5.3 Exemplos
4.5.3.1 EPC
Figura 14 - Aterramento temporário em rede de baixa tensão
Figura 15 - Exemplos de Detector de Tensão
Figura 16 - Exemplo de travas para disjuntores
4.5.3.2 EPI
Figura 17 – Capacete de aba frontal
Figura 18 – Luva isolante de borracha
Figura 19 - Cinto trava-queda
4.6 Conclusões
5 NR 10 e SUBESTAÇÕES
5.1 Introdução
5.2 Medidas de Controle
5.2.1 Medidas de Controle de Risco Elétrico
5.2.1.1 Instalações Energizadas
5.2.1.2 Instalações Que Podem Vir a Ser Energizadas
Figura 20 - Modelo de Seccionamento Trifásico
Figura 21 - Modelo de Bloqueio e Impedimento
Figura 22 – Teste de ausência de tensão
5.3 Regras de Ouro
5.3.1 Seis Regras de Ouro
5.3.2 Cinco Regras de Ouro
5.4 Seccionamento
Figura 23 - Exemplos de Formação de Arco Elétrico
5.4.1 Efeitos do Arco Elétrico
Quadro 12 - Suportabilidade da pele humana
Figura 24 - Queimadura com Arco Elétrico
5.4.2 Fatores que Influenciam a Formação do Arco Elétrico
5.4.3 Causas do Arco Elétrico
5.5 Zona de Risco e Zona Controlada
Quadro 13 - Raios de delimitação de zonas de risco, controlada e livre
5.6 Aterramento
Figura 27 - Malha de terra em subestação predial
5.6.1 Tensão de Toque e de Passo
Figura 28 - Dispersão de corrente por eletrodo
Figura 29 - Tensão de passo por raio
Figura 30 - Exemplo de Tensão de Referência
5.7 Conclusões
6 ESTUDO DE CASO
6.1 Setor de Estudo
Figura 31 - Campus de Goiabeiras da UFES
Figura 32 - Subestação do CT da UFES
6.2 Situação Atual
6.3 Proposta de Melhoria
Figura 33 - Porta Corta Fogo
Figura 34 - Luminária de emergência modelo Aureolux da Aureon
Figura 35 - Placa de Sinalização
Figura 36 - Caixa Coletora de Óleo
6.4 Custo
6.5 Documentação Sugerida
6.6 Conclusão do Estudo de Caso
7 CONCLUSÃO
APÊNDICE A
Quadro 15 – PRO da Análise Preliminar de Tarefa
Quadro 16 – PRO da Análise Preliminar de Tarefa (Continuação)
APÊNDICE B
APÊNDICE C
Quadro 18 - PRO da Permissão para Trabalhos Especiais
Quadro 19 - PRO da Permissão para Trabalhos Especiais (Continuação)
APÊNDICE D
Quadro 21 - Permissão para Trabalhos Especiais (Continuação)
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
loercyoguissozorzal

loercyoguissozorzal

Ratings: (0)|Views: 1,600|Likes:
Published by Rogerio Veronezi

More info:

Published by: Rogerio Veronezi on Oct 20, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/20/2012

pdf

text

original

You're Reading a Free Preview
Pages 4 to 38 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 42 to 93 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Page 97 is not shown in this preview.

Activity (14)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Raimundo Andrade liked this
NilmaLima liked this
Maiara Vial liked this
Rosimere Reis liked this
Nildo Trindade liked this
Lê Giacomuzzi liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->